sábado, 22 de julho de 2017

Nem o maior mentecapto dos "cabos de esquadra"!...


LEÃO PROCURA IDENTIDADE

«O Sporting joga hoje a apresentação aos sócios frente a um adversário temível e a um treinador que bem conhece: Leonardo Jardim. É contra a poderosa equipa francesa que a formação de Jorge Jesus procura uma nova identidade. Após uma primeira época em que jogou um futebol fantástico, na temporada passada o leão foi uma decepção. Tendo investido muito mais do que era habitual em Alvalade a cada defeso e contratando sempre vários ‘reforços’, ao Sporting tem faltado a estabilidade e continuidade que facilita o trabalho de quem joga sempre para ganhar.

São muitos jogadores que não conhecem o clube, homens que não dominam a liga portuguesa e cuja adaptação por vezes falha ou demora. Transformar tudo isto num grupo ganhador é o desafio de JJ. Também é por isso que é o treinador mais bem pago do país. Só que também falha.

Lamentável a troca de argumentos entre Octávio Machado e Bruno de Carvalho numa altura em que o Sporting devia estar focado exclusivamente na preparação da época. O primeiro parece ter dificuldades em sair de um local de bem com a vida, o segundo dá demasiada importância a um funcionário que diz ter sido terceira escolha e a quem os desejos de boa sorte para o futuro tinham sido, não só mais eficientes, como mais do que suficientes. Já chega.»
(Bernardo Ribeiro, Saída de Campo, in Record)

Subscrevo inteiramente esta crónica de Bernardo Ribeiro em todas as vertentes abordadas, muito especialmente a matéria incluída no último parágrafo.

Paulo Bento, se outras coisas não deixou em Alvalade, a mensagem de tranquilidade seria suficiente para caracterizar aquilo que qualquer clube precisa como de pão para a boca e para a alma, para que possa alcançar o êxito. Mas Bruno de Carvalho, a caminho de cinco anos em Alvalade, ainda não foi capaz de compreender que pode muito bem ter dado quase tudo ao Clube, excepto naquilo que se refere a tranquilidade, que o mesmo será dizer, como acentua e bem BR, "estabilidade e continuidade"!...

Não há clube nenhum no mundo que seja capaz de resistir à "patológica intensidade" dos golpes "desestabilizadores" com que Bruno de Carvalho tem presenteado o Sporting ao longo de todo o tempo que já leva em Alvalade. E quando do exterior, em todos os quadrantes e sublinho, "todos os quadrantes", começam a tornar-se evidentes o silêncio e o desprezo com que é recebida a sua ininterrupta, sistemática e patológica truculência, é desesperante assistir a que a sua bússula, à falta de oposição externa, se dirija para as nossas próprias entranhas, como o exemplo paradigmático da actualidade, com Octávio Machado no centro do furacão. E não poderia Bruno de Carvalho ter escolhido melhor alvo, o que demonstra que duas épocas de convívio quase diário não lhe terão sido suficientes para conhecer a "peça" e para se consciencializar de que com ela, e falo da "peça", jamais ficará a ganhar, seja qual for o confronto. Até Pinto da Costa fugiu dessas batalhas como o diabo da cruz e como todo e qualquer humano foge das vespas!...

E quando técnicos, jogadores e adeptos, cerrando os dentes, se preparam para o "tiro de partida" de mais uma época, desta vez decisiva em mais vertentes do que alguma vez seria suposto, depois de um esforço financeiro que ultrapassará porventura o limiar das nossas capacidades e possibilidades, eis que Bruno de Carvalho volta a parecer não estar bem com a roupa que tem vestida e, "napoleónica ou hitlerianamente", em menos tempo do que demora a dizê-lo, procurou, procurou e acabou por encontrar a sua "rússia", a sua "stalinegrado", sem se dar conta de que terá, muito provavelmente, encontrado o cemitério para novo funeral das ilusões de toda a nação sportinguista...

Nem o maior mentecapto dos "cabos de esquadra"!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. Subscrevo o texto de BR especialmente o último parágrafo, assim como o texto do amigo Álamo, espero que o presidente se fique por aqui...

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dois motivos de enorme satisfação para mim: primeiro a opinião que a amiga Leoa Maria transmite no seu comentário, depois o facto da amiga ter conseguido ultrapassar o obstáculo que vinha enfrentando para deixar por aqui os seus sempre importantes e tão necessários comentários que, juntos com outros de amigos sportinguistas, sempre hão-de constituir o estímulo de que tanto necessito para prosseguir a jornada, além de serem o guia fundamental para o equilíbrio que sempre busco nesta leonina caminhada.

      Obrigado amiga e bem vinda a Leoninamente, que também será sempre um pouco seu.

      Eliminar
    2. Amigo Álamo, o meu obrigado, pelo carinho com que me recebe sempre em "Leoninamente", com mta tristeza minha, nestes últimos meses estive fora da minha localidade sem acesso à internet ainda consegui umas entradas fugazes no facebook, mas foi "sol de pouca dura", mas agora estou de regresso, com a alma impregnada de Sportinguismo e sempre que possível aqui estarei para partilhar as minhas alegrias e tristezas, no que ao nosso Sporting diz respeito..

      Abraço e SL

      Eliminar
  2. Tudo dito e bem dito como sempre. Assim os nossos comentários como sportinguistas,sejam tidos em conta. Mas hoje lá estarei a apoiar o nosso clube.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O apoio ao Clube, caro Vitor Medeiros, nunca esteve, não está, nem jamais estará em causa neste blog. Desde sempre que os sportinguistas foram capazes de apontar o dedo ao que julgam estar mal, sem jamais colocar em causa o apoio ao Sporting. Pena tenho eu de não poder também estar hoje em Alvalade a apoiar o nosso Clube...

      Eliminar

PUBLICIDADE