sábado, 18 de fevereiro de 2017

Pôrra, estamos no Inverno e não é hora de dar água aos pintos!...


« ... Uma vez, fui sair à noite, fui a um bar e houve uma rapariga muito engraçada que me chamou a atenção. Meti conversa, sentei-me a uma mesa com ela e estivemos a brincar e a beber uns copos até às quatro, cinco da manhã. Rimo-nos, divertimo-nos, foi um fartote. Às cinco da manhã, chega uma outra pessoa, um homem, que invade o nosso espaço, agarra a minha amiga pelo braço, leva-a para a casa de banho e estiveram a fazer amor. Quando saem, vão os dois embora. Moral da história: pouco interessa o que se passou, porque nessa noite, eu tive muito mais posse de bola. E esta é, basicamente, a minha ideia. Esta história não é minha. Quem o disse foi o Sampaoli, que na altura era seleccionador do Chile, e disse-o depois de ter perdido por 3-0 um jogo em que teve 70 por cento de posse de bola. É exactamente o que eu penso. A posse de bola, neste momento, e concretamente nos clubes grandes, que é do que estamos aqui a falar, exacerba tudo à sua volta...»
(Jorge Simão, in jornal O Jogo)


Confesso que quando Jorge Simão acabou de contar a "velha história" de Jorge Sampaoli, a terei entendido como uma irónica bicada ao Thomas Tuchel, que terá sido surpreendido pela volúvel "garota de bar" que acabou por ir dormir com o Rui Vitória. Porém, logo a seguir chegou a "moral da história" e acabei por perceber que o que ele teria na ideia seria dar-se a entender disposto a vingar o "toureado" treinador alemão, pese embora e em última análise, pretendesse tão só, sacudir aos pingos da chuva de resultados que ultimamente lhe têm encharcado o capote e emudecido a jactância, ao mesmo tempo que - e isso só os deuses saberão! -, foi deixando já preparado o terreno para as delícias da sua costela. Só não saberei muito bem se o Salvador terá gostado do discurso, mas isso já não serão contas do meu rosário!... 

Mas conhecida a curiosa história do ex-seleccionador chileno, inevitavelmente se me colocou a questão sobre quantas "garotas de bar" já não terão "enganado" Jorge Jesus ao longo da sua bem extensa carreira?! E se, para desgraça e decepção nossa, nos resumirmos às épocas que leva de leão ao peito?! E será que o incorrigível JJ voltará logo à noite "a brincar e a beber uns copos", com a "mesma garota de bar", para depois ser o Castro a ir dormir com ela?!...

Pôrra, estamos no Inverno e não é hora de dar água aos pintos!...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. Boa reflexão sobre o que poderá acontecer hoje. A sorte do Jesus é que o Rio Aves vai querer tanto a bola como o Sporting.

    ResponderEliminar
  2. ahahahahahah, finalmente um pouco de humor sábio, ehehehe

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE