sábado, 2 de novembro de 2019

Na primeira qualquer cai!...


É bem verdade que será apenas uma capa e todos os sportinguistas aprenderam há muito a relativizar este expediente de que se valem todos os jornais desportivos sem excepção, para vender papel! Mas, porém, todavia, contudo...

Não costuma haver fumo sem fogo! E a caminho de completar 25 anos e perante outro iminente, desanimador, quiçá marcante fracasso no estrangeiro, o que será que Francisco Geraldes estará a pensar vir fazer para Alvalade?! E, mais preocupante ainda, de que será que os responsáveis leoninos estarão à espera, ao aceitarem a antecipação do fim de um empréstimo que apenas deveria terminar em final de Junho próximo?! De algum milagre que seja capaz de fazer Geraldes produzir o que voltou a não produzir na Grécia e já não havia produzido nem na Alemanha, nem antes, nem depois em Alvalade?!...

Ainda não se dissiparam os ecos das sérias e merecidas críticas por parte de todo o universo leonino no que à intervenção da estrutura leonina no mercado de Verão respeitava e já esta se prepara para voltar a repetir erros de gabarito semelhante?! Vamos ser obrigados a suportar de novo os riscos e as más decisões que experimentámos em Agosto?! Quando é que a estrutura do nosso futebol adquire a consciência dos erros cometidos e aproveita esta abertura de Janeiro para tentar remediar e promover a cicatrização de algumas das 'feridas' que então deixou abertas?!...

Na primeira qualquer cai!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. Mais um que na boca de muitos era craque,só para tentarem destabilizar a direção, mas que a realidade demonstra o contrário. É um jogador banal sem condições de momento para fazer parte do plantel do Sporting.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso exactamente o mesmo: uma eterna promessa adiada, cuja carreira deverá passar por sucessivos empréstimos, até ao empréstimo final...

      Eliminar
  2. Não se percebe a sucessão de empréstimos, todos mal sucedidos. Se vier para ficar, que o ponham a jogar, ou então que lhe cessem o contrato, paguem-lhe o que for de pagar e deixem-no ir à vida dele. Poupa-se dinheiro e tempo.

    ResponderEliminar
  3. Quando os erros se repetem a culpa deixa de ser só da estrutura. Passa a ser da liderança.Para infelicidade do nosso clube e da sua grandiosa massa adepta.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE