terça-feira, 19 de novembro de 2019

A Justiça é sensível!...


Ao que se sabe, entre as múltiplas e numerosas incidências verificadas ao longo da primeira das sessões do julgamento do caso de Alcochete, que finalmente arrancou nesta segunda-feira no Tribunal de Monsanto, o advogado do ex-presidente do Sporting, Miguel Fonseca, terá pedido que o julgamento se realizasse sem a presença do seu cliente, acusado de 97 crimes, entre os quais o de terrorismo, tendo em conta alegadas dificuldades de meios de transporte para se deslocar ao tribunal e bem assim incompatibilidade flagrante com a sua actual actividade profissional - comentador desportivo, que lhe ocupará quatro horas por dia, duas de manhã e duas à tarde! -, para além de um também alegado "depauperamento" provocado por todo este processo.

A fazer fé naquilo que foi reportado pelos media, a juíza que conduz o julgamento ter-se-à mostrado sensível aos argumentos apresentados pela defesa e o arguido só terá de se apresentar, sempre e apenas, quando para tal for solicitado.

A vida está difícil, mas...

A Justiça é sensível!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Tendo em conta a dificuldade que sempre revelou em manter a boquinha fechada, diria que terá sido uma manobra acertada.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE