terça-feira, 6 de dezembro de 2016

A Justiça pode tardar, mas acabará por chegar!...



BENFICA PERDE ACÇÃO JUDICIAL CONTRA BRUNO DE CARVALHO
Tribunal Arbitral do Desporto arquiva queixa relativa ao caso dos vouchers


«O Tribunal Arbitral do Desporto já se pronunciou sobre as críticas de Bruno de Carvalho ao Benfica no chamado caso dos vouchers. E decidiu favoravelmente ao presidente do clube de Alvalade, mandando arquivar a queixa dos encarnados que pretendiam ver o líder do Sporting punido por lesão da honra e reputação.

No acórdão, a que Record teve acesso, pode ler-se que "não houve ilícito disciplinar" por parte de Bruno de Carvalho: "Tem o direito à crítica, ao abrigo da liberdade de expressão, não tendo ultrapassado os limites, tratando-se de pessoas públicas." No mesmo documento, fala-se ainda de um estilo muito próprio do presidente do Sporting, mas fica bem claro que "não visou colocar em causa a honra e a reputação do Benfica".

O processo inicial foi aberto há pouco mais de um ano, após uma entrevista de Bruno de Carvalho à TVI24. Na altura, a Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga separou-a em duas partes: por um lado a questão dos vouchers em si mesma; por outro lado a questão das críticas. Ambas foram arquivadas pelo Conselho de Disciplina da FPF.

Nem Benfica nem Sporting concordaram com a decisão tomada pelo CD e ambos recorreram para o TAD. A resposta à queixa das águias levou à abertura do processo número 13/2016 e foi agora arquivada. A dos leões, que deu entrada no mesmo dia com o número 12/2016 mantém-se à espera de decisão.»
(in Record, hoje às 12:49)

As manobras de diversão tentadas pelos dirigentes do clube do outro lado da rua, seja junto do CD da FPF, seja junto do TAD, sofreram um violento revés logo no primeiro "assalto": deu em "águas de bacalhau" a sua espúria pretensão de ver punido por "lesão da honra e reputação" o líder do Sporting.

Tornava-se óbvio que jamais teria havido qualquer intenção de "lesar a honra e reputação do Benfica", bem acima de eventuais "desonra e má fama" patenteadas pelos seus actuais dirigentes.

Agora o TAD irá debruçar-se com outro cuidado e atenção sobre o verdadeiro cerne da questão dos "vouchers"...

A Justiça pode tardar, mas acabará por chegar!...

Leoninamente,
Até sempre, Sporting Sempre!...

5 comentários:

  1. "lesar a honra e reputação do Benfica"

    Como é que podia ser culpado por algo que não fez? O BdC limitou-se a apresentar factos (que primeiro foram desmentidos e 1 semana depois foram dados como corretos pelas mesmas pessoas) e perguntou se aquilo era permitido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perguntou e bem, "se aquilo era permitido"! Porém, nem a FPF, nem a LPFP, nem a APAF e muito menos o MP e a PGR, até agora ousaram ter a coragem de chamar a tais actos, o nome que todos sabemos ter: CORRUPÇÃO!...

      Veremos agora em que termos o TAD se pronunciará: uma bombita de Carnaval ou... UMA BOMBA ATÓMICA?!...

      Eliminar
  2. Amigo Álamo, este era o único desfecho possível, uma vez que BdC não lesou a honra de ninguém, apenas denunciou abordando, a questão da sua legalidade, agora resta esperar que o TAD faça o seu trabalho no caso dos "vouchers", mas será que terá a coragem que faltou às outras entidades? Duvido muito...

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu amiga Leoa Maria, também eu! Às vezes esqueço-me do país em que vivemos...

      De qualquer forma, como a esperança é a última a morrer, cá vamos vivendo, iludidos, à espera de um mundo melhor!...

      Abraço e SL

      Eliminar
  3. A Leoa Maria escreveu bem, "este era o unico desfecho possível". Logo, não só não é de espantar como nem é caso para celebrar. Trata-se de um simples caso de Elementar Justiça. Como 2+2=4. Um daqueles casos em que negar a igualdade matemática é tão flagrante, tão idiótico, que ninguém se atreve.

    Vamos ver com os "vouchers". Garanto que 2+2 não vai ser igual a 4. GARANTO. Qualquer pessoa que acredite que sim, que vai, que tarda mas vai...engana-se. Não tenho o Álamo por ingénuo, por isso decidi agarrar-me à interpretação do que escreveu como pura ironia.

    Vejamos o que se passa noutro sitio...Um miudo do Sporting publica um tweet a retratar um desejo pessoal. Logo os lampiões pseudo-jornalistas do Record/Rascord saltaram em cima do miudo e fizeram-lhe uma perseguição, ainda por cima DESONESTA (o miudo apaga o tweet; o pseudo-jornalista deliberadamente não faz o update da pagina para poder dizer que ainda via o tweet do nosso miudo). Os obreiros de mais um comportamento nojento do Record/Rascord são, claro: Flávio Miguel Silva, José Morgado e João Oliveira. Reincidentes, ou alguém duvida?

    Caros, não há qualquer diferença entre benfiquistas e lampiões, pois todos (e conheço tantos...) são do pior que este país tem. Na melhor das hipóteses temos "apreciadores" do slB, que gostam desse clube mas não mentem/insinuam/ofendem por ele. E antes que alguém refira que também há "sportinguenses" (como alguns comentadores dizem), eu recordo que NÃO HÁ tais adeptos entre nós pois os verdadeiros adeptos leoninos não são extremistas crónicos. Os extremistas de verde são uma minoria e todos os sabemos. Ao invés, a massa adepta do clube da luz encarnada é composta, na sua maioria, por gente de baixa educação e cultura pobre e propensa a violência - atente-se, como prova ÓBVIA, nos desacatos que causam um pouco por todo o lado; ou como se pode no tipo de jornalismo-lixo que fazem; ou ainda no comportamento injurioso em radios e televisões de muitos intervenientes de cor encarnada.

    E parte dessa gentalha faz parte do aparelho governativo português, e acima de tudo, poluem a Justiça Portuguesa. Conheço e sei de alguns Juizes (sim, magistrados), sei como pensam (parecem saídos de um episódio do Star Trek TNG dedicado aos Borg) e o que fariam caso lhes passasse pelas mãos algo que tocasse remotamente o nome do slB.

    Se houvesse Justiça...o Correio da Manhã há muito estaria impossibilitado de dar notícias sobre o Cristiano Ronaldo, depois da perseguição ignóbil que lhe moveram/movem (por favor, leiam o que jornalistas espanhois descobriram sobre os processos que CR7 moveu a CM/CMTV).

    Se houvesse Justiça...o slB já teria descido para a Segunda Divisão em 2015/2016. Em vez disso, amparado pelo guarda-chuva protector da corrupção, foi "campeão".

    Não se deve recorrer à violência (fisica ou verbal). Não se deve acicatar ânimos nem fúrias. Não há desculpa alguma para tal.

    Devíamos, isso sim, esperar que a Justiça fizesse o seu trabalho para "corrigir o Errado". Infelizmente, em Portugal, essa esperança é Vã.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE