sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida!...


NINGUÉM É ESPECIAL

«A história é antiga. Mourinho ficou irritado por a médica do Chelsea, Eva Carneiro, ter entrado no campo para assistir Eden Hazard. Na altura, disse que era "impulsiva e ingénua", porque o jogador não precisaria de sair do campo num momento em que o clube já estava em desvantagem numérica. Foi suspensa e deixou de poder estar nos treinos e nos jogos. Mourinho foi acusado de sexismo e de não se preocupar com a saúde dos seus jogadores. As gravações acabaram por provar que Eva apenas obedeceu, como estava obrigada, a uma ordem do árbitro. Ela rescindiu o contrato e processou o clube. Diz-se que os jogadores, que gostavam da médica, não gostaram disto e foi aí que Mourinho os perdeu.

Foi assim que começou o campeonato e até há quem goste de encontrar alguma harmonia bela na desgraça de Mourinho. Nada como uma história destas para dar poesia à frieza de um despedimento por maus resultados. Alguma coisa romântica, trágica, que não permita que isto seja um despedimento banal. Temo que seja apenas isso: quem, no Chelsea, ganha quatro jogos em 16 é despedido. Ponto. Mourinho é um treinador excepcional, tão excepcional que lhe foi permitido dizer sobre si próprio que era o 'special one' sem ter como resposta um coro de risos perante a bazófia. Especial que seja, é humano. Com altos e baixos, ascensão e queda. Foi amado em Londres e já não é. Não há amor que resista ao 16.º lugar. Não há oitavos-de-final que compensem estar um ponto acima da linha de água. E o futebol é assim. No momento das derrotas, ninguém é especial.»
(Daniel Oliveira, Verde na Bola, in Record)


Estou em crer que o despedimento de José Mourinho fará tocar as campaínhas de alarme de muito boa e má gente por esse mundo fora, muito particularmente, junto dos compulsivos seguidores da sua bazófia, que os há, aos milhões e até bem perto de nós!...

E vem-me à memória um frase batida, quando alguém entendeu dizer a outro alguém que aquele seria o primeiro dia do resto da sua vida...


"A principio é simples, anda-se sózinho
Passa-se nas ruas bem devagarinho
Está-se bem no silêncio e no borborinho
Bebe-se as certezas num copo de vinho
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Pouco a pouco o passo faz-se vagabundo
Dá-se a volta ao medo, dá-se a volta ao mundo
Diz-se do passado, que está moribundo
Bebe-se o alento num copo sem fundo
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

E é então que amigos nos oferecem leito
Entra-se cansado e sai-se refeito
Luta-se por tudo o que se leva a peito
Bebe-se, come-se e alguém nos diz: bom proveito
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Depois vêm cansaços e o corpo fraqueja
Olha-se para dentro e já pouco sobeja
Pede-se o descanso, por curto que seja
Apagam-se dúvidas num mar de cerveja
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Enfim duma escolha faz-se um desafio
Enfrenta-se a vida de fio a pavio
Navega-se sem mar, sem vela ou navio
Bebe-se a coragem até dum copo vazio
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

E entretanto o tempo fez cinza da brasa
E outra maré cheia virá da maré vaza
Nasce um novo dia e no braço outra asa
Brinda-se aos amores com o vinho da casa
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida."

Leoninamente,
Até à próxima


1 comentário:

  1. E outra maré cheia virá da maré vaza...alguns dos seus atletas, ao contrário de outros, no passado, que o seguiriam do inferno ao céu, fizeram-lhe a folha, mas Mou continuará, com Guardiola, a ser um dos líderes do treino de futebol...sem qualquer dúvida. Mas Mou também vai aprender com esta experiência negativa e a da última época em Madrid, que o seu Grupo de trabalho tem que ser muito sagazmente escolhido...

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE