terça-feira, 29 de março de 2016

Muito provavelmente, dentro de um ano, Bruno de Carvalho estará sozinho na corrida!...


Para uma grande maioria dos adeptos sportinguistas a reacção carregada de bilis vinda do outro lado da rua - para lá do Douro muito raramente se cometem erros dessa natureza! - ao anúncio de Bruno de Carvalho da sua recandidatura ao próximo acto eleitoral, terá sido a demonstração mais clara e irrefutável, da correcção do sentimento generalizado que inunda a quase totalidade do universo leonino.

Não fará por isso e por todas aquelas razões que os sportinguistas conhecerão sobejamente, muito sentido discutir "em família" se o anúncio terá sido ou não prematuro. Ele já o era antes de o ser e só os néscios, os invejosos ou os cultivadores de vingança não serão capazes de o reconhecer e estaremos inevitavelmente condenados a ouvir a sua excessiva e compreensível verve ao longo do ano que ainda nos separá desse acto eleitoral que também, antes do o ser, terá já o vencedor anunciado, tão abissal se afigura a diferença entre o hoje e ontem do Sporting Clube de Portugal.

Todo o sentido fará, por outro lado, a palavra estabilidade usada pelo anunciado candidato para justificar a sua decisão. Porque ninguém ousará contestar, nem os sportinguistas, que, apesar de vícios, tropelias e ilegalidades, foi essa estabilidade que permitiu construir décadas de bipolarização hegemónica no espectro  que hoje o Sporting Clube de Portugal, pela mão de Bruno de Carvalho, ousa tentar discutir e acabar, definitivamente.

É por isso que, embora crítico circunstancial mas reconhecido na acção global levada a cabo, não imagino coragem suficiente na reduzida oposição, para sequer arriscar a humilhação de uma estrondosa derrota com todas as suas consequências!...  

Muito provavelmente, dentro de um ano, Bruno de Carvalho estará sozinho na corrida!...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. A minha opinião é perfeitamente coincidente com a do nosso amigo Álamo...
    Pese embora algumas coisas que talvez BC pudesse ter feito diferentes (para melhor) e outras que poderia "ter calado"...

    Só "um cego" não vê a diferença no Sporting entre "o antes e o agora", fazendo pressupôr "o depois"...

    BC foi (e será possivelmente...) o homem certo no lugar certo...

    Muitos de nós (a maioria suponho...), desejaríamos que se pudesse ter "levado a àgua ao nosso moinho" talvez numa corrente mais calma...

    A verdade porém que também a maioria certamente, acabou por concluir que havia demasiada "porcaria" acomulada "nos canais que alimentam" o futebol luso...e só assim "de enxurrada", só assim às vezes "à bruta" seria (será) possível "limpar" o que obstrui a fluencia de um futebol "limpo" para todos os que dele quiserem usufruir no "jogo pelo jogo"...

    Por isso, sobretudo por isso...BC continuará a ter o meu apoio e (desta vez também...) os meus votos...

    SL

    ResponderEliminar
  2. Subscrevo o post do amigo Álamo, e o comentário do amigo Max, apesar de toda a turbulência que tem existido (aqui acredito que os erros, o têm remetido para uma fase de adaptação mais contida) neste 1º mandato de BdC, sou de opinião que com BdC o Sporting está a crescer, a olhos vistos, em face disto, só me apraz dizer que a continuidade de BdC é essencial para o nosso sucesso futuro...

    SL

    ResponderEliminar
  3. Cingindo-me ao "hoje", duvido que apareça(m) outro(s) candidato(s). Mas gostaria que houvesse! Um ou mais, com discurso urbano e muita vontade de servir o Sporting e, também, vontade firme de o defender dessa pandilha que vegeta pelos corredores e bastidores de tv's e pasquins.
    Confesso que não vejo o que nos traria de novo e de melhor, mas ouvir outras opiniões é sempre enriquecedor.

    Uma coisa é certa: o Sporting de Março de 2016 é substancialmente diferente, para (muito) melhor, do Sporting de Março de 2013.
    Claro que também se perderam algumas coisas boas, tais como um discurso polido e educado ou um comportamento cívico de enaltecer, uma atitude soft, de quem assiste sem participar... coisas boas que irritaram os nossos adversários, que os obrigaram a saír a terreiro e a mostrar as armas (escondidas), os golpes baixos, que usam nas lutas. Mas não se pode ter tudo, não é?

    ResponderEliminar
  4. 100% de acordo, mas apenas quero chamar a atenção para a actuação do presidente do Porto e do seu treinador José Maria Pedroto, nos anos que antecederam a hegemonia do seu clube, no futebol português. De certo, eram uns "cavalheiros", sempre com declarações conscienciosas, ponderadas, quando "falavam", porque a maior parte do tempo estavam "silenciosos" e sempre na tentativa de pacificar o mundo da bola. Eram de uma correção que até arrepiava e das arbitragens, nem um pio, nem um ai. É por isso, que critico Bruno de Carvalho, ah,ah,ah...

    ResponderEliminar
  5. Como consegue o Sr Álamo determinar o "sentimento generalizado que inunda a quase totalidade do universo leonino"? Será que é realmente fácil, nesta matéria, interpretar o sentimento do universo leonino?

    Oxalá Liondomania esteja certo quando afirma que "o Sporting de Março de 2016 é substancialmente diferente, para (muito) melhor, do Sporting de Março de 2013". Conheço três adeptos leoninos que, tal como eu, desejam ardentemente que assim seja e, no entanto, também desejam - tal como eu - que o Sporting venha a ter um presidente melhor que Bruno de Carvalho.

    Haverá alguém disponível para se candidatar que seja melhor que Bruno de Carvalho? Não sei. Mas, sendo o SCP um clube democrático, tenho esperança que as próximas eleições fomentem trocas de informações e debates que esclareçam os sócios e possibilitem que o universo leonino esteja realmente bem informado quando votar.

    Porque desejo que o SCP tenha mudado muito para melhor, e que consequentemente não volte ao triste passado recente, mas que também não fique refém do presente ... presidente. E que surjam vários candidatos bons, e que não seja necessário votar no mal menor para fugir ao passado.

    E, já agora mais um pedido, que o SCP seja campeão este ano. A esse respeito não tenho qualquer dúvida sobre o "sentimento generalizado que inunda a quase totalidade do universo leonino"!


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às "maldades" que o "anónimo das 20:01" transforma em questões no primeiro parágrafo do seu comentário, permita que lhe responda de modo parecido, mas... sem maldade: mantendo os olhos abertos ao mundo que me rodeia!...

      Sabe caro anónimo, a julgar pelo comentário que me dirigiu, presumo que não andaria muito longe da sua idade, quando deixei de acreditar na existência de deuses, quaisquer que eles fossem. Foi há muitos, muitos anos! Mas essa profunda convicção ainda hoje vive comigo e, por estranho que lhe possa parecer, cada vez mais estruturada! Porém, se me perguntar se essa "certeza" me trouxe paz e felicidade, terei de lhe recordar as palavras de Humberto Eco: "Quando os homens deixam de acreditar em Deus, não quer dizer que deixem de acreditar em tudo: eles acreditam em alguma coisa"!...

      No caso do "nosso" Sporting, e se acompanha Leroninamente de há três anos a esta parte, saberá o que quis dizer com esse "sentimento generalizado que inunda a quase totalidade do universo leonino"! E espero também que na solidão da sua consciência, não adopte uma qualquer "religião" apenas porque toma em linha de conta o "ruído" que o envolve.

      Se ainda não leu "O Evangelho segundo Jesus Cristo", recomendo-lho vivamente. Porque serão exactamente os dogmas que travam a evolução da Humanidade. Todos cometemos erros. Indispensável que nenhum seja irreparável!...

      SL

      Eliminar

PUBLICIDADE