domingo, 6 de dezembro de 2015

Obviamente, subscrevo sem qualquer reticência!...



O REGRESSO DA SALGADEIRA

«Até aos meados do século passado, as salgadeiras conservavam as carnes enterradas no sal. As arcas frigoríficas sacaram-lhes aquela utilidade e durante décadas restou-lhes serviços menores; arquivo de velharias, garrafeiras e afins. Não se podia adivinhar o seu regresso à primeira linha, a serviço parcial.

E quem foram os génios da recriação daquelas velharias? Os dirigentes do futebol. Estes não conservam carnes, mas acomodam o sal para salgar feridas, que abrem todos os dias. Com estratégias de comunicação primárias e agressivas – a quente, a morno e a frio – rasgam profundas feridas nos adversários. Quando se espera uma atenuação de excessos, abrem a tampa da salgadeira, sacam sal grosso e esfregam com furor as feridas abertas, para extremar o assanhamento.

O que os adeptos gostam é do jogo da bola, deleitarem-se com a arte dos jogadores e que as suas equipas ganhem. O que os dirigentes lhes dão são verborreia, acusações sem sentido e, sobretudo, descidas à lixeira. Um baixo nível transita, para um lado e outro, na Segunda Circular.

Depois, e para que tudo fique ainda mais lastimável, o clube que se intitula "o maior clube do Mundo" lança para os debates, nas televisões, figuras assustadoras. Não vou detalhar, não caberia neste espaço, mas vou buscar o caso que mais me arrepiou nos últimos tempos; as afirmações descabeladas de um vice- presidente do Benfica para cima de Tonel, um profissional com uma impoluta e longa carreira profissional. Coisa miserável.»
(Alberto do Rosário, Bilhar Grande, in Record)

Obviamente, subscrevo sem qualquer reticência!...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. Quem tem Pina e Rui Oliveira e Costa nao pode falar muito.Ate Rogerio Alves ao nivel do "estado brunanico" a.k.a. o "daesh leonino" tem mudado o tom nos ultimos meses.Claro que Pedro Guerra e um fanatico e Rui Gomes da Silva errou ao falar daquela maneira do Tonel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ...e, por acaso, são os clubes que "indigitam" os comentadores?

      A questão é saber para que servem estes programas: entretenimento?

      Para mim, salvo raras excepções, não são mais que isso porque de "futebol jogado" muito pouco ou nada. Eu vejo-os nessa perspectivas. Meu rico Dr. Eduardo Barroso... (é aí que eu estou).

      SL

      Eliminar

PUBLICIDADE