quinta-feira, 29 de junho de 2017

"Quem não quiser ser lobo, que não lhe vista a pele"!...




Quatro más escolhas de Jorge Jesus

«Ficámos anteontem a saber que o treinador do Sporting, neste recomeço dos trabalhos da equipa principal de futebol, decidiu afastar do plantel quatro jogadores: Douglas, Marvin, Petrovic e Schelotto.

Todos eles foram muito criticados, ao longo da época, no És a Nossa Fé. Douglas, um pinheiro sem mobilidade no eixo da defesa; Petrovic, médio defensivo curto de ideias e curto de passe; Marvin Zeegelaar e Schelotto, laterais mais-que-imperfeitos a defender, responsáveis por muitos golos sofridos pela nossa equipa na época que terminou.

Não esqueçamos, no entanto, que o responsável pela vinda destes jogadores para Alvalade foi Jorge Jesus - o mesmo que acaba de os remeter à proveniência. Por vezes certos factos merecem ser lembrados. E nós, por cá, felizmente não sofremos de amnésia.»
(Pedro Correia, In ÉS A NOSSA FÉ)


Compreendo "leoninamente" a benevolência de Pedro Correia, em pisar e repisar, calcar e recalcar, forçar e reforçar, birrar e embirrar, apenas em relação ao "quarteto sobrante" do carregamento de contratações estapafúrdias a que Jorge Jesus "obrigou" o Sporting desde que chegou a Alvalade! E subscrevendo inteiramente o que hoje afirma em ÉS A NOSSA FÉ, espero que me permita julgar a rejeição da sua amnésia de substancialmente inferior à minha, dado que ainda em mim subsiste o vómito ou, no mínimo, profundo constrangimento e enjoo, que me provocaram espécimes futebolísticos do quilate de Michaël Ciani, João Pereira, Naldo, Lukas Spalvis, Alberto Aquilani, Teo Gutiérrez, Elias Trindade, Hernán Barcos, André "Balada" Sousa, Joel Campbell, Luc Castaignos, Lazar Markovic, Marcelo Meli e Bruno Paulista, sem esquecer Kevin-Prince Boateng e Sandro Cordeiro, cujo ingresso, para grande felicidade do Sporting, foi inviabilizado pela dignidade e competência profissional do Corpo Clínico leonino chefiado pelo doutor Frederico Varandas.

Quero com isto sublinhar, com um traço muito negro e muito grosso que, se não me falha a memória, dos 25 futebolistas "encomendados" por Jorge Jesus nas suas duas primeiras épocas em Alvalade, apenas não se revelaram, recorrendo à designação utilizada pelas agências de ratting para a economia portuguesa, abaixo de lixo, Bas Dost, Sebastian Coates, Alan Ruiz, Bruno César e Beto!...

Convenhamos que, mesmo tendo em conta a redução que eventualmente a dinâmica do mercado possa vir a permitir - e não será fácil a colocação de todo este "refugo"! - nos prejuízos provocados por esta "louca avalanche jesuíta", uma percentagem de aproveitamento tão ridícula - cerca de 20% apenas! - deveria provocar no seu único, exclusivo e teimoso mentor, uma reflexão profunda e um compulsivo arrepelar de cabelos, ao mesmo tempo que explicará cabalmente as razões dos insucessos leoninos, particularmente nesta última temporada. 

Por razões de ética e honestidade intelectual de que me orgulho e que os principescos honorários que Jorge Jesus aufere no Sporting incontornavelmente sustentarão, recuso liminarmente agregar a esta sua autêntica deriva voluptuosa de contratações, uma eventual vertente comissionista. Mas as minhas reservas sobre se todo o universo leonino partilhará desta minha desinteressada complacência serão muitas! E Jorge Jesus deveria pensar seriamente nesta hipótese... 

"Quem não quiser ser lobo, que não lhe vista a pele"!...

Leoninamente,
Até à próxima

8 comentários:

  1. Caro Álamo, acima do "lixo" devemos também colocar Coates e Beto.

    S. L.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com toda a certeza, caríssimo Leão da Estrela! Lapso meu, ao correr das teclas, de que me penitencio e de que já fiz a devida correcção. Obrigado.

      SL

      Eliminar
  2. Não creio que João Pereira, Naldo, Aquilani e Teo sejam lixo, pelo menos no rendimento dentro da quadra.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tome à letra o que disse no postal! Tome mais em conta o espírito do que escrevi. A melhor prova estará no facto de já nenhum deles estar em Alvalade...

      SL

      Eliminar
  3. Se calhar estamos a preocupar-nos com jogadores e treinadores em vão, temos é de contratar o bruxo do Bayern Munique que é muito melhor que o bruxo daquele clube que gosta de dar gorjetas aos arbritos

    ResponderEliminar
  4. Não vou comentar os restantes, mas apelidar de "abaixo de lixo" o jogador Lukas Spalvis quando o homem se lesionou no início da pré-época, parece-me ser no mínimo extemporâneo. Não vou dizer que o homem é melhor que Bas Dost, mas recuso-me a apedidá-lo de Pongole, tão só porque não teve qualquer oportunidade de mostrar o que quer que seja.

    S.L.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tome à letra o que disse no postal! Tome mais em conta o espírito do que escrevi. A melhor prova estará no facto de Spalvis não estar em Alvalade. Mas o seu empréstimo tem um significado muito claro: de momento o Sporting não colhe benefícios da sua presença em Alvalade, mas não foi descartada de modo algum. Se vier a concretizar-se o empréstimo ao Kaiserslautern e se mostrar serviço, certamente que regressará ao Sporting...

      SL

      Eliminar
  5. Na verdade é "muito lixo" entre tantos jogadores contratados...
    Mas como não podemos ir ao mercado por jogadores que peguem de estaca"
    Sempre teremos de fazer essas opções "mais baratas" na esperança de que "debaixo de uma fraca moita...salte um bom coelho"...

    É realmente "muito dinheiro lançado à rua"...
    Mas não vejo outra solução...

    Quero com isto dizer..."que ainda lhe dou o beneficio da duvida"...

    Sporting Sempre

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE