segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Ser o melhor dá muito trabalho e requer muita inteligência!...



A DEFESA DE TODOS OS MÉRITOS

«Jesus tem batido persistentemente numa tecla: o Sporting está muito forte do ponto de vista defensivo. Os números dão-lhe razão. Contabilizando uma dúzia de jornadas, os cinco golos sofridos no campeonato fazem deste leão um dos que sofre menos golos nos últimos 45 anos.

Esta realidade chega a parecer paradoxal se atendermos ao facto do sector defensivo não merecer da parte dos próprios adeptos um certificado de qualidade indiscutível. Além do mais, não existe uma referência de incontestável liderança (como Jesus tinha no Benfica com Luisão), mas ‘apenas’ um lote de jogadores que, jogo após jogo, ainda procura conquistar os mais desconfiados.

Isto quer dizer que é maior o mérito de Jesus e de toda a manobra coletiva que implica não serem apenas os quatro da defesa a terem de… defender. Em todo o caso, não estaríamos aqui a falar de uma defesa inexpugnável se na baliza não estivesse Rui Patrício, que tem sido capaz de evitar lances de golo.

Ainda a propósito de defesas. Felizmente, o alvoroço que se fez com o lance azarento de Tonel em Alvalade não teve efeitos de mimetismo com outros protagonistas tocados pelo infortúnio, nesta jornada, devido a decisões desadequadas em momentos capitais. O abalroamento de Trigueira a Gaitán e a entrada de Baixinho a Herrera poderiam ter estimulado mentes perversas na avaliação de intenções. Por enquanto, o guarda-redes da Académica e o defesa do P. Ferreira podem dormir descansados, pois a sua dignidade não foi posta em causa. E muito bem...»
(António Magalhães, Opinião, in Record)

Pois é, mas o facto de "o Sporting estar muito forte do ponto de vista defensivo", dá muito trabalho e não se deve àquilo que uma comunicação social maioritariamente subserviente refere como sendo a "estrelinha de campeão" ou outras definições ainda mais infames e corrosivas, cujo exemplo mais acabado será a tirada inclassificável do "Gumes da Selva" benfas sobre Tonel.

São centenas de treinos duros e exigentes, são milhares de interrupções para corrigir posicionamentos, será uma nova mentalidade inculcada em jogadores de 30 anos que chegaram esta época a Alvalade e que vemos a adoptar uma nova filosofia de jogo: defendemos todos e atacamos todos, ninguém baixa a guarda ou se encolhe em desculpas bacocas de negação do "futebol total" que Jorge Jeusus defende como a própria vida!...

Ser o melhor dá muito trabalho e requer muita inteligência!...

Leoninamente,
Até à próxima 

9 comentários:

  1. Vocês organizem-se
    Bicampeonato foi mérito do treinador ou foi colinho???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O colinho em primeiro lugar, obviamente! Quanto ao resto, bom, vocês nunca mais jogaram futebol desde que o cérebro saiu!...

      Eliminar
    2. Nova teoria dos lampioes:"Se um bom treinador for beneficiado pelos arbitros passa a ser um mau treinador"
      LOOOOL

      Eliminar
  2. Jovem vê lá se cresces e começas a ver as coisas como um adulto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! Há tanto tempo que ninguém me chamava jovem... Mas terei de reconhecer que ainda há benfas simpáticos e com sentido de humor! A azia não traz apenas efeitos nocivos...

      Eliminar
    2. De lamentar que nao tenham referido como foram os 5 golos que o sporting sofreu no campeonato,mas aqui vai:

      tondela-golo em fora de jogo com o braco

      p.ferreira - penalti duvidoso(para mim inexistente)e expulsao errada do j.pereira no mesmo lance.

      Academica-Penalti inexistente.

      Rio ave:golo precedido de fora de jogo.

      Fica a sobrar o do guimaraes,que foi legal.

      SL

      Eliminar
    3. Bem analisado Balakov, um golo, quando muito, dois golos legais entre os 5 sofridos pela nossa equipa.
      Naldo foi uma excelente e surpreendente novidade.
      Ewerton confirma que continua a ser um excelente defesa, assim aguente aquele físico.
      Paulo Oliveira está cada vez mais seguro e regular.
      E ainda lá temos o Tobias para o que der e vier.
      Por aqui estamos bem servidos.

      SL

      Eliminar
  3. Amigo Álamo, realmente estar em primeiro dá imenso trabalho, comparando com épocas anteriores, temos uma defesa excelente, com tendência a melhorar dia após dia, trabalhar forte nos treinos, não é apanágio de todos os treinadores, e aqui JJ é realmente um "mestre"...
    Qt ao primeiro comentário, digo que o mérito do bicampeão, tem de ser partilhado pelo "colinho" e por JJ, que metam na cabeça de uma vez por todas que sem JJ nem o colinho lhes ia valer, na minha opinião a grande diferença, de Benfica e Sporting ser treinado por JJ, reside no facto de que no Benfica as vitórias eram mais fáceis, pois só lutava contra onze no Sporting são conseguidas à custa de mto suor, pois a luta é contra catorze...

    Abraço e SL

    ResponderEliminar
  4. lutava contra 11 quando não era contra dez

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE