sábado, 7 de abril de 2018

Pode ser que lá para Maio de 2019 "Today" possa voltar aqui!...




Hoje, enquanto as flores permanecem na videira
Provarei os teus morangos,  beberei teu vinho doce.
Um milhão de amanhãs passarão
Antes que eu esqueça toda a alegria, hoje

Serei um janota ou então vagabundo
Saberás quem eu sou pelas músicas que eu canto
Partilharei tua mesa e os teus luxos
Quem se importa com o que o amanhã trará

Hoje, enquanto as flores permanecem na videira
Provarei os teus morangos,  beberei teu vinho doce.
Um milhão de amanhãs passarão
Antes que eu esqueça toda a alegria, hoje

Eu não posso estar contente com a glória de ontem
Não posso viver de Inverno com  promessas de Primavera
Hoje é o meu momento, agora é a minha história
Então hei-de rir, e gritar, e cantar

Hoje, enquanto as flores permanecem na videira
Provarei os teus morangos,  beberei teu vinho doce.
Um milhão de amanhãs passarão
Antes que eu esqueça toda a alegria, hoje

Hoje, enquanto as flores permanecem na videira
Provarei os teus morangos,  beberei teu vinho doce.
Um milhão de amanhãs passarão
Antes que eu esqueça toda a alegria, hoje.


Acho que não mereço partir para mais uma temporada sem a suprema alegria de colocar no gira-discos esta canção adiada já vai para 16 anos. Muito menos ainda o meu caríssimo amigo Aboim Serodio, que ma deu a conhecer há anos e é o responsável por esta minha fixação...

Então nesta hora de estupefacta amargura, por aqui fica ela, apenas para regalar os ouvidos, já que o coração, esse está triste. Muito triste...

Pode ser que lá para Maio de 2019 "Today" possa voltar aqui!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE