quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

O Sporting "bufa e paga" e o Benfica "paga e NÃO bufa"!...



Não, não é um "flop" não senhor! É mais um negócio das arábias para a Doyen do Nélinho Lucas! (LINK) 

A grande diferença entre o Sporting e o Benfica, nem estará no valor das perdas e prejuízos acumulados por cada um, que por sinal até andarão muito próximos. A diferença estará apenas na palavra NÃO...

O Sporting "bufa e paga" e o Benfica "paga e NÃO bufa"!...

Leoninamente,
Até à próxima

9 comentários:

  1. Este é um ponto de vista tão válido como outro qualquer.
    Eu por exemplo acho que é mais o caso de se respeitar os acordos que se fazem, avalio estas situações com base em outros princípios sobre os quais é livre de discordar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao "anónimo das 12:19" eu permitir-me-ia aconselhar a leitura da obra mais recente de Pippo Russo , " A orgia do Poder", acabada de publicar em português. Talvez pudesse ver-se obrigado a alterar os tais "princípios" que diz lhe servirem de base na avaliação, ao ter a oportunidade de ficar a conhecer o "paraíso" que tão acerrimamente defende sem a mínima sustentação!...

      Eliminar
    2. Os princípios que levaram o SLB e o SCP a estabelecer os contratos com a Doyen foram exatamente os mesmos.

      Foi a sua necessidade de contrariar o meu ponto de vista que o levaram a deduzir que eu concordo com este tipo de Parcerias.

      Mas já agora se eu recorrer aos serviços de um agiota, será que o posso responsabilizar pelo agravamento da minha situação financeira?

      E se recorrermos os dois quem ficará pior? Eu que assumi as minhas responsabilidade até ao fim ou a sua que insiste em dizer que é uma vergonha haver agiotas e se arrisca a ficar com as pernas partidas?

      Eliminar
    3. Ó "anónimo das 15:00", julgo que nesta nossa polémica deveremos começar por separar as águas, no pressuposto de que "tão ladrão é o que vai ao quintal, como o que fica à porta"! Diga-me cá que tipos de pessoas recorrem a um agiota? E que tipo de dirigentes recorreram à Doyen?!... No caso que estamos a discutir essas pessoas têm nomes em Portugal e terão sido apenas três: Pinto da Costa, Luís Filipe Vieira e Godinho Lopes! Curiosamente "ambos os três", envolvidos em "dolorosos processos com a Justiça portuguesa", com condenações que nem toda a lixívia de uma CS subserviente e sem dignidade conseguiu branquear!...

      Nesta condição, argumentar com princípios e compromissos de honra por parte de quem sempre pretendeu tosquiar e acabou tosquiado, parece-me ingénua tolice, para não dizer idiotice.

      Não sei se o Presidente do Sporting que substituiu Godinho Lopes, terá optado pelo melhor caminho para resolver o diferendo que o opunha à Doyen. Mas colocar na mesma balança a coragem da denúncia em termos internacionais por ele levada a cabo e aquilo a que chama de respeito por "compromissos, principios e valores de honra e dignidade" protagonizados por LFV e PdC, apenas me sugere algo de surreal da sua parte que nem me atrevo a definir! Mas está no seu pleno direito! Eu penso diferente, porque também me assiste esse direito!...

      Eliminar
  2. Venham de lá então mais reuniões disto e daquilo...

    O leão "bufa" e a caravana passa... rumo ao tetra... ao penta... ao... deca...!!!

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso amigo ZE: "O leão 'bufa' e a caravana passa... rumo ao tetra... ao penta... ao... deca...!!!"

      Quando será que o leão troca a flatulência (bufas) pela eructação (arrôtos)?!...

      Eliminar
  3. Caro Álamo, completamente de acordo com o que escreveu; mas sem querer mudar de assunto, posso informar de fonte segura (pois é um dos nossos) que foi precisamente a contratação deste jogador que colocou fim ao todo poderoso JJ dentro do Boifica. A história é simples de contar.

    Ola John foi mais um dos muitos e habituais pedidos expressos de JJ ao Orelhas que num primeiro momento não o contratou, pois tinha acabado de contratar um extremo a "custo zero" por indicação de Rui Costa, de seu nome Nolito, hoje jogador da selecção Espanhola e do M. City.

    JJ como é seu hábito, não se deu de vencido e aos poucos começou a tratar de "boicotar" a ascensão de Nolito dentro do Boifica, nem que para isso tivesse que se socorrer ao seu jogador fetich Bruno César... em conclusão, Ola John foi contratado por uma pipa de massa com a promessa de JJ ao Orelhas que iria transformar como algumas vez tem feito na sua carreira, "merda" em "ouro" e o Nolito acabou por sair do Benfica, contra vontade do presidente e de Rui Costa.

    Depois passado uns tempos, basta ler as declarações de JJ sobre o Ola John e dá para comprevender o que se tem passado nestas duas ultimas épocas com as constantes contratações a pedido de JJ para levar o Sporting a ser campeão.... mas que raramente jogam e alguns passados uns meses, já não servem e são dispensados.

    João Santos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro João Santos, de pouco valerá determo-nos aqui e agora sobre a veracidade da "história" que nos traz. Mas uma coisa é certa e incontornável, na época em curso a "história" parece ter-se repetido uma, duas, três, uma dúzia de vezes, com os resultados que sobejamente conhecemos!...

      Não andarei longe da verdade se pensar que os tempos do "manager Jorge Jesus" terminaram em Alvalade, restando apenas o "treinador Jorge Jesus"!...

      Por enquanto vai estando na "ordem do dia" a esfarrapada desculpa dos árbitros que, ironicamente, até se têm vindo a pôr a jeito. Mas há-de inevitavelmente surgir o cansaço dos sportinguistas, a começar pelo topo da pirâmide!...

      Só eu sei, admirador confesso de JJ, o quanto lamento a situação. Mas já estive mais longe de admitir que estará a cavar a sua própria sepultura!...

      Albarde-se o burro à vontade do dono, pois de "umbigos gigantes" estarão os cemitérios cheios!!!...

      Eliminar
    2. Como eu gostaria e desejaria que o caro Álamo não estivesse longe da verdade; mas na realidade quem tem a faca e o queijo não mão é JJ e não a direcção que lhe fez o favor ainda antes do começo desta época e após este nada justificar, de lhe aumentar em valor e tempo um contrato já de si principesco e melhor blindado com uma clausula de rescisão milionária e sempre garantida, independente das condições que tal for activada, ou seja o Sporting paga e não bufa, tenha ou não razão e motivos para o fazer.

      Um bem haja
      João Santos

      Eliminar

PUBLICIDADE