terça-feira, 30 de dezembro de 2014

A crise segue dentro de momentos...


A crise segue dentro de momentos

"Déspota iluminado, rodeado de gente que lhe diz sempre sim e apenas por duas razões - por tudo e por nada -, Bruno de Carvalho convenceu-se de que o (bom) trabalho feito na liderança do Sporting, o bater de pé aos rivais, a firmeza do discurso e a voz grave chegavam (e sobravam) para ter a massa associativa do seu lado. Engano. E é estranho que Bruno, que afinal é um deles, não tenha percebido que não existe adepto mais independente e por isso menos fiel e alinhado do que o sportinguista. Não gosta menos do seu clube, não o vive menos intensamente, mas não é seguidista, tem uma certa liberdade de espírito e uma ampla liberdade de pensamento. Essa é a matriz do clube - a verdadeira matriz.

Está a meio caminho entre a insuportável e dispendiosa aristocracia que levou o Sporting à falência técnica e o lado mais popular e, sem menosprezo, mais manipulável, que se encontra por exemplo no Benfica. As organizações sociais são assim, têm um ADN, e se alguma conclusão é possível tirar, dez dias depois do patético comunicado em que os sócios eram convocados para a assembleia geral de Janeiro, é que o presidente não mediu as consequências do seu acto. Achou que tinha o povo do seu lado e o povo estava do outro lado.

Mas, no essencial, nada mudou desde esse dia e tudo o que mudou foi para tornar a situação mais frágil e mais hipócrita. Vejamos: Bruno de Carvalho acha o treinador frouxo e quer vê-lo pelas costas; Marco Silva sabe que não confiam nele, embora o forte apoio dos adeptos e da generalidade dos críticos lhe dê uma força (até negocial) que não tinha quando a crise começou.

No jogo de ontem cada um cumpriu o seu papel e, institucionalmente, Bruno de Carvalho esteve à altura do que era esperado. Tudo o que não fosse ir para o banco era uma sentença que não deixaria de ser lida. Ganhou tempo, e tempo até poderia significar discernimento se fosse pessoa para ouvir alguém - e nada do seu comportamento até hoje nos faz pensar isso. O seu comportamento no fim roçou o ridículo, e o ridículo mata.

Mais do que o adepto comum, os notáveis, as fontes próximas ou os muitos analistas que nos últimos dias se pronunciaram sobre o tema, é agora importante conhecer a posição dos líderes da equipa. Jogadores como Nani e Rui Patrício passam a ser decisivos no conflito. Não é expectável que eles tomem uma posição pública, mas não deixarão de se fazer ouvir no fórum certo. Podem existir muitos Carlos Manés dispostos a morrer pelo presidente, mas o que diz a lei do balneário é que os mais fortes ditam as regras. Se pensarmos no que Nani já disse esta época, também nesta frente Bruno de Carvalho não terá uma vida descansada..."

Olho sempre com redobrada atenção para os textos em que Nuno Santos escreve sobre o Sporting! E o que hoje publicou no Record, de que extraí apenas a parte em que aborda a crise leonina, não fugiu à regra.

Nesta hora de paz podre e com o horizonte fixado no jogo de sábado, será a meu ver, um esplêndido instrumento de reflexão.

Leoninamente,
Até à próxima

15 comentários:

  1. É de tal baixeza esse texto que só me apetece dizer: Nuninho, ma vá a cagare !!! Em italiano para que nao te zangues LOOOOLL !!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao "anónimo das 22.27" direi que, normalmente o material sai pelo anus, a menos que a pessoa esteja sofrendo de uma condição extremamente rara ou doença. O vômito acontece quando ocorre refluxo, isto é, o peristaltismo é invertido e o material que está no estômago por algum motivo é expulso pela boca. Apenas em condições extremas o material que já chegou ao intestino pode voltar. São conhecidos casos em tratamentos com bário em hospitais, que é administrado por enemas (lavagem), em que os pacientes podem chegar a vomitar o enema...

      Eliminar
    2. LOOOOOLL !!
      Dr. Álamo, nao entendi nada. Traduza lá isso para o povao.....

      Entao é assim que figuras públicas(Bruno/Nuno) se devem tratar??? Insultando-se !!
      Pobre de nós povao.....que nao aprende nada com tais exemplos

      Dr.Álamo, entao tenha lá um Feliz Ano Novo

      Eliminar
  2. Um palhaço será sempre um palhaço e como o Nuno Santos não há igual.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando o Nuno Santos refere que os adeptos do Sporting ao contrário de outros adeptos "...tem uma certa liberdade de espírito e uma ampla liberdade de pensamento..." não se está a referir naturalmente a ti,...incógnito. Provavelmente poderás até ser um submarino adepto de outras cores...um adepto sem nome não é à Sporting...

      Eliminar
    2. Ao "anónimo das 22.46" direi que, uma vez por outra algumas pessoas, provavelmente de mente mais fraca, costumam ser afectadas por um caso de vômito de fezes, chamado cientificamente de "ejecção crônica de dejectos fecais", que leva essas pessoas a cada vez que abrem a boca, acabarem expelindo material fecal...

      Eliminar
  3. Eu gostei do texto. Acho que o Nuno santos simpatiza com Benfica mas pareceu assertivo na análise sem roçar o insulto. Coisa que poucos conseguem nos seus comentários.
    Sportinguista 100%

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao caro "sportinguista a 100%", permita que o corrija: NS não simpatiza nem deixa de simpatizar com o Benfica! Ao que sei, estará bem mais próximo de si, embora mantenha por razões de ética jornalística o distanciamente que se impôe!...

      Eliminar
    2. Nuno Santos já assumiu publicamente o seu Sportinguismo

      Eliminar
  4. Anónimos, o que Nuno Santos escreveu nos 2 primeiros parágrafos e, já agora, o que Álamo sublinhou nesses parágrafos, é quase irrefutável.
    Atrever-me-ia a sugerir uma alteração, no 2º. Onde diz "Achou que tinha o povo do seu lado e o povo estava DO OUTRO lado", eu escreveria "Achou que tinha o povo do seu lado e o povo estava NOUTRO lado". Onde? Simples, no Sporting Clube de Portugal !
    Não duvido que a maioria dos sportinguistas goste de BdC, ele merece-o bem. Viabilizar a SAD, é obra de reconhecer, de louvar. Mas...mas há a parte desportiva, na qual o Presidente BdC parece ter-se deixado aprisionar pelo adepto/chefe de claque BdC. Acredito que tenha sido uma grande, uma enorme surpresa para ele verificar que os seus adeptos são, afinal e primeiramente, adeptos do Sporting.
    Como muito bem disse Nuno Dias, o sócio (e adepto) do Sporting "não é seguidista, tem uma certa liberdade de espírito e uma ampla liberdade de pensamento" e, por aquilo que vou lendo em blogs diversos, BdC é o Presidente, é quem manda, é quem tem legitimidade, conferida pelos sócios, para criticar, ralhar, o que entender, mas...
    Mas os sócios, ao que parece, acham que têm um direito legítimo de chamar a atenção do seu Presidente para o facto de, ultimamente, o verem seguir caminhos, na área desportiva, que em nada ajudam o Clube.
    Acredito piamente que BdC compreenderá que os sócios apenas querem que seja melhor do que tem sido -talvez queiram que seja perfeito- mas isso é porque gostam dele. Mas se o acham a pessoa certa para conduzir os destinos do Clube, estão a pedir-lhe que reconsidere o seu relacionamento com o funcionário treinador Marco Silva que, na área que lhe respeita, PARECE estar a fazer um trabalho competente -o que não quer dizer que não possa ser melhorado.
    Bem sei que há estatísticas que nos dizem que as coisas, ao fim de contas, se resumem mais a um futebol agradável, de qualidade, do que a resultados de qualidade; e também sei que os árbitros têm desajudado bastante.
    Mas já viram, um e outro, como os sócios acompanham e apoiam a sua equipa? Repito e sublinho, A SUA EQUIPA?
    Não é a equipa do Presidente, não é a equipa de BdC, de Marco Silva ou do Treinador: é a equipa do Sporting Clube de Portugal !
    Metam isso na cabeça, deixem-se de merdas e dêem as mãos aos sócios, ouçam-nos e respeitem-nos, é isso que eles querem!
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Sporting e o meu clube e já passaram muitos presidentes e treinadores por la. Como não ganhamos nada há alguns anos vem a velha máxima em casa onde não há pão , todos ralham e ninguém tem razão "

      Eliminar
    2. Eu sou o primeiro anónimo..... Ele e outros podem escrever o que quiserem, contra quém quiserem mas, com étiiiiiiccccaaaa.
      Seria e será sempre mais bonito e inteligente. Nao é com esse palavreado (déspota, ridículo, muitos Manés, etc..)
      Se ele estudou jornalismo, decerto saberá e encontrará outras formas, mesmo que agressivas, de atacar ...Por isso o classifiquei...sem classe

      É isso que ensinam ao povo??? Obrigado !!!

      P.S. E depois ainda criticam o Bruno !!!

      Eliminar
    3. "Não é a equipa do Presidente, não é a equipa de BdC, de Marco Silva ou do Treinador: é a equipa do Sporting Clube de Portugal !"
      E já agora porque não: Pensada, Planeada, Contratada e Operacionalizada pelo Sporting.
      Ridiculo.
      É por estas e por outras que a AG vai fazer todo o sentido.

      Eliminar
  5. O Nuno Santos não é porta-voz do Sporting Clube de Portugal. O seu comentário expressa uma opinião, e como tal é criticável, mas não encontro no mesmo razões para a descida de nível que se pode ler na maior parte das respostas. Este clube anda com uma atracção fatal para chafurdar na matéria fecal, que eu não consigo entender.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE