domingo, 8 de novembro de 2015

Não será por isso que descem de divisão!...



Em pouco menos de sete mil metros quadrados - 106 x 65 serão as medidas oficiais do municipal de Arouca - de relva enfezada e ainda convalescente do encharcamento das últimas chuvas, se decidirá amanhã a continuação do Sporting Clube de Portugal na liderança de uma prova que na lista de prioridades do universo leonino e muito particularmente de Jorge Jesus, parece ocupar o primeiro lugar, bem destacada de todas as restantes. 

Este Verão de S. Martinho parece algo compadecido do recente desastre albanês da "criançada descalça" que viajou até às praias do Adriático e terá resolvido a associar-se à festa, amenizando com a evaporação os efeitos da crónica deficiente drenagem do relvado. Assim, se bem que o benefício seja repartido por ambas as equipas, os leões que viajarem até Arouca serão os mais agradecidos, diga-se que merecida e reconhecidamente. Primeiro, porque quase todos eles não terão metido prego nem estopa no "desastre albanês". E depois porque esta ajuda divina poderá concorrer decisivamente para afugentar dos seus ouvidos a "pulga", que se adivinha os terá incomodado forte e incisivamente nestas últimas e escassas 72 horas.

Assim, sem o relvado encharcado, adivinha-se uma entrada leonina. Sob os efeitos do massacrante ruído da "pulga" e com o "sono em dia" por via das decretadas e austeritárias "poupanças", tudo será possível por parte dos leões, excepto aquela proverbial "soneca" a que costumamos assistir "piursos" nos primeiros 45 minutos daqueles jogos que nos têm ficado na memória pelos piores motivos.

É como vejo o jogo de logo à noite em Arouca. A menos que também o Arouca adira à moda e deixe subrepticiamente "esquecidas" no balneário dos árbitros, algumas cópias daquelas "caixinhas" com a camisola do Eusébio e "vouchers" com direito a uma posta arouquense num qualquer dos bons restaurantes da região...

Uma coisa já sabem os arouquenses: não será por isso que descem de divisão!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE