terça-feira, 10 de novembro de 2015

A azia e os "cinco minutos de fama" do Pinho de Arouca!...


Ver apenas um lado da barricada


«Carlos Pinho está indignado com o Sporting. O comportamento do banco, de Octávio, tudo serve para alimentar queixas que, no fundo, se prendem com a dor causada pela derrota já inesperada, infligida pelo golo de Slimani. O líder do Arouca também não consegue engolir o penálti não assinalado por Cosme Machado. Já aí não pode culpar os leões.

Para soar de forma credível, ajudaria Carlos Pinho penitenciar-se pelo comportamento de Lito Vidigal. Não. Prefere vitimizar o treinador. Mal. O que Lito fez foi dos acontecimentos mais graves que se viram em Arouca. Entrou em campo, meteu-se com o jogador do Sporting e potenciou tudo o que depois se veio a verificar. Pior, acabou por não influenciar apenas o jogo de Arouca como o dérbi, pois a reacção do brasileiro afasta-o pelo menos do confronto com o Benfica. É uma pena, mas grandes e pequenos, em Portugal não conseguem ver mais do que um só lado da barricada. Soam mal. E não mudam nada...»
(Bernardo Ribeiro, Entrada em Campo, in Record)


Quer-me parecer que aquilo que o Pinho de Arouca ainda não conseguiu digerir será um "sapo" bem maior que aquele que BR presume. Cá para mim a terrível azia que inundará todo o seu sistema digestivo, não terá nada a ver com o penalti ou qualquer outra incidência do jogo de domingo à noite. O excesso de ácidos gástricos que evidencia será um simples problema... gramatical!...

O grande problema do Pinho de Arouca, poderia eventualmente não existir se lá por casa houvesse um dicionário de língua portuguesa: o "pequenérrimo" presidente do Arouca andará a fazer, desde o fecho do mercado de transferências, uma tremenda confusão entre o significado dos verbos EMPRESTAR e DAR!...

E não me apetece contribuir, dada a sua pequenez, para o aumento dos seus já de si excessivos "cinco minutos de fama"!...

Leoninamente,
Até à próxima

4 comentários:

  1. Pois é Amigo Álamo, "o pequenérrimo pinho do arouca", queria continuar a "mamar" no empréstimo de Luri Medeiros, mas BdC tirou-lhe o pão da boca, daí toda a sua azia contra o Sporting e o seu presidente.....Vergonhoso mesmo foi o comportamento do vidigal a perda do "bónus" foi difícil de digerir ao ponto de ficarem todos loucos de raiva, que continuem e lhes faça bom proveito...Sporting sempre...

    SL

    ResponderEliminar
  2. Só faltou uma referencia à baixeza da criatura, que transformou o seu estádio municipal em estádio opcional, para beneficiar um certo clube.
    Que moral tem para reclamar o que quer que seja?

    S.L

    Miguel

    ResponderEliminar
  3. Com toda a certeza, o Pinho de Arouca foi atingido pelo "nemátodo"...
    Coitado já não diz coisa com coisa...e já nem consegue "sentir" de que lado sopra o vento...!!

    SL

    ResponderEliminar
  4. O sr Pinho é um homem sério, de palavra, isto é, nem se ri, nem é mudo mas, a fazer fé nas declarações de Cássio, é surdo.
    O sr Pinho conseguiu dizer as bacoradas que disse sem se rir e sem gaguejar, ao contrário de Cássio que, embora sem gaguejar, mas rindo-se, lá foi dizendo que o sério sr Pinho não o ouve a pedir-lhe que pague o que deve.
    O sr Pinho também se esqueceu de explicar porque é que o sr Presidente do Sporting é um homem sem palavra.
    A sério, gostava que o (sério) sr Pinho explicasse (sem se rir)

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE