quarta-feira, 16 de março de 2016

Apenas uns cagalhões enfeitados trabalhando à jorna!...


A LIGA EM QUE VALE TUDO

«Jorge Jesus faz o que pode e defende o indefensável presidente do Sporting. Por exemplo, sabe que se perder a Liga isso não sucederá por causa dos árbitros, ao contrário do que argumenta, com contas e tudo, Bruno de Carvalho.

Mas Jorge Jesus não mente quando, de forma explícita, afirma que "do outro lado" (o Benfica) existe uma poderosa máquina de comunicação e que ele sabe do que está a falar porque viveu dentro dela seis anos. A existência de uma poderosa máquina de comunicação é hoje uma arma legítima que qualquer organização possui. A questão que se coloca sempre é onde termina a fronteira do 'spin' e onde começa o jogo sujo, verdadeiramente sujo.

Claro que o Sporting não tem a mesma máquina de comunicação, mas afinou muito o discurso. Fez o que tinha de fazer e, se não fez melhor, é porque tem um líder autocrático pouco dado a ouvir conselhos.

Por exemplo, Augusto Inácio leva a lição bem estudada quando se senta na sua cadeira da SIC ao domingo à noite. Nos dias seguintes, como se viu, paga o preço com assuntos da sua vida privada, como - não sei sequer se é o caso - dever ao Fisco e estar a regularizar a situação, como se tal o desqualificasse para dizer o que disse.

Bruno de Carvalho é um caso à parte. Porque podendo falar, e fazendo-o de forma incisiva nos momentos certos, desgasta-se e fala a toda a hora. Nas redacções, espera-se o post do dia no Facebook. É ridículo e o ridículo mata! Pode até vir, umas vezes vem e outras não, carregado de razão, mas é um desgaste a que o presidente do Sporting não se pode submeter e, que diabo!, alguém já lhe terá dito.

Sucede que BdC, todo-poderoso, sabe sempre o que fazer e não aceita que ninguém saiba mais do que ele, ninguém tenha uma missão mais nobre: a de regenerar o futebol português.

Luís Filipe Vieira, sorrateiro, tem a máquina a funcionar. E, ao contrário do que ele e os seus próximos fazem agora constar, tem também a equipa a funcionar. Vieira acreditava neste caminho e precisava de o percorrer por razões financeiras, chegou a estar muito preocupado e preparou-se para um ano em branco. Agora acredita que pode chegar ao tri e, se não chegar, o discurso antieuforia está feito o número de vezes suficiente para que ninguém o acuse de cantar vitória. Está com sorte.

Com os presidentes castigados teremos um clima de acalmia? Pelo contrário. Luís Filipe Vieira continuará a falar por interpostas pessoas, incluindo incendiários como Rui Gomes da Silva ou Pedro Guerra, Bruno de Carvalho seguirá idêntica estratégia e arranjará forma de, ele próprio, lançar os seus dardos.

Chegou o tempo do tudo ou nada e sabemos todos, desde a primeira hora, que esta era a Liga em que valeria tudo. Tem sido.
(Nuno Santos, Ângulo Inverso, in Record)

Há jornalistas que não precisam de se colocar em bicos de pés para que a atenção dos leitores recaia sobre os seus textos. E muito menos precisam de "mandar às urtigas" os seus afectos, nem os camuflam com subserviências estúpidas ou "ódios de estimação" espúrios.

Pensam o que dizem ou escrevem e depois, dizem ou escrevem o que pensam, sem cuidar de colocar pontos ou parágrafos no seu discurso. Assumem a sua responsabilidade e deixam aos seus alvos o julgamento: quem gosta relê ou ouve e aplaude, quem não gosta que vá vender "chuchas" para a porta da maternidade!...

Os outros escribas?! Não são jornalistas!!!... 

Apenas uns cagalhões enfeitados trabalhando à jorna!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. O futebol joga-se e ganha-se dentro do campo,tudo o resto e folclore.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é que era bom! que o diga o teu clube e o teu presidente que teve a ousadia de um dia afirmar que era bem melhor ter as pessoas certas, nos lugares decisivos, do que investir em jogadores. ZERO PENALTIS, ZERO EXPULSÕES, ZERO AMOSTRAGEM DE DUPLOS AMARELOS. Não te faças de Inês, oh caramelo!

      Eliminar
    2. O Platini,Blatter,Pinto da Costa e LFV dizem o mesmo..
      SL

      Eliminar
  2. Este texto do Nuno Santos e o respectivo comentário do Álamo são do melhor que tenho lido ultimamente sobre o meu SCP e o do lado de lá.

    ResponderEliminar
  3. "...É ridículo e o ridículo mata!..."

    Isto, afirma-o Nuno Santos...
    "Enganou-se"...pois se o ridiculo matasse...há muito que não o leríamos...!

    "...Luís Filipe Vieira, sorrateiro, tem a máquina a funcionar. ..."
    Oh Nuno nem era necessa´rio que o dissesses...mas haverá alguém que o não saiba...?

    Só se for o "RedAtheist"...pois ao que parece na "sua inocencia"..ainda "acredita em bruxas..."...!

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE