domingo, 18 de junho de 2017

A "gripe" rapidamente se estenderá a outras modalidades!...


COITADO DO HÓQUEI 

«Cresci a ouvir os relatos dos jogos de hóquei em patins nas noites de sábado. Por isso, naturalmente, sempre nutri particular simpatia pela modalidade. Contudo, ao invés de outras, nunca ousei praticá-la. E por uma razão fácil de compreender: a única vez que calcei uns patins ‘aterrei’ no chão poucos segundos depois. Aquilo não era para mim. Adiante... Ao longo dos anos tive a oportunidade de acompanhar grandes momentos do hóquei nacional, destacando a cobertura do Mundial de Oliveira de Azeméis que culminou com a vitória portuguesa. Foi uma prova intensa e com um ambiente verdadeiramente espantoso que dificilmente será esquecido por quem lá esteve. Mas, se o gosto pela modalidade nunca desapareceu, confesso que sempre me incomodou a incapacidade que a maioria dos seus responsáveis – em Portugal e não só – têm para contribuir para a evolução deste desporto. Não é aqui o espaço indicado para levantar uma série de questões que deveriam merecer atenção adequada, mas não posso deixar de referir o facto do estatuto olímpico ter sido perdido e nunca mais recuperado, bem como a dificuldade para ver aumentar o número de países que olhem ‘a sério’ pela modalidade. Em Portugal, felizmente, os três grandes estão de novo a lutar pela conquista dos títulos, sendo que Oliveirense e até o histórico Barcelos também contribuem para grandes espectáculos. Mas, pese a emoção e a qualidade dos artistas, o hóquei terá problemas para vingar se continuarmos a ver coisas como as que ontem sucederam em Alverca.»
(Luís Avelãs, Olhos de ver, in Record)

Tentar passar a ideia de que os problemas que envolvem o hóquei em patins em Portugal e no Mundo se resumem e poderão ficar paradigmaticamente espelhados nos tristes acontecimentos ontem ocorridos em Alverca, será sempre extremamente redutor, será tapar o Sol com a peneira ou tentar enfiar o Rossio na Betesga. Os problemas serão bem mais vastos e, ao adquirirem uma dimensão global, obrigam-nos a recuar às razões que impediram a modalidade de se tornar olímpica, passados que foram tantos anos sobre o fracasso dessa dramática e marcante experiência. 

Tudo o que se passou no Pavilhão de Alverca não passará de uma consequência do enviesado comportamento do dirigismo que, em prol do resultadismo e do estímulo de uma cultura de rivalidades e ódios descabidos, não cuidou de preservar, cultivar e estimular o espírito de  Pierre Coubertin...

O Benfica terá começado ontem a provar o seu próprio veneno! Foi no hóquei em patins, mas, ou me engano muito, ou...

A "gripe" rapidamente se estenderá a outras modalidades!...

Leoninamente,
Até à próxima 

12 comentários:

  1. Companheiro,

    http://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/juvenis/detalhe/20170618_1100_sporting-benfica-em-direto.html

    Estou a assistir a uma humilhação impensável!
    Como é que é possível num dia de consagração dos campeões nacionais em Alcochete termos levado esta tareia?
    Ah e tal já somos campeões, blá, blá, blá, blá, blá… e ferram-nos com uma manita.
    Sinto-me envergonhado e vexado por esta equipa, por estes jogadores.
    Que vergonha!
    É por causa destas e de outras que eles seguem bem à nossa frente, mesmo não sendo campeões.
    Mas que grande merda!

    Leão do Montijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que mais me incomoda é ver sportinguistas a pensarem desta forma:"É por causa destas e de outras que eles seguem bem à nossa frente, mesmo não sendo campeões." Para mim, prefiro levar manitas nos jogos com o Benfica o ano todo mas no fim ser CAMPEÃO e isso era o que o Leão do Montijo devia ter dito!! Esses orgulhos extremos não nos levam a lado nenhum

      Eliminar
  2. Com a tragédia que se abateu sobre a parte norte do meu Distrito, nem "tenho vontade" de me pôr a comentar notícias sobre "misérias"..

    A minha solidariedade aos habitantes dos concelhos de Pedrogão, Figueiró e Castanheira..
    Os meus sentidos pêsames às famílias de tantas vitimas mortais...!

    SL

    ResponderEliminar
  3. Há umas coisas que não compreendo: os erros de facto cometidos por árbitros num jogo são inatacáveis, no sentido em que não validam protestos ao jogo, mas deixam a possibilidade d ser pedida a abertura de um inquérito ou outra gaita qualquer que possa ter -e isto é importante, embora de um ridículo atroz- efeitos suspensivos sobre a homologação da prova.

    Nisto, não há como negá-lo, fruteiros e galinhas equivalem-se!
    ( "Messieurs, honni soit qui mal y pense! Ceux qui rient en ce moment seront un jour très honorés d'en porter une semblable, car ce ruban sera mis en tel honneur que les railleurs eux-mêmes le rechercheront avec empressement."
    Rei Eduardo III, de Inglaterra -para longe, muito longe, vá o agoiro que possa tocar aos sportinguistas!)

    ResponderEliminar
  4. É óbvio, que o problema do Hóquei em Patins, é o Slb, não ter sido campeão!... Nem interessa se o Sporting estava a ganhar, a 4 minutos do fim, por 3 golos de diferença e nesse curto espaço de tempo, sofreu 2 grandes penalidades, 2 livres directos e 2 cartões azuis (se não estou em erro). "Quem não os conhecer que os compre", lá diz o provérbio. Agora, apaguem tudo. SL

    ResponderEliminar
  5. É pá,
    Desculpem lá, mas eu como Sportinguista anónimo e simples, não posso compactuar com aquilo que ontem vi.
    Se querem ter coerência e razão nas vossas convicções têm a obrigação, no mínimo, de não se pronunciarem sobre algo que foi evidente para todos aqueles que estavam a ver o jogo. De outra forma estão a meter-se no mesmo barco!
    É que nem sequer ganhámos nada e ontem beneficiámos quem nos roubou há duas semanas, quando nos roubaram também um golo que marcámos, entrou na baliza, mas também não contou. Comigo não há nem haverá alianças. Foram eles, lá em cima, que nos f...... neste últimos vinte anos.
    Mas pronto, cada um é como cada qual.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A agressao do Pedro Gil ao Adroher é de uma baixeza sem igual.
      Que tristeza, e depois ver aquelas cenas patéticas do mesmo no fim do jogo...

      Eliminar
    2. Mas o que tem uma coisa a ver com a outra? É que o anónimo das 15:26 disse de facto o que de triste se passou e a verdade não se pode evitar.
      Quanto a mim e quando o Sporting joga, só quero a vitória e se a mesma é sobre o Benfica ainda melhor. Se o Sporting com essa vitória não alcança o 1.º lugar, então estou-me a borrifar para as consequências e só quero a vitória deste e de todos os jogos.
      Sou um sportinguista simples, anónimo e identificado, mas o Sporting não beneficia ninguém, a não ser ter a obrigação de tentar a vitória em todos os jogos.
      O que vi no hóquei, foi um árbitro a tentar inverter o resultado, na parte final do jogo. O resto é conversa de muita azia.

      Eliminar
    3. Anónimo...

      Nós não temos que jogar para beneficiar nem os "andrades", nem os "lampiões"...

      Nós temos é que fazer o nosso jogo...temos que tentar ganhar e fizemo-lo...

      Não conseguimos é verdade ...mas aqueles 4 minutos finais..."deixam-me muitas dúvidas..."

      "Pareceu-me" que a equipa de arbitragem tudo fez para nos impedir de ganhar e até mesmo de empatar...

      No fim anularam um golo (deve ter sido "precipitação do árbitro"), mas foi bem anulado, as regras do hoquei...não permitem que se metam golos a não ser com o stick...

      Esse empate "tirou" o campeonato aos lampiões...?
      Mas eu quero lá saber dos lampiões...!!

      "Deu" o campeonato aos andrades...?
      Mas eu quero lá saber dos andrades...?

      Eu queria era ganhar...
      Eu queria era não ter sido prejudicado nos jogos contra os lampiões e os andrades...
      Eu queria era não ter perdido pontos na secretaria (se bem que por culpa própria...)...

      E talvez sem "esses azares todos"...quem sabe se não seríamos nós os campeões...!

      Agora "chorar" porque os lampiões perderam...?
      Olhe seria o mesmo que "alegrar-me" pelo facto de os andrades terem sido campeões...

      Eu quero lá saber dos dois...?

      SL

      Eliminar
    4. Tão amigos que são os vizinhos da 2 circular

      Eliminar
  6. Tadinho do Avelãs, com a sua camisinha encarnada...
    Se calhar nem viste o jogo, e estás apenas a julgar o lace dito polémico pela comunicação social amiga. Vai mas é ler as regras do jogo e verás que a decisão de anular o golo terá sido tão só uma das poucas acertadas que os apitadeiros amigos de Carnide tiveram.
    Eu vi o jogo, Avelãs. E digo-te, se alguém foi ajudado pelos árbitros não foi o SCP. E já não é a 1ª vez que vemos a equipa de Hóquei do Sporting a ser ROUBADA em jogos contra o benfica: na época passada até reduziram a nossa equipa a 2 elementos + guarda-redes, expulsaram Girão e repetiram penálties até que a bola entrasse. Este ano, no jogo da 1ª volta foi mais do mesmo: os de vermelho simulavam faltas e os do apito faziam o que deles se esperava: penalties e jogadores do Sporting excluídos.
    Avelãs, devias mas era comentar a figura que o comentador da TVI fez quando a bola foi introduzida de forma irregular na baliza. Parecia um fanático possesso: «É NOSSO!!». A existência de figurões como esse, um suposto jornalista teu colega, não te angustia nem te faz augurar o pior para o futuro do desporto nacional??
    Se calhar pensas que é só no Futebol que há cambalacho, cartilha e troca de mails...
    Ainda esta época vi um jogo de Andebol benfica-Sporting, transmitido pela btv, em que um golo decisivo foi anulado ao Sporting: o árbitro alegou que o Frankis Carol - que foi de baliza a baliza sózinho com a bola- 'violou a área'. Os teus colegas da televisão da casa deram o seu amén, mas depois quando viram a repetição do lance até se engasgaram perante a realidade. Explica lá, como é que se algo que não existiu??

    ResponderEliminar
  7. E por isso que temos Companheiros nossos que nunca se calam com um 7-1 em que vimos o título nesse ano a voar.
    Não é, anónimo das 19:23?
    Porra! É preso por ter e por não ter!
    Foi ou não foi "uma meda" termos perdido por 5-0?

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE