quarta-feira, 5 de julho de 2017

Sei que como sportinguista me sinto envergonhado!...


Não sei e muito menos me interessará saber de quem terá partido a peregrina ideia de promover a produção e divulgação do estúpido vídeo em que Fábio Coentrão aparece a afirmar "já ter vestido muitas camisolas mas sempre ter sido feito de Sporting...".

Mas sei que como sportinguista me sinto envergonhado!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. Olá amigo Álamo,
    Parece-me que o que o Fábio Coentrão diz tem a ver com a campanha deste ano e com o slogan:O (nosso) SPORtiNG "Faz parte de ti" em que são sobrepostas as letras da palavra ti (Faz parte de TI) com as letras ti contidas em SPORTING, querendo assim acentuar que o SPORTING está dentro de cada um de nós. É um slogan bastante bem conseguido na minha opinião.
    Deste modo não me parece de modo algum que seja uma provocação barata mas antes uma ação de marketing para esse slogan. Parece-me é que merecia ser repetido para ficar melhor, mas isso já é outra história.
    Sempre a acompanhar o seu blog!
    Um grande abraço e saudações leoninas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com o devido respeito pela opinião do amigo Ernesto Marques e desde já grato pelo privilégio da sua assiduidade, entendo que o vídeo, independentemente do nobre objectivo que a sua bondade lhe cola, é um profundo disparate comunicacional, apenas cometido por aprendizes de uma área nevrálgica nos tempos que correm. Nem todos os meios justificam os fins e fico-me por aqui...

      Um grande abraço também e saudações leoninas!

      Eliminar
    2. Só para me corrigir:
      O slogan é: SPORTING,feito de ti.
      Por isso é que é dito - julgo eu - "Já vesti muitas camisolas mas sempre fui feito de SPORTING".
      Na Gala apareceu o vídeo promocional que terminava com a Patrícia Mamona e este slogan.
      Sinceramente não vejo qualquer questão, tirando a parte técnica da imagem e do som.
      Não será comparável às banalidades do slb em que aproveitam aquilo de que são acusados para fazerem campanhas. Foi o "colinho", agora é o "investigue-se", como querendo passar a ideia de que estão tão há vontade que até brincam com esses assuntos.
      Com papas e bolos se enganam os tolos!
      Mas os benfiquistas não são tolos, veja-se o caso de Ricardo Araújo Pereira e o seu comentário sobre os mails. Basta não comer gelados com a testa para perceber o que se passa quanto mais uma pessoa com a inteligência de RAP. O problema são os encartilhados que têm à força que passar a ideia de que "no passa nada". Pelo menos enquanto houver patrão na loja têm que rezar todos o mesmo salmo, depois logo se verá.

      Eliminar
    3. Amigo Ernesto Marques, não foi minha intenção discutir a bondade da iniciativa "Sporting, feito de Ti" e muito menos compará-la com qualquer acção promocional do Benfica, no sentido de evitarem que "océu lhes caia em cima". O problema será deles e que o resolvam da maneira que entendam melhor, se é que alguma vez conseguirão tapar o Sol com a peneira.

      O que me continua a parecer é que foi muito mal escolhido o actor e o momento então nem se fala, sabendo todo o mundo que a questão do "amor ao Sporting" por parte de Fábio Coentrão será coisa para tentar apagar o mais rápido possível. Assim, para além da péssima realização do vídeo, ninguém mais deixará de ligá-lo a uma acção de revanchismo que não nos fica bem. Se nós, cidadãos comuns que nada percebemos de comunicação, não gostámos, será que os responsáveis que vivem da matéria não repararam que a melhor solução seria fazer outro, com outra pessoa qualquer e que o único sítio para colocar aquele seria no caixote do lixo?!...

      SL

      Eliminar
    4. Sim, nesse ponto concordo consigo.
      Se outros jogadores "da casa" tivessem gravado o mesmo spot ou se agora os novos jogadores fizerem o mesmo...
      Aliás, se o objetivo é ser uma campanha outros jogadores e de outras modalidades poderiam fazer o mesmo. Agora se for só o Fábio Centrão é essa a ideia que transparece e porventura não haveria necessidade!
      Um abraço.

      Eliminar

PUBLICIDADE