sexta-feira, 22 de novembro de 2019

À mulher de César, não lhe basta ser séria!...


Leonardo Ruiz, avançado colombiano, 23 anos, 185cm/65kg, chegou a Portugal no início da época 2014/15 para jogar, na condição de emprestado pelo Atlético Nacional de Medellin, clube onde fez a maior parte da sua formação, no FC Porto. Foi campeão nacional de juniores nessa primeira época, contribuindo com 29 golos e na segunda época campeão da II Liga, pelo FC Porto B, assinando nove golos. Transferiu-se então nessa temporada de 2016/17, em definitivo, para Alvalade, onde pela equipa B marcou 12 golos.

Emprestado em 2017/18 ao Boavista, onde alinhou em 21 partidas e marcou apenas um golo. Na época passada, depois de fazer apenas um jogo pelos Sub23 do Sporting em que marcou três golos, foi de novo cedido por empréstimo ao Zorya, da Ucrânia, onde não marcou nos 10 jogos realizados para, na presente temporada, voltar a ser cedido, desta vez ao Varzim, onde disputou até agora nove jogos e marcou oito golos, sendo um dos melhores marcadores da II Liga, com seis golos, marcando um golo em cada um dos últimos três jogos...

Em recente entrevista à Renascença, Leonardo Ruiz assume que quando Dost saiu pensava ter a oportunidade que há tanto tempo procura no plantel principal do Sporting:

"Claro que estava à espera de ser chamado. Trabalhei sempre para ter a minha oportunidade na equipa principal. Marquei muitos golos na equipa B, fiquei feliz por isso, mas agora estou concentrado no Varzim, a fazer os meus golos e à procura de ter a minha oportunidade. Sei que ela vai chegar...
Estou concentrado no Varzim, mas se o Sporting me quiser agora de volta, claro que gostava de regressar, porque todos querem estar num clube desta dimensão. Espero ter a minha oportunidade, o mais rápido possível...
Tenho confiança e aqui (pela mão do treinador Paulo Alves) tive a sequência de jogos (e a ajuda) de que precisava. Há coisas que eu aprendo com ele, porque sou novo e ele tem muita experiência..."

Que mal tão terrível terá feito Leonardo Ruiz - e já agora Pedro Mendes! -, às sucessivas "estruturas" do Sporting e muito em especial a esta última, para que, ao longo de repetidas épocas, não lhes ter sido concedida "uma única oportunidade"?! Nem quando o plantel, com a saída de Bas Dost, ficou reduzido apenas a Luiz Phellype?! Ninguém entre os adeptos sportinguistas acreditará em bruxas, "pero que las hay, las hay"!...

À mulher de César, não lhe basta ser séria!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Não acredito que seja o CD a fazer as selecções - será a equipa técnica, incluindo directores? Se assim for, fica mais perceptível porque falhamos tanto nas contratações e porque se decidiu, conforme se decidiu, os casos do Matheus Pereira, Demiral, Domingos Duarte...

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE