sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

António Leonel Vilar Nogueira Sousa, nem que fosse de muletas, deveria ir a Itália!...


A intriga continua

Com o pior cúmplice

"No dia em que for o verdadeiro líder de um balneário, Sá Pinto não deixará um jogador como Tonel fora de uma convocatória para um jogo como o de hoje. Deixá-lo-á no banco, mesmo na bancada. Mas não o excluirá da comitiva, nem do jogo mais sonante da época, nem - muito menos - de um jogo ocorrido pouco depois da mais infame e injusta sessão de insultos e desconsiderações recebida por esse jogador em década e meia de carreira. Tonel falhou com o Sporting e até pode ter estado desastrado com o V. Setúbal. Mas é precisamente num momento como este que o líder de um balneário o defende até ao limite das possibilidades. Sá Pinto acaba de dar, 'por opção', nova vida à infâmia, permitindo juntar mais especulação e irresponsabilidade a um bullying de que em breve sentiremos vergonha."
(Joel Neto, Opinião, in O Jogo)


Como cidadão e sportinguista, recuso-me a deixar que o tempo, curto ou longo, decorra para sentir vergonha de tudo o que tem vindo a ser feito com Tonel. Perante a primeira sílaba e desde a primeira hora da infâmia que sobre o valoroso jogador foi lançada, eu senti vergonha. O meu aplauso para Joel Neto. 

Agora, perante a inqualificável atitude de Ricardo Sá Pinto, a minha vergonha atingiu os limites do inadmissível...


António Leonel Vilar Nogueira Sousa, nem que fosse de muletas, deveria ir a Itália!...

Leoninamente,
Até à próxima

3 comentários:

  1. Custa-me a crer que a decisão tenha partido de Sá Pinto. Olhando o passando recente da SAD pastel, não me surpreenderia nada que a "ordem" de afastar Tonel tivesse sido concebida na central de propaganda de um clube amigo e acatada e parida por dirigentes sem princípios. Com Sá Pinto, obedientemente, a dizer amen...

    ResponderEliminar
  2. Sou da mesma opinião do amigo Liondamaia...
    Não acredito que tenha sido o Sá Pinto "o pai da ideia"...
    E isso é mau sobretudo para ele...ao "fazer a vontade" do seu presidente certamente "assinou" em branco o seu documento de demissão...
    Vai uma apostinha em como o Sá não chega ao fim da Liga no seu posto de comando no Belenenses...?

    A verdade é que eu "quero mesmo" que tenha sido assim...ou então se foi ideia do Sá..."desceu" muito na minha consideração de um Sá guerreiro, leal...e valente...!

    SL

    ResponderEliminar
  3. Amigo Álamo, mesmo não sendo Sá Pinto o verdadeiro culpado desta decisão, para mim perdeu todo o respeito a partir do momento em que se submeteu ao seu presidente, tudo nesta vida tem um limite....

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE