terça-feira, 25 de março de 2014

Encaixaria como uma luva em Alvalade !....




Já marcou, na condição de emprestado, pela sua actual equipa, 8 golos na nossa Liga principal, alguns deles candidatos a golo do ano. Dono de uma compleição física invejável, 1,90 e 82 kgs, que não lhe beliscam nem a técnica apurada, nem a velocidade, é um extremo quase demolidor nas suas investidas e prestes a fazer 24 anos, se cair nas mãos de quem souber potenciar os seus atributos naturais e dar a última pincelada no seu processo de crescimento mental - obviamente Leonardo Jardim! -, terá ainda uma margem de progressão tão grande, que todos os patamares poderão estar ao seu alcance.

Anda por aí, de chicotada psicológica em chicotada psicológica, perante a distracção de muita gente, quando lhe resta apenas mais um ano de ligação contratual ao clube detentor do seu passe - com quem o Sporting mantém uma privilegiada relação de muitos anos! - que, com toda a certeza encararia o empréstimo como a coisa mais natural do mundo, contra o simples pagamento dos ordenados, naturalmente acessível.

Português de nascimento, joga em qualquer das alas ou em qualquer lugar da frente de ataque. Com um simples estalar de dedos, viria a correr para Alvalade e poderia colmatar, com evidentes vantagens, no mínimo salariais, algumas eventuais e há longo tempo propaladas saídas do plantel do Sporting, agora que esta época está a caminhar para o fim.

Foi registado no Cacém com o nome de Tiago Manuel Dias Correia, mas mantém o nome de quando ainda nem andar sabia e, a meu ver, será uma pena vê-lo amanhã vestir uma camisola que não seja a do Sporting Clube de Portugal, um ímpar descobridor de talentos. É que histórias como esta já nos aconteceram dezenas de vezes! Em tempos idos, todos sabemos porquê. Com a actual estrutura leonina, será incompreensível! Ou em  última instância, Aurélio Pereira não nos poderá dar uma ajuda?! Ou Alex Ferguson estava louco quando pagou uma pipa de massa para o contratar?! Ou o nome do seu agente será razão incontornável de exclusão?!...

Leoninamente,
Até á próxima

3 comentários:

  1. Ele foi comprado de forma ao MU saldar uma divida ao Queiroz.

    ResponderEliminar
  2. Caro Álamo,

    Cheguei a concordar com essa sua vontade de podermos contar com Bebé, aliás, no inicio da época dizia que o Bebé seria uma excelente contratação. Contudo penso que ele ainda tem realmente muito que crescer. Decide muitas vezes mal, e um jogador com as suas características devia ser mais preponderante na sua equipa (um pouco à semelhança de Hulk).

    Tudo isto para dizer que existe um outro jogador o qual acho que tem potencial semelhante, mas com mais capacidade de decisão - factor de extrema importância no futebol actual, e que marca bastantes golos. Falo de Sebá.

    Entre o Bebé e o Sebá, creio que escolhia o Sebá.
    O que acha?


    Cumprimentos,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordarei com o amigo Bernas, quanto à qualidade de Sebá, que será um magnífico jogador, apesar de ter marcado até agora na nossa Liga, pouco mais de metade dos golos marcados por Bebé. Mas haverá algumas diferenças que deverão ser ponderadas.

      Se desprezarmos as questões da nacionalidade, da idade e da lesão recentemente contraída que quase lhe cortou o final de época, Sebá ficará a perder em envergadura física, 1,79/73 kgs e terá um pé direito cego ou incomparavelmente inferior ao esquerdo, pelo que as soluções de ataque que ofereceria a Jardim, seriam menores.

      Mas admitindo que os jogadores se equivaleriam, ficaria por resolver a questão central: o preço da sua aquisição! O jogador ingressou no Estoril vindo do F.C do Porto - o que já será indicador importante sobre as suas potencialidades - e terá assinado com o clube da linha apenas por um ano mas, ao que se sabe, pertencerá à Traffic que, a avaliar pelos negócios que tem feito, nunca o cederá a qualquer clube por uma quantia desprezível e ficará sempre com uma parte significativa do seu passe - veja-se o negócio de Jefferson.

      Sem desvalorizar a sua sugestão, não me parece que ela vá de encontro à filosofia actual da estrutura do Sporting: comprar bem e por pouco dinheiro.

      Cumprimentos e Saudações Leoninas.

      Eliminar

PUBLICIDADE