quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Gostei da mensagem e estou pronto para o combate!...




«Como tenho dito, a reflexão permanente faz parte dos processos de liderança.

Sem rodeios, esta época ao nível do futebol tem sido uma desilusão. Resta-nos lutar pelo campeonato. Atirar a toalha ao chão não é uma hipótese.

Todos temos uma opinião, e estas são mais vincadas quando a frustração toma conta de nós. É, nestes momentos, que as lideranças têm que ser firmes. Temos um projecto, um rumo certo, e não é uma época mal conseguida que nos deve permitir deitar a perder tudo o que foi construído, ainda por cima com tanto esforço e amor.

Estou triste, desolado, mas estados de alma não são compatíveis nem se podem confundir com as funções que assumi e que tenho tido a honra e o privilégio de exercer.

Não irei dar um passo atrás para apaziguar algumas "almas" sportinguistas, nem fazer o gosto a quem, fora e dentro do nosso Clube, quer sangue pelo sangue.

A política da exigência vai manter-se. Mas estes ciclos negativos surgem no futebol com uma força tal que, facilmente, tudo e todos são colocados em causa.

Irei, com o treinador Jorge Jesus, fazer o que nos compete, isto é, manter a coesão de um grupo que necessita de elevar os seus níveis de entrega e de acerto técnico-tático, mas, para isso, a sua auto-confiança e auto-estima têm de ser trabalhadas.

Eu sou o responsável máximo e, logo de seguida, o treinador. Precisamos do vosso apoio para mantermos esta equipa, a quem resta um objectivo que, estando difícil, não é impossível: o campeonato.

Ao mesmo tempo, e sem nos afastarmos do foco do campeonato por que lutamos, começaremos desde já a preparar e planear a próxima época desportiva.

Não estou a pedir que não se sintam frustrados nem que não critiquem. Essa pressão faz parte dos grandes Clubes e eu quero que ela exista. Apenas peço que, mesmo que tenhamos o nosso coração partido, não deixemos o nosso grande Amor abandonado pois nunca nos podemos esquecer que, em última instância, são e serão os jogadores os artistas dentro das 4 linhas.

O plantel sofrerá um emagrecimento neste mercado de inverno, o que vai fortalecer o grupo. Precisamos dos melhores focados, e determinar, mais uma vez, a linha da exigência extrema que existe neste Clube.

Quando fechou o último mercado, a comunicação social e os Sportinguistas eram quase unânimes ao afirmarem que se tinha construído um dos melhores planteis de sempre da História do Clube. Nunca alinhei nesse discurso pois a humildade e o trabalho é que, para mim, determinam isso. O resto são meros exercicios de opinião. Mas a verdade é que, de repente, passaram de bestiais a bestas o que me incomoda.

Ter elevadas expectativas tem que ser o apanágio deste Clube, mas não podemos oscilar tanto nas nossas apreciações. Existem reforços que não resultaram, um facto indesmentível, mas nem se deve generalizar nem passar do 80 para o 8.

Entendo bem a frustração e tristeza que todos sentimos, mas cá estamos para assumir as nossas responsabilidades e fazer as 3 coisas que são a receita para ultrapassar estes ciclos negativos: trabalhar, trabalhar e trabalhar!

Mas precisamos de continuar a contar com os mais de 3,5 milhões de Sportinguistas pois sem o vosso apoio, carinho e, claro, exigência máxima, a recuperação será muito mais difícil, senão mesmo impossível.

Termino como comecei: assumo, na totalidade, a desilusão que tem sido esta época ao nível do futebol, mas esta ainda não acabou. E, até acabar, temos que nos manter juntos!

Porque o Sporting Clube de Portugal é o nosso grande Amor!»
(Bruno de Carvalho, hoje na sua página do FB)

Dormi mal. Muito mal. Aos soluços que a alma reclamava e a razão e a dignidade rejeitavam. E esta foi a primeira mensagem leonina que tive oportunidade de ler, de tão propagandeada por aí...

Gostei da mensagem e estou pronto para o combate!...

Leoninamente,
Até à próxima

8 comentários:

  1. Aqui está um dos tais mais de três milhões s responder...

    Presente...!

    Na verdade... nós somos da raça dos que não desistem...

    Sporting Sempre...!
    SL

    ResponderEliminar
  2. Caro Álamo, bom dia.
    Ao contrário de si, não gostei da mensagem. Vou explicar porque não gostei.
    1.Um verdadeiro líder reconhece os seus pontos fracos ( auto-conhecimento ). A BdC ficava-lhe muito bem " dar um passo atrás " para apaziguar algumas almas sportinguistas que ele de uma forma abusiva e prepotente pôs em causa. Ele é ou não presidente de todos os sportinguistas? Pós auditoria que é feito e quais as consequências do julgamento interno de vários ex-presidentes ?
    2.Um verdadeiro líder motiva os seus colaboradores e tem a capacidade de controlar os seus impulsos ( auto gerência . O que aconteceu no balneário em Chaves?
    3. " Irei com JJ fazer o que nos compete ".
    Mas então o que têm feito até aqui? Saímos da Europa pela porta pequena, saímos da taça da Liga pela porta pequena.Por que é que as campainhas só agora é que estão a tocar? É pela proximidade das eleições ?
    4. Ao ler o texto desta reflexão, revejo chavões usados e repassados pelo tempo : amor ao clube, trabalhar, trabalhar, competência, exigência máxima , etc. Pergunto-me: o que é que há aqui de novo?
    Para mim a receita para ultrapassar toda esta angústia é BdC esclarecer de uma forma transparente e clara o que é que correu mal, por que é que correu mal e o que vai ser feito para não serem cometidos os mesmos erros ( isto para além dos esclarecimentos que mencionei num post anterior ).
    Temos que nos UNIR "inteligentemente" para evitar seguir qualquer tocador de flauta .
    Esta é a única forma de AMOR que vejo pelo nosso amado clube.
    SGJ ( Saudações Gloriosas e Leoninas )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Admirava-me era se tivesse gostado!...

      Eliminar
    2. Paira no seu texto um certo cheiro a ... aproveitamento da situação.
      Senão, vejamos:
      1- Um apelo ao "de acordo", mas o chamar aqui as auditorias... não é que as questões levantadas não sejam pertinantes, mas serão assunto para um comunicado, seja oficial, seja mais particular, via Facebook, ou serão assunto a tratar em local próprio (AG)?
      2- Será questão pública ou questão para do e para o balneário? Eu sou defensor de que "ao balneário aquilo que é do balneário", por muita curiosidade que os acontecimentos me despertem;
      3- "Mas então o que têm feito até aqui?" - eis a pergunta-chavão usada e repassada pelo tempo... compreendo-a pelo complemento "eleições". A si deixo esta questão: terá sido ou estará a ser BdC tão mau Presidente que, estando no "olho do furacão", nos permita admitir que está mais preocupado com eleições do que com a situação da(s) equipa(s) de futebol masculino senior?
      4- Vamos ser pacientes e dizer "PRESENTE!", é o que o momento requer - união à volta dos Corpos Gerentes do Clube porque, todos juntos, somos muito mais fortes.
      O Clube tem que estar acima dos egos, sejam os dos responsáveis, sejam os de alguns sócios/simpatizantes. Tratemos da crise agora, as eleições vêm a seguir!

      Eliminar
  3. Talvez uma das melhores mensagens dadas pelo "nosso" presidente...

    Têm a palavra os sportinguistas... aos sportinguenses direi apenas... "Gostei da mensagem e estou pronto para o combate!..."

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar
  4. Finalmente um discurso sensato e coerente de alguém, que antes de ser presidente é acima de tudo um grande SPORTINGUISTA, que tal como a foto demonstra tem a alma atormentada, mas nem assim vira a cara à luta, é deste tipo de Sportinguistas que o clube precisa, e não daqueles bipolares, que ontem infestaram os blogs leoninos de barbaridades, e que foram responsáveis em grande parte pela minha má noite, de tão revoltada que fiquei ao lê-los.
    Acho incrível que num país, em que todos se dizem "doutores" não haja um "pinguinho" de inteligência para se perceber que em todos os parâmetros da vida, seja futebol, seja outro qualquer, existem sempre fases, BOAS e MÁS, a história de algo ou de alguém, está sempre dependente destas DUAS fases...

    SL

    ResponderEliminar
  5. Mensagem ponderada. Mostra humildade e realismo. Não conheço o presidente pessoalmente mas a maneira como enfrentou os difíceis desafios assim que tomou posse devolveu-me a honra e orgulho em ser sportinguista. Vendo o brilho nos olhos como se viu no final do jogo de chaves denota sofrimento não só pelo resultado mas de certeza por pensar como estariam todos os sportinguistas. Presidente ,como reformado da marinha de guerra portuguesa sei como um familiar seu era respeitado por todos pela sua coragem e determinação .isto só acontece com os verdadeiros líderes. Pelos vistos são feitos da mesma fibra.penso saber distinguir o eslilo do conteúdo e assim acabou de ganhar o meu respeito e admiração.

    ResponderEliminar
  6. O blog "TU Vais Vencer "traz à luz a realidade nua e crua SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE