terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Vocês sabem do que eu estou a falar!!!...



1 - Como se explica a súbita quebra de forma do Benfica, com derrotas consecutivas perante Moreirense e V. Setúbal? 

2 - Sem William Carvalho, qual a percentagem de hipóteses de êxito do Sporting no jogo do Dragão? 

3 - Soares marcou pelo V. Guimarães ao Sporting e Benfica. Deve ser aposta imediata de Nuno Espírito Santo para entrar no onze do FC Porto no clássico? 


Leonor Pinhão (Benfica)

1 - Parvamente. Trata-se de um erro de avaliação: o Benfica, parvamente, convenceu-se de que estava a disputar este campeonato apenas com o Sporting e, vendo-se com vantagem folgada, descansou. E de um erro de caráter: a sobranceria. Foi muito chocante a tranquilidade com que ontem o Benfica abordou a desvantagem durante 70 minutos. E Pizzi está estafado e sem Pizzi não há meio-campo. Luisão foi ontem quem mais rematou, havendo Jonas e Mitroglou em campo, o que retrata bem a ineficácia geral. 

2 - Menos um ‘Aurélio’. Com William Carvalho ou sem William Carvalho no jogo do Dragão, as hipóteses de êxito do Sporting são exatamente as mesmas desde que a bola chegue a Bas Dost pelo ar. Se a bola chegar pelo chão a coisa complica-se. Talvez até sejam maiores as hipóteses do Sporting sem William tendo em conta a opinião do seu treinador que, ainda recentemente, explicou a crise de resultados da equipa com a baixa de rendimento dos jogadores que estiveram no Europeu a ser ‘Aurélios’ a tempo inteiro.

3 - Não se mexe. E sai quem para entrar Soares? André Silva não pode sair porque nenhum treinador no seu prefeito juízo tira o melhor marcador da equipa, um ‘ativo’ em permanente valorização a cada golo que marca e o mais eficiente e convincente jogador do Porto a atirar-se para o chão na área adversária e a reclamar penáltis. E como também os ‘clássicos’ se decidem nestes pormenores, o jovem André tem o lugar garantido. Talvez saia Jota… ou talvez não porque em equipa que ganha não se mexe.

Rui Calafate (Sporting)

1 - Sem estofo de campeão. O Benfica vai construir um muro de silêncio em volta da equipa. Com esta derrota em Setúbal, o campeonato está relançado. As águias estão cansadas, é nítida a quebra de forma de diversas unidades. É incompreensível esta perda de vantagem, mas na qualidade de jogo nota-se a ausência de Grimaldo e o desequilíbrio da equipa que parece que só cria perigo pela direita. O ano passado ganharam o campeonato em recuperação, este ano psicologicamente não estão a mostrar estofo de campeões. 

2 - Conta é a dinâmica. O William é um grande jogador, é uma peça essencial no puzzle de Jesus, mas temos alternativas e o Palhinha é um jovem que pode muito bem ocupar a posição 6 onde teve excelentes exibições no Belenenses. O que conta é a dinâmica e os equilíbrios da equipa e o Sporting entra para ganhar em todos os campos. Estou convicto de que podemos surpreender no Dragão e trazer uma vitória. Desta vez temos de dar a iniciativa ao Porto, jogar na expectativa e com astúcia partir para o contragolpe.

3 - Espero estreia a seco. Como sportinguista gostava que o Soares não jogasse. É um artilheiro que pode combinar bem com André Silva, dar matreirice ao ataque portista e poder de choque e combate. É no capítulo da finalização que os de Nuno Espírito Santo têm sido menos eficazes. O reforço contratado ao Vitória de Guimarães tem tido esta época o condão de bater o pé aos grandes e o treinador não vai abdicar de o lançar. Espero que a sua estreia seja a seco.

Nuno Encarnação (FC Porto)

1 - Quebra previsível. Começa a ser uma quebra demasiado previsível e com a agravante da ida de Guedes para Paris, o único que imprimia velocidade ao ataque do Benfica. Vender Guedes numa altura destas só significa que o Benfica está com graves dificuldades financeiras. Será provavelmente um tiro de morte que Vieira terá dado a Vitória. O Benfica está mal defensivamente, sem criatividade e sem mobilidade no ataque e com um meio-campo demasiado previsível. Ainda tem de ir a Alvalade e receber o Porto.

2 - Jogos sem favoritos. William Carvalho já teve épocas melhores, mas não tenho dúvida de que é o melhor jogador do plantel do Sporting para aquela posição. Ainda para mais quando se nota alguma falta de eficácia no eixo central da defesa. Neste tipo de jogos não há percentagens e favoritos. Todos querem ganhar e todos os suplentes querem resolver um jogo destes. Estou convencido de que vai ser uma grande jogo, onde espero que não notemos o trabalho do árbitro. Haja festa, golos e que o Dragão volte a deitar fogo. 

3 - Não é preciso inventar. Já se percebeu que o Porto tem de abrir a frente de ataque com jogadores de qualidade. Já se percebeu que estando Soares disponível, terá de jogar ao lado de André Silva. Já se percebeu que Corona e Brahimi dão largura ao ataque e será um crime não jogarem. Já se percebeu que Maxi e Alex Telles não podem subir tanto por causa dos extremos do Sporting. A equipa do Porto para sábado é mais fácil de fazer do que se espera. Quem joga melhor deve jogar. Não será preciso inventar para ganhar.
(Bancada de Sócios, in Record)


Fizeram bem duas derrotas consecutivas à Leonor! Já andava por aí a bordar as faixas do tetra e afinal, começa a correr sérios riscos de que lhe calhe a páscoa ao sábado. E ao contrário do que afirmou o próprio, José Couceiro não terá apenas matado o borrego. Matou antes muitas "borregas" como esta "pinhoa"!...

Quanto ao Sporting o vento vai varrendo as nuvens negras que pairavam sobre Alvalade. Rui Calafate acaba por afirmar aquilo que uma parte substancial do universo leonino pensa: "o Sporting entra para ganhar em todos os jogos e nas Antas não será diferente"! Palhinha poderá fazer o jogo da sua vida e, se calhar e ao contrário do que diz a crítica, talvez esta seja uma boa altura para o leão ir lá acima e sair por cima também!...

Uma coisa terá faltado dizer a Rui Calafate: se o Sporting ganhar as próximas 15 finais será campeão! Vai uma aposta?! É preciso que os leões coloquem essa ideia na cabeça em cada jogo e mai'nada! Ouviste Jesus?!...

Quanto ao Porto, pelas palavras de Nuno Encarnação, a equipa esta´feita para o clássico, será "mais fácil de fazer do que se esperava" e nem será preciso inventar muito para ganhar ao Sporting! Já vi este filme muitas vezes e o final só será  dramático se o "espírito santo" se introduzir nos pavilhões do árbitro!...


Vocês sabem do que eu estou a falar!!!...


Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE