sábado, 31 de maio de 2014

Os deuses e Paulo Bento, à espera das nossas orações !!!...



Paulo Bento será um dos melhores treinadores portugueses a conseguir a quadratura do círculo, a explicar o inexplicável, a justificar o injustificável e a sair sempre com ar de vencedor, nas sucessivas vitórias pírricas a que a sua teimosia, casmurrice e submissão a interesses estranhos, têm conduzido a selecção em que todos nos desejaríamos rever. Hoje, o disco riscado a que há muito nos habituou, voltou a tocar:

1 - Deu a titularidade de início a Eduardo, um dos guarda-redes com pior prestação na I Liga ao longo da época, que só ele saberá porque incluiu nos 23 e na segunda parte, deu um rebuçado de tostão a Beto. A partir de agora, se Rui Patrício não for vítima de qualquer infortúnio, o recreio acabou para ambos!

2 - Deixou no banco ou disfarçou com meia dúzia de minutos de jogo, todos os jogadores que incluiu nos "seus" 23, presos por arames, ou sem tarimba, ou ainda pela necessidade estratégica apontada antes, a saber, Rui Patrício, Cristiano Ronaldo, Pepe, Fábio Coentrão, João Moutinho, Raul Meireles, Ruben Amorim, Rafa e Vieirinha e colocou em campo todos os outros! Literalmente! Em um único jogo de preparação, deixou tudo mais claro e límpido que a àgua: o recreio acabou para todos aqueles que vão ao Brasil porque sim!

3 - Se os alemães tivessem dúvidas sobre o dispositivo táctico com que serão confrontados no primeiro jogo, Paulo Bento hoje tê-los-à elucidado de forma "inteligente e decisiva": 4x4x2 e ponto final! Claro que hão-de agradecer-lhe...

Centrando-nos agora no jogo deste fim de tarde no Jamor,  a equipa portuguesa não foi capaz, particularmente no primeiro tempo, em que testou o tal 4x4x2 com que vamos enfrentar a "Mannschaft", de dinamitar a boa organização defensiva dos helénicos (muito compactos e pouco preocupados em apostar na rapidez do contra-ataque) e falhou rotundamente na criatividade e dinâmica no ataque. Na segunda parte, a qualidade foi caindo até um plano que envergonharia qualquer equipa que ocupasse o lugar no ranking mundial que Portugal ocupa, especialmente depois da entrada  de Ruben Amorim, quando a equipa regressou ao 4x3x3 tradicional.

Em termos individuais, a dupla William/Veloso ainda estará a milhas do entendimento necessário para estancar a avalanche alemã. Precisará de muito mais trabalho, que será fundamental, em virtude dos sobejamente conhecidos actuais problemas físicos de Meireles, cuja solução ninguém se atreverá a antecipar. Nani foi o melhor em campo e oxalá não venha a ser a pedra fundamental nesta selecção, face ao caso difícil que envolverá Cristiano Ronaldo. João Pereira seguiu-o de perto e terá sido também um dos melhores,  Bruno Alves esteve seguro, Ricardo Costa passou por entre os pingos da chuva, Vieirinha no pouco tempo que esteve em jogo teve alguns, poucos, bons apontamentos, Éder revelou pouca entrega ao jogo, Postiga e Hugo Almeida pouco ou nada produziram,  Varela fez um jogo pobre, André Almeida não esteve bem e denotou não ter categoria para nestas andanças e Ruben Amorim e Rafa, entraram mudos e saíram calados.

Os deuses e Paulo Bento, estão à espera das nossas orações!...

Leoninamente,
Até à próxima

4 comentários:

  1. Amigo Álamo, achei o jogo de hoje mto pobre, notou-se, e mto a ausência de CR para conseguir furar a barreira grega...sinceramente desejo-lhe as melhoras rápidas, assim como aos outros lesionados......

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Maria, o Paulo Bento ainda deseja mais !...

      SL

      Eliminar
  2. O jogo de hoje, que acompanhei com o distanciamento normal de quem, desde o equipamento, a canção de apoio, a convocatória, o seleccionador, etc, etc, não concorda com nada nesta fpf dos interesses do jorgito (fruta) mendes, foi tão só a confirmação que isto pode ser uma reedição do mundial de 2002... Não sei porquê isto tá-me a cheirar a Corei do sul... E é um cheiro tão forte que até a coincidência de termos os USA no grupo pode confirmar o descalabro...

    Mais, o Burro do paulo bento cada vez tá mais jumento… Nem uma jogada ou um lance de bola parada estudado, nada… Até tive pena do William neste jogo, falhou alguns passes na 1ª parte, e pode-se mesmo dizer que qualquer jogador que não faça parte do núcleo duro dos amiguinhos do mendes pode mesmo desaprender de jogar tão bem como sabe… Gostei muito de ver que o Almeida (duas na boca e três na peida), o Amorim, o Vieirinha, o Varela, o Postiga e o Hugo Almeida continuam a jogar como sempre… MAL!!! O Guarda Redes Beto teve uma saida onde o melhor adjectivo para o classificar é ANHUCA!!!

    Enfim, uma despedida do país triste, como triste foi o recurso a um ‘speaker’ para que o público apoiasse a miséria franciscana que lhes serviram. Um EQUIPAMENTO ASQUEROSO. Não me acredito nos números da fpf, 33500 espectadores?!? Menos 10 mil talvez… Tudo muito triste, como tristes são estes medíocres que, infelizmente, andam a mamar na fpf… NOJENTO …

    Um treinador que revela, tal como o fez no SCP, que não cria empatia com os adeptos, que não sabe por uma equipa a praticar futebol de alto nivel. O estilo de jogo deste asno é mais ou menos como foi no tempo do “liedson resolve”, ou seja, pontapé para a frente e fé em Ronaldo, ou Nani… Um incapaz que vai guiar esta selecção em 3 jogos por terras de Vera Cruz...

    ResponderEliminar
  3. Como estiveram Cascais, com tantos lesionados, até pensei que estavam no Hospital de Alcoitão. Álamo, eu sofria tanto com a selecção como com o nosso clube, mas face às injustiças na convocação que foram vítimas alguns bons jogadores e sem estarem lesionados, que eu nem estou mais aí (como dizem os brasileiros). Oxalá que o Fábio recupere e não se lesione, ainda ontem vimos o seu substituto (eu não tenho nada contra o rapaz) mas por amor da Santa. O Antunes, o Bébe, o Danny, o Adrien, o Cédric, o Quaresma. Esta claramente não é a minha selecção, nem a de muitos portugueses.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE