quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

"Cessem as palavras e falem as obras"!...


SPORTING PASSOU TESTE DIFÍCIL EM SETÚBAL


«Era um jogo de tudo ou nada para o Sporting de Jorge Jesus. Na mesma semana afastado da Liga Europa pelo Legia e derrotado na Luz frente ao grande rival, ao leão era vital chegar a Setúbal e mostrar que está vivo e de boa saúde para os objetivos nacionais. Pode questionar-se a saúde, pois tratou-se de uma vitória difícil. Mas também não se podem esperar milagres. Mesmo sofrendo, o Sporting demonstrou personalidade. Não jogou bem, teve várias pedras em sub-rendimento, mas com Gelson, Bas Dost e Rui Patrício o técnico vê-se nos ‘quartos’ sem favores.

O dérbi deixou marcas na equipa leonina. Físicas e psicológicas. As primeiras foram ignoradas por JJ para que se curassem as segundas. E bem. As pernas talvez descansem o suficiente até domingo. Uma eventual eliminação no Bonfim poderia deixar sequelas impossíveis de resolver e colocar também a Liga em risco. Assim, a equipa principal interiorizou que o trabalho compensa. Por isso hoje era vital vencer. Jogando bem ou mal.

O dérbi deixou marcas também no técnico. Não foi à toa que lembrou a influência de Jorge Sousa no jogo da Luz a propósito da exibição de Nuno Almeida. Jesus sabe que tem em Alvalade um trabalho hercúleo. Reerguer o Sporting desportivamente, apesar de todo o esforço financeiro de Bruno de Carvalho, não passa apenas pelo rendimento da equipa. Os leões perderam muito poder nas instituições do futebol e o clube da Luz é claramente mais poderoso, também porque o Porto e Pinto da Costa adormeceram um pouco e viram a capacidade de intervenção muito diminuída com o Apito Dourado. Uma coisa é certa: não será na ‘secretaria’ que o Sporting vai ganhar. Não poderá sequer esperar grandes ajudas vindas daí. Se quiser festejar no final da época, terá de ganhar no campo.»
(Bernardo Ribeiro, Entrada em Campo, in Record)

Perfeitamente de acordo com esta crónica lúcida e frontal de Bernardo Ribeiro. De facto, subscrevendo a sua opinião no que respeita ao jogo de Setúbal, atrever-me-ia a ir um pouco mais longe em termos do futuro que ao Sporting se apresenta, particularmente no papel e na contribuição que o seu presidente lhe poderá acrescentar.

Dito por outras palavras, não me parece que a recuperação que Bruno de Carvalho estará de novo a fazer da famigerada truculência comunicacional que tão maus resultados trouxe ao Clube, se venha a saldar no futuro, no retumbante êxito que julgará estar-lhe subjacente.

Concordando em absoluto com o quadro que BR apresenta em relação à correlação de forças que actualmente se verifica no futebol português, estou em crer e não será seguramente de agora, que a verborreia presidencial leonina apenas concorrerá para nos manter cada vez mais afastados dos grandes centros de decisão e continuará a gerar, quiçá exponencialmente, o ódio generalizado que conseguiu amealhar ao longo de todo o seu mandato.

Não se discutem a justas razões do seu discurso. O que deverá ser discutida será a sua oportunidade e os seus efeitos. Por isso é minha profunda convicção que, nem a proximidade de um acto eleitoral, ganho à partida de goleada, poderá justificar tamanha e disparatada comunicação. O trabalho que o Sporting necessita como de pão para a boca, não passa pela palavra: chama-se influência, que quanto mais silenciosa, mais eficaz se revelará...

"Cessem as palavras e falem as obras"!...

Leoninamente,
Até à próxima  

6 comentários:

  1. Acho, apenas, extraordinário que se fale em influências, poder e capacidade de intervenção e depois se diga que «...Se quiser festejar no final da época, terá de ganhar no campo.» Extraordinário...!!! (e revelador...)

    Eu não quero que o SPORTING tenha influência ou poder... quero apenas que jogue, ganhe e perca se for melhor, pior, tiver mais ou menos sorte..., até com o árbitro (que tem todo o direito de errar, como qualquer homem honesto) Não quero é que a 'secretaria' mande o resultado por decreto...

    Utópico...? Sonhador...? Talvez... sim...!!! Mas se um dia... acontecerem as coisas, que acontecem hoje, há vista de toda a gente, e que acontecem há 35 anos, há vista de toda a gente , mas transvestidas de verde-e-branco..., GARANTO-VOS..., nesse mesmo dia renuncio à minha identidade leonina... Tão simples quanto isto...!!!

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo ZE, permita que lhe sugira para colocar alguma - ou toda! - ironia na frase que cita de BR. Talvez concorde comigo que terá sido essa a intenção!...

      Saudações Leoninas

      Eliminar
    2. Ze...

      Desta vez, BR não errou significativamente. Dou por mim a concordar com muito do que ele escreveu. [E ainda mais com as entrelinhas e o que é perigoso para ele escrever abertamente...]

      O problema é: pode o Sporting chegar ao título no estado actual do futebol português?

      Resposta: NÃO.

      À sua ingénua e perigosa frase "Não quero é que a 'secretaria' mande o resultado por decreto...", eu diria que, se a PJ honrar o compromisso que tem com o Governo e o Povo Portugueses e descobrir o manto de corrupção gerado pelo slB, esse "clube" irá parar à Segunda Divisão (ou Terceira?), e a secretaria irá, finalmente, repôr a JUSTIÇA no futebol português.

      O Sporting está afastado dos centros de poder? SIM.

      Será que alguém, no seu perfeito estado mental, acredita que o Sporting está amparado por um sistema fortíssimo de corrupção a todos os níveis que ombreie com o clube de carnide? Com excepção dos benfiquist(o)s, não conheço um unico Sporting nem Portista que o afirmem, e ninguém alguma vez apresentou o mais pequeno elemento de prova tangível a esse respeito. O Padrinho, o Dono e Senhor do Futebol Português é o clube da "luz". PONTO.

      O BR demonstrou com este texto que SABE que o Sporting não irá conseguir ser campeão - faça o que fizer.

      "Os leões perderam muito poder nas instituições do futebol e o clube da Luz é claramente mais poderoso, também porque o Porto e Pinto da Costa adormeceram um pouco e viram a capacidade de intervenção muito diminuída com o Apito Dourado"

      Frase lapidar. Tudo dito.

      Com melhor jogo, com melhores jogadores, com melhor treinador, o Sporting perdeu o 2º jogo contra a equipa da corrupção. Na Secretaria jamais irá ganhar. Conclusão? É preciso dizer mais...?

      Eliminar
  2. Amigo Álamo, tendo em conta este parágrafo de BR: "Uma coisa é certa: não será na ‘secretaria’ que o Sporting vai ganhar. Não poderá sequer esperar grandes ajudas vindas daí. Se quiser festejar no final da época, terá de ganhar no campo."
    Aqui BR cometeu uma grande "gaffe", é o Sporting que está habituado ou mesmo à espera de ganhar na secretaria? Eu penso que ninguém no Sporting, desde estrutura aos adeptos querem ganhar dessa forma, sejam quais forem as lutas que estejam em causa no nosso clube elas visam únicamente impedir as vitórias na secretaria, logo este parágrafo está fora de contexto.
    Qt ao resto tb concordo com a frontalidade de BR...

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida amiga Leoa Maria, o que seria do mundo se todos nós interpretássemos o que nos rodeia da mesma maneira?! Aquilo que a minha boa amiga interpretou como sendo uma "gaffe" de BR, interpretei eu como sendo a profunda ironia de um jornalista, conhecido pelo seu afecto ao Sporting e que se vê condicionado a respeitar a linha editorial do jornal onde trabalha. Tomara eu que em todo o seu trabalho BR pudesse exibir a mesma ironia que agora entendeu usar.

      Creio que os jornalistas afectos ao Sporting por toda essa comunicação social bajuladora e servil aos interesses dos DDT's, deveriam seguir este caminho, muito semelhante ao que os escritores progressistas antes do 25 de Abril usavam para ludibriar a censura da PIDE/DGS!...

      Não será por acaso que eu penso estarmos a assistir no futebol português ao regresso do "fascismo"! Não será fácil nos dias que correm, a vida de um jornalista afecto ao Sporting!...

      Abraço e SL

      Eliminar
    2. É claro que nós os sportinguistas, jamais queremos "vitórias de Secretaria"...
      A não ser que "na Secretaria se tenham adulterado" as regras...e aí sim...
      Se é justo "emendar erros na Secretaria"...que se emendem...!

      Nós os sportinguistas ainda teremos de "sofrer" muitos dissabores, por causa dessa necessidade de "emendar" situações...na secretaria...

      O benfica beneficia de "um status generalizado" a nível de Instituições... que dá pelo nome de "corrupção"...

      A corrupção "não é coisa que se evite"...com vacinas, como as da gripe...
      A corrupção necessita de "receitas" passadas em Tribunal...seguido de "tratamento nas termas"...de Pinheiro da Cruz, Monsanto ou Vale de Judeus...(para lembrar algumas)...

      Alguns dos "doentes" apenas terão possibilidade de melhoras... através de operações de "locotomia"...
      Há quem tenha o cérebro "tão infectado"...que não vai melhorar...com simples choques...mesmo que "do resultado do tratamento"...
      Haja necessidade de substituir a dentuça...

      Durante muitos anos, as sucessivas direcções do Sporting "tiveram receio" de desmascarar a situação...
      Em tempo, ainda houve um que fez uma tentativa "de desmascarar o sistema"...
      Chamaram-lhe então "velho e chéché"...e outros que se seguiram, "com medo" de que os acusassem de uma coisa semelhante... "desistiram" de defender o Sporting...

      Finalmente apareceu BC ...este não se cala (às vezes até nem seria pior...), "dispara" à esquerda, é à direita...para cima e e para baixo...dispara em todas as direcções...

      A verdade é que ele tem razão (às vezes talvez não a expresse da melhor maneira...)...
      Mas muitos de nós acabamos por achar que deveria ficar calado...mesmo quando como no passado Domingo...
      Assistimos a mais uma situação que em muitos nos prejudicou...

      Deveria calar-se BC...?
      Mas se mesmo falando, nos continuam a prejudicar...
      O que seria...se calasse a sua voz...?

      SL

      Eliminar

PUBLICIDADE