segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Quanto melhor conheceres o adversário, mais fácil é vencê-lo!...


Olympiakos: um inferno vertiginoso, com defeitos de base

A análise ao primeiro adversário do Sporting na Liga dos Campeões

«Depois de seis anos de aposta ibérica para liderar o plantel (excepção feita aos interinos), com treinadores como Victor Sánchez, Paulo Bento, Marco Silva, Michel, Vítor Pereira, Leonardo Jardim e Ernesto Valverde, Vaggelis Marinakis mudou o paradigma e apostou em Besnik Hasi para liderar o campeão grego em 2017/18.

O presidente do clube contratou o albanês com passado na Bélgica, com cinco anos como treinador adjunto do Anderlecht e mais três como principal, e que na última época teve uma aventura negativa no Legia. Hasi começou a temporada, mas curiosamente quando ia jogar com o Sporting para a Liga dos Campeões em Setembro acabou despedido.

Agora, surpreendentemente, lidera uma equipa hegemónica na Grécia e para já tudo corre bem. Sete jogos, cinco vitórias e dois empates, um deles frente ao Partizan e que carimbou o apuramento na 3ª pré-eliminatória da Champions...»
(Luís Castro Martins, in MaisFutebol)

Um trabalho muito interessante para alimentar a curiosidade dos sportinguistas acerca do próximo adversário na Liga dos Campeões...

Quanto melhor conheceres o adversário, mais fácil é vencê-lo!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Já dizia Sun Tzu se conheceres o adversário (inimigo) e a ti próprio a vitória está garantida. Bom no futebol nada há de garantido mas fica a citação.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE