segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

"A ideia que deverá ser transmitida a quem está lá dentro"!...


"É uma fase complicada que nos deixa tristes. Foi um fim-de-semana muito mau em termos desportivos, não só com a derrota no futebol, como no andebol e no hóquei em patins. Tudo isto leva a que os objectivos de conquista de títulos possam ficar um bocadinho comprometidos. Mas o momento tem de ser cada vez mais de união para que as pessoas possam transmitir, para quem está dentro, essa ideia de que continuamos com a equipa para que possam conquistar esses tão almejados troféus."
(João Benedito, à Antena 1, in Record)

Entendo que João Benedito faz bem em separar as águas, em não tomar a nuvem por Juno e ao apontar corajosamente o caminho da união aos adeptos sportinguistas.

Mas julgo que a sua mensagem terá pretendido ser bem mais profunda, ao vincar expressamente...

"A ideia que deverá ser transmitida a quem está lá dentro"!...

Leoninamente,
Até à próxima

12 comentários:

  1. Então já viraste a casaca?

    Defendias tudo o que era feito pelo BdC e agora já inclinaste o discurso!

    São gente como tu, que na ânsia (eu também a tinha) de ver os croquetes fora do Sporting, já estavam desde os tempos do PPC (outra bela peça!) a preparar o assalto ao poder e pôr lá quem mais berrasse, fiando-se apenas no "verniz das unhas" que apresentava, sem verdadeiramente saber o passado do rapazola!E também sem notarem a tentativa da sua vigarice ao Sporting com o caso SPORTING CENTENÁRIO!

    Tem se visto agora no que deu essa vossa estratégia. Os brunistas que tanto acusaram os apoiantes dos croquetes de serem eles os responsáveis, o que é que pensarão agora da responsabilidade da carneirada, como lhe chamou o BdC, sobre a crise que atravessa o Sporting?

    Não me digas que é das falta dos outros, porque ele prometeu tudo resolver; falta de liquidez, investidores e uma equipa campeã ao fim de 2 anos de gerência, para além doutras coisas!





    Mas que grande grupo de tachistas têm estado à frente do Sporting!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com as calças do "pai anónimo", o "anónimo das 14:45" parece um homem!...
      Fica registado o seu ID...

      Eliminar
    2. Ah!Ah!Ah!Ah!Ah!

      E o que é que vais fazer com o meu ID?

      Vais comunicá-lo à assessoria do Badocha? Trabalharás para ele? Serás também seu assalariado?

      Fazes-me ficar cheio de dúvidas!

      Peço-te que não me faças mais rir!O momento é demasiado grave.

      E tu não sequer te dás ao trabalho de me responderes! Preferes ameaçar-me, o que revela bem quem és e no estado em que estás! CHEIO DE AZIA, pela sorte que pode estar reservada ao teu querido lipoaspirado Badocha.



      Eliminar
    3. De facto, louvo a paciência do caro Álamo para esta malta. Bando de cobardes, que se esconde sobre o véu do anonimato.
      E acho piada quando anónimo escreve: "São gente como tu, que na ânsia (eu também a tinha)...". Afinal o anónimo também quis lá o Bruno de Carvalho!

      Eliminar
    4. Olha "anónimo das 15:22" o teu ID servirá, naturalmente, para em vez de te chamar "anónimo" poder chamar-te pelo teu verdadeiro nome e, se aquilo que por aqui fores deixando, for passível de acção criminal nas instâncias apropriadas, fazer-te arrepender do teu acto. Percebido?!...

      Eliminar
  2. É deveras deprimente ver o Sporting despido de sportinguismo e limitado à cobardia de quem fala nos outros para que não se fale nos seus próprios erros. Já parecemos os lampiões cegos com o Vieira e que passam a vida a dizer que são roubados quando eles é que usufruem do colinho da APAF. A massa critica (exclusivamente sportinguista, obviamente) faz falta ao Sporting. Carissimo companheiro de luta, Álamo, permita-me que o saúde pela sua defesa ao SPORTING CLUBE ao invés daqueles que defendem o presidente do nosso SPORTING. Obrigado por partilhar o seu sportinguismo puro e vazio de segundas intenções.
    Apesar do mau momento, temos de levantar a cabeça pelo menos até ao final da época. Como se costuma dizer, a seguir à tempestade vem a bonança... vamos acreditar, eu quero acreditar.
    SL

    ResponderEliminar
  3. Ao anónimo (com as calças do pai...a cairem pelo cu abaixo...)
    Foram tomadas de posição dessas, ou parecidas que " quase" afundaram irremediavelmente o Sporting...
    E mais não digo...se não entendeu (pergunte a quem " lhe emprestou as calças"...
    SL

    ResponderEliminar
  4. Está na hora de fazer jus ao pensamento de Maquiavel e deixarmo-nos de canduras... http://www.megacurioso.com.br/literatura/69389-voce-sabia-maquiavel-nunca-disse-os-fins-justificam-os-meios.htm

    ResponderEliminar
  5. Vamos ter calma porque ainda nada está perdido. Esperemos até ás eleições para ver o que acontece no campeonato e logo falaremos na altura devida sobre a continuidade ou não do nosso presidente, o qual eu não aprecio como já deixei bem claro.

    ResponderEliminar
  6. Comento aqui por ser a página inicial. Estou abalado mas não morri por isso. Já li mais de 100 comentários e é-me difícil dizer algo diferente (ou de novo) do que o já li. Não tenho problemas com os meus colegas porque nunca se fala de futebol no meu círculo de amigos. Por acaso assisti com um amigo (espanhol) ao jogo Estoril-Benfica na RTPi e lembro-me de ele ter dito algo como "e é isto que vai ser campeão de Portugal?"
    Vi o jogo contra o Braga em livestream (come de habitudine) com muito má imagem em simultâneo com o Barça-Espanyol com boa imagem e muito melhor futebol. Reconheço vários culpados pela derrota do Sporting e por ordem ascendente de culpabilidade na minha opinião há pelo menos três: o Braga, o árbitro e JJ. Fez-me doer ver o Wilson Eduardo a jogar contra nós e o mesmo poderia dizer se Podence e Iuri pudessem jogar pelas respectivas equipas. E vê-lo(s) substituido(s) por Andrés e Zeegelaars desta vida não pode servir de analgésico.
    Mas o futebol é assim mesmo. Sem assistir ao jogo acompanhei pelos Mismarcadores o "score" no Porto-Chaves e os andrades passaram uns bons 60 minutos à procura do golo. O Sporting teve menos tempo. O Patrício já estará arrependido de não ter visto a bola partir.
    No programa GoloRTP o Paulo Sérgio disse do golo (penalty) do Benfica: panalty indiscutível. Achei piada mas eu vejo muito a RTP e nem me ri.

    ResponderEliminar
  7. Antes mesmo do meu comentário ser (ou não) publicado gostaria de corrigir a palvra "habitudine" que se escreve sem agá já que o agá não se usa em italiano. Sobre BdC só digo que eu falaria menos porque não sei falar como ele. Mas as ideias são muito semelhantes sobre os alvos a abater (a corrupção evidentemente).

    ResponderEliminar
  8. ...na segunda linha falta um "que"! E eu que me tinha prometido reler antes de carregar no "Publicar".

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE