quarta-feira, 23 de março de 2016

De nada valem vitórias efémeras, ante todos os afectos que deixámos pelo caminho para as conseguir!...



Apenas aqueles a quem a roda da vida "obrigou" a abraçarem carreiras profissionais pródigas em lhes determinarem sentimentos de culpa próximos aos que Joaquim Lucas Duro de Jesus (Quinito), emocionadamente, deixou transparecer nesta sua curta aparição perante o mundo do futebol, podem compreender o seu desabafo.

De nada valem vitórias efémeras, ante todos os afectos que deixámos pelo caminho para as conseguir!...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. Compreendo perfeitamente o desabafo/desgosto do Quinito...
    Comigo aconteceu algo parecido...tive uma profissão que me exigia muito tempo (mesmo para além do horário normal...e não fiquem a pensar que o fazia por dinheiro, porque o Estado não pagava horas extraordinárias...apenas o serviço tinha que ser feito ...) e foi a minha esposa que fez "a maior parte do trabalho" com os filhos, embora eu nunca deixasse de lhes dar um beijo mesmo quando já dormiam...apesar de tudo um pouco diferente do Quinito...

    Tive sempre muito pouco tempo para "dar à minha" esposa e quando finalmente me aposentei, "dei comigo a pensar"...agora que ainda somos relativamente novos (ela ia fazer 54 e eu tinha 55), fico finalmente com tempo para lhe dar e tentar "pagar"o tempo que lhe não tinha podido dar em tempo oportuno...
    De repente aconteceu o inesperado e no ano seguinte acompanhei-a na sua última viagem, sem ter tido tempo de lhe dar o tempo que merecia"...
    Dos filhos, dois já estavm casados e apenas a mais nova continuava em casa...
    Por isso não me canso de dizer...: proveitem todo o tempo que puderem hoje...porque amanhã ninguém sabe o que poderá acontecer...

    A minha solidariedade ao Quinito...

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha solidariedade para com o estimado amigo Max! Como eu o comprrendo e como desejaria dar-lhe um grande abraço. Vai uma palavra de coragem: é preciso continuarmos o caminho e sempre será melhor fazê-lo de cabeça levantada e convictos de que tentámos fazer o melhor!...

      SL

      Eliminar
    2. Obrigado meu amigo e ..."é como se recebesse verdadeiramente esse abraço"...


      Abr e SL

      Eliminar
  2. Aqui deixo tb a minha solidariedade ao Quinito e ao amigo Max, pelos momentos difíceis que viveram, mas a vida é mesmo assim, alegrias e tristezas fazem parte do quotidiano de cada um, a verdade é que por vezes dedicámos mais tempo a conseguir bens materiais, em detrimento dos entes queridos, que foi o caso do Quinito, mas a vida tem de continuar. Mta força para o Quinito e para o amigo Max.

    SL

    ResponderEliminar
  3. São tantas as vertentes que a Vida tem e é tamanha a correria em que todos andamos, que as palavras de Quinito são como ganchos a puxar-nos para a dura realidade da crosta terreste... Quinito na sua realidade crua e cruel, sem filtros, é um arauto da efemeridade em que nos encontramos.
    Uma boa Páscoa amigo Álamo!
    SL
    Basco "O Leão"

    ResponderEliminar
  4. Obrigado amiga Leoa Maria pela solidariedade...
    Normalmente "aprendemos com a vida"...só que essa aprendizagem "chega muitas vezes atrasada" para dela podermos usufruir...
    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE