domingo, 14 de dezembro de 2014

E estamos quase, quase no Natal !...



Uma primeira parte miserável de ineficácia por parte do Sporting! Em termos ofensivos, antes de cumpridos os primeiros 30 minutos, três golos cantados já haviam sido desperdiçados: Adrien aos 5 minutos, Montero aos 11 e Carrillo aos 26, fizeram o mais difícil, que era colocar a bola fora da baliza. Em termos defensivos, aos 35 minutos, os "cabeças no ar" dos centrais leoninos, estenderam a passadeira vermelha, para que Cardozo pudesse bater um Patrício desamparado! 

O resto, foi um futebol aos repelões e de sucessivas perdas de bola por parte dos leões, que fizeram por justificar os ténues assobios que se ouviram nas bancadas, quando Jorge Ferreira apitou para o intervalo.

Para a segunda parte, Marco Silva pareceu transmitir a ideia de estar satisfeito com a produção da equipa e nada modificou ao intervalo: Mané continuou ausente e desastrado, sem conseguir acrescentar um único lance positivo ao zero da primeira parte, William continuou a falhar intercepções e passes sucessivos, Adrien foi repetindo as falhas de posicionamento, a falta de rigor e a displicência que vinha exibindo, Jonathan continuou a não ser capaz de efectuar um único cruzamento, sem que a bola deixasse de beijar a relva, para desespero de Slimani, que ia levantando os braços, lá longe no meio da área e Miguel Lopes, perdido o fulgor de ínício foi percorrendo a via sacra de erros e más opções.

Só aos 65 minutos, sairam Mané e Adrien para as entradas de Capel e João Mário, mas a desorganização e o péssimo futebol não sofreram a mais pequena alteração, Aos 77 minutos, em desespero, Marco Silva trocou Jonathan por Tanaka sem que nada tenha resultado para além dos riscos que a equipa passou a correr,

Até que já em período de compensação e a caminho do segundo dos 4 minutos de compensação concedidos por Jorge Ferreira, Montero, sem  saber muito bem como, viu surgir à sua frente uma bola perdida no interior da pequena área, vinda de sucessivos ressaltos ou intervenção divina e lá a enviou para a baliza, não sem que antes tenha tabelado no guarda-redes e sabe-se lá mais em quem...

E lá voaram mais dois pontos, autêntico tiro nos pés, a culminar a pior exibição da época. Hoje terão vindo à superfície, todos os defeitos e lacunas da equipa: a verdura do treinador, a falta de talento e categoria de uns quantos, o míserável estado de forma de outros e o confrangedor estágio mental que todos eles atravessam. Nani desde o início da época e Carrillo nos últimos jogos, foram disfarçando o óbvio, até que a realidade parece começar a desabar sobre os adeptos: haverá um longo caminho a percorrer até  que o Sporting tenha uma equipa à medida da nossa ambição e adivinham-se grandes dificuldades no apuramento para a Liga Europa, quanto mais sonhar com objectivos mais altos!...

E estamos quase, quase no Natal !...

Leoninamente,
Até á próxima

6 comentários:

  1. O Nani faz falta. E o Capel no banco não é opção. Está na hora de arrumar a casa. SL

    ResponderEliminar
  2. Sim amigo Álamo, foi um jogo miserável, e lá se foi a oportunidade de nos aproximarmos dos lugares cimeiros, e já estamos a 10 do benfas que marcou 2 aos porco, e lá se vai o campeonato e o apuramento para a CL tb vai ficar complicado, precisamente em alturas destas é que os nossos leões mais falham....

    SL

    ResponderEliminar
  3. Não podia estar mais de acordo...

    Mais que doloroso, foi desgostoso ver aquelas alminhas ali a prestarem um serviço do mais baixo nível que me lembro nos últimos tempos...

    NINGUÉM DIZ ÀQUELES SENHORES QUE A CHAMPIONS SÓ SE JOGA SE GANHAREM AOS 'MOREIRENSES' DESTA VIDA... E QUANTO A CONTRATOS EM JANEIRO... BOM... PARECE QUE VÃO TER DE ESPERAR MAIS UM ANO... Para mal dos pecados, deles é dos nossos...

    Hoje sai vergado à vergonha que há muito não sentia... É que se sou o primeiro, a defender-los em resultados menos positivos... Hoje aquilo não teve 'ponta por onde se lhe pegue' e nem mesmo as oportunidades desperdiçadas servem de desculpa... O empate caiu do céu... e ainda que a vitória pudesse ter acontecido, pelas oportunidades... O QUE ELES DEVIAM TER TIDO HOJE ERA MESMO A DERROTA...

    NÃO SE BRINCA COM O SPORTING ASSIM... BARDAMERDA PARA ELES...

    p.s. Os meninos mimados é que não sabem gerir os elogios...

    Com atitudes destas, no meio da merda e da podridão que existe no futebol português, só conseguirao que cada vez menos gente se senta à volta do SPORTING... Anda aqui um gajo a fazer um esforço do cacete para tentar alguma mudançazinha e estes merdas a resposta que dão é esta...!!!

    F*#%{}+<£$¥*

    SL

    ResponderEliminar
  4. Eu sei que o lance é muito rápido, mas o primeiro golo das galinholas não foi marcado com o braço? Na altura pareceu-me mas estranho a comunicação social não dizer nada. Alguém que tenha a possibilidade de ver frame a frame que me esclareça s.f.f.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. abolha refere o lance, mostra uma imagem que nada esclarece, mas que eles aproveitam para dizer "como se pode ver, parece que o jogador não jogou com o braço" (não serão estas as palavras, mas a ideia está aí").
      Entretanto, ontem à noite o jornalista Rui Santos disse que este golo seria, provavelmente, muito falado, porque Maxi, com habitualmente faz quando opta por lançamentos longos, levantou um dos pés no momento do lançamento -o que é falta.

      Eliminar
    2. "como se pode ver, parece que" diz tudo :-) Mais do mesmo...

      Eliminar

PUBLICIDADE