sexta-feira, 16 de junho de 2017

Vem aí o vómito!...


O Ministério Público tem clube?

«A julgar pelo que vem publicado no «Diário de Notícias», o Ministério Público tem clube e usa 2 pesos e 2 medidas conforme a entidade que estiver em causa. Ao que parece, todos os mails revelados por Francisco J. Marques já estão no Ministério Público há muito tempo, mas ninguém fez nada. Diz o jornal que «nenhuma diligência foi solicitada, nem foi agendada alguma reunião para definir uma estratégia de investigação»

Aliás, uma das teorias em circulação é a de que terá sido uma fonte da PJ, descontente com o desinteresse do Ministério Público, a passar a Francisco J. Marques os mails incriminatórios. 

Eu sei que o Benfica tem muitos adeptos, são a maioria. Sei que Luís Filipe Vieira é multimilionário e extremamente poderoso – tão poderoso que tem dívidas de 500 milhões de euros que irão ser pagas sabemos nós por quem. Sei que as principais instituições políticas e desportivas do país têm benfiquistas no comando. Mas isso iliba o Ministério Público de actuar quando é o Benfica que está em causa? Isso permite ao Ministério Público assobiar para o lado e meter numa gaveta provas ou pelo menos indícios de vários crimes? 

Sim. Pelos vistos, sim. 

Quando foi o Porto, o Ministério Público não vacilou. Inquérito, escutas (ilegais), acusação, julgamento. Mas só para o Porto. Convenientemente, as escutas foram colocadas no youtube, mas só algumas. As escutas a Luís Filipe Vieira não. Parece que não interessava… 

E afinal, à beira do actual caso de corrupção relacionado com o Benfica, o «Apito Dourado» foi uma brincadeira de menin@s.

Na prática, o Porto pagou algumas putas a árbitros em determinados jogos. No ano, repare-se, em que foi Campeão Europeu com José Mourinho.

Condenável? Obviamente que sim. É sempre condenável oferecer prendas caras a árbitros. Sejam as putas-fruta para dormir do Porto, sejam as putas que sucessivamente o Benfica tem pago a árbitros há muitos e muitos anos: a Howard King, a Marcel Van Langelov, árbitro do jogo da mão de Vata, sejam a outros árbitros conforme denúncia de Jorge Coroado, vouchers que, se formos bem a ver, ficavam mais caros do que algumas putas.

Nessa altura do Apito Dourado, como dizia, o Ministério Público não vacilou. FEz o seu trabalho, sim, mas só até Leiria. Desta vez, meteu tudo numa gaveta, de onde nada mais sairia se não fossem as denúncias de Francisco J. Marques. E como também dizia antes, o Apito Dourado não passou de uma brincadeira de menin@s à beira disto.

E o que é isto? Com apenas meia dúzia de mails, que têm vindo em crescendo, já temos suspeitas claríssimas de tráfico de influências, de coacção, de corrupção. Fora o resto: o controle da Comunicação Social através das «cartilhas» e não só, a troca de favores com o presidente da APAF «porque vamos precisar dele»; as alusões a um tal César Boaventura que, pelos vistos, é conhecido por aliciar jogadores. E o muito mais que vem por aí – a procissão ainda vai no adro.

Quanto à análise individual de cada mail, fica para depois, que o post já vai longo. Sabemos que o presidente do Benfica vai dar hoje uma entrevista e nunca se sabe. A lista de mails pode ficar rapidamente desactualizada.

Mas que ninguém tenha ilusões. Em termos judiciais, ao Benfica vai acontecer zero. É um cube demasiado poderoso para cair. Num país em que alguém com ligações ao fascismo e que durante anos teve férias pagas no Brasil por Ricardo Salgado consegue chegar a Presidente da República; num país em que o próprio Ministério Público monta uma cilada ao principal Partido da Oposição através de um caso de pedofilia que curiosamente protege todos os políticos do Governo; num país em que 12 inspectores ou ex-inspectores da PJ foram membros da Comissão de Honra de Luís Filipe Vieira, ninguém deve ter ilusões – dizem que Itália é o pais da máfia, mas foi lá que a Juventus desceu à II Divisão por corrupção.

Aqui, isso só não aconteceu ao Porto porque as escutas eram ilegais, mas nunca poderia acontecer ao Benfica – nem que houvesse um cheque assinado pelo Presidente em nome de um árbitro com a menção «por serviços prestados no jogo X». 

O que tiver de ser feito sê-lo-á noutro campo. No da Justiça, nem vale a pena pensar nisso. O que interessava já foi varrido para debaixo do tapete e de lá não volta a sair.

O Ministério Público não devia ter clube, mas tem.»
(Ricardo Ferreira Pinto, in Aventar)

Ah D.Quixote, volta que estás perdoado. Não serei eu a chamar-te louco!...

Perdoem-me meus amigos, mas vou-me ausentar. Preciso ir à casa de banho!...

Vem aí o vómito!...

Leoninamente,
Até á próxima

11 comentários:

  1. No final, que isto mereça uma condenação pública por parte dos clubes que quiserem nela se associar.
    E merecerá, no mínimo, uma exposição detalhada à UEFA, mesmo sabendo que não terão qualquer intervenção em assuntos"caseiros". Ficará sempre a mancha e o registo na História do Futebol Português!
    Os árbitros envolvidos não terão futuro fácil na arbitragem. E as escutas e e-mails terão de ser mais sofisticados para não serem "caçados".

    ResponderEliminar
  2. Este texto é só para rir...um monte de acusações infundadas. Deve ser uma reencarnação dos justiceiros do velho oeste.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A "segurança" é tanta...

      Que até se dão "ao luxo" de rirem de "coisas sérias..."...

      Só "um nadinha de vergonha na cara...e dava para a pintar de negro..."

      Assim e como diz o povo...:

      "Quem não tem vergonha...todo o mundo é seu..."

      Eliminar
  3. Época 2016/2017 -

    - Penaltis a favor:
    Sporting 13; Porto 9; Benfica 7;
    - Expulsões a favor:
    FC Porto 9; Sporting 2; Benfica 1
    - Minutos em superioridade numérica: FCPorto 284'; Sporting 100'; Benfica 1'
    - Expulsões contra: Sporting 3; FC Porto 3; Benfica 2
    - Minutos em inferioridade numérica: Benfica 50'; Sporting 26'; FC Porto 5'.

    Como se pode ver o Benfica manda nisto tudo.
    Mas aqui está o que interessa e que leva a este caso, para disfarçar insucessos:

    - Melhor equipa: Benfica
    - Melhor treinador: Rui Vitória
    - Melhor jogador do campeonato: Pizzi
    - Equipa com mais vitórias: Benfica
    - Equipa com menos derrotas: Benfica
    - Equipa com mais golos marcados: Benfica
    - Equipa com menos golos sofridos: Benfica
    - Equipa mais disciplinada: Benfica
    - Equipa com maiores assistências por jogo (nº de espectadores): Benfica
    - Equipa com a maior percentagem de ocupação do estádio: Benfica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A corrupção é como o código postal: é meio caminho andado para o vómito!...

      Eliminar
  4. E já agora, que este blog é acérrimo defensor da lisura, o que tem a dizer do seu presidente ter-se gabado de mover influencias para correr com Vitor Pereira da arbitragem e de ter feito o que pode para que nao fosse nomeado para a UEFA ( o que aconteceu)?

    E sendo que o Benfica manda nisto tudo porque nao conseguiu eleger o seu candidato a presidente da liga, tendo sido eleito Pedro Proença, conhecido pelos desiquilibrios que provocou nos jogos Porto-Benfica, amigo de faculdade de Bruno Carvalho, e de quem o mesmo se gabou de ter feito eleger?

    Pois...argumentos e não desejos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que tenho a dizer já o disse por aqui repetidas vezes: falou de mais e agiu de menos!...

      Eliminar
  5. Caríssimo Amigo:
    Podia comentar mas alguém já o fez muito melhor há muitos anos.
    Com a devida vénia:

    No céu cinzento sob o astro mudo
    Batendo as asas pela noite calada
    Vêm em bandos com pés de veludo
    Chupar o sangue fresco da manada

    Se alguém se engana com seu ar sisudo
    E lhes franqueia as portas à chegada
    Eles comem tudo eles comem tudo
    Eles comem tudo e não deixam nada

    A toda a parte chegam os vampiros
    Poisam nos prédios poisam nas calçadas
    Trazem no ventre despojos antigos
    Mas nada os prende às vidas acabadas

    São os mordomos do universo todo
    Senhores à força mandadores sem lei
    Enchem as tulhas bebem vinho novo
    Dançam a ronda no pinhal do rei

    Eles comem tudo eles comem tudo
    Eles comem tudo e não deixam nada

    No chão do medo tombam os vencidos
    Ouvem-se os gritos na noite abafada
    Jazem nos fossos vítimas dum credo
    E não se esgota o sangue da manada

    Se alguém se engana com seu ar sisudo
    E lhes franqueia as portas à chegada
    Eles comem tudo eles comem tudo
    Eles comem tudo e não deixam nada

    Eles comem tudo eles comem tudo
    Eles comem tudo e não deixam nada

    Grande Abraço,
    José Lopes

    ResponderEliminar
  6. http://meunomeleao17.blogspot.pt/2017/06/fogo-fatuo.html

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE