domingo, 5 de junho de 2016

Vícios velhos e o irreal entretém?! Subscrevo!...


VÍCIOS VELHOS

«Num piscar de olho, Portugal empolga-se ou anicha-se, num oito ou oitenta, consoante o tema. Infelizmente, quando falamos do País o pessimismo e a falta de auto-estima são esmagantes e os termos utilizados são, invariavelmente, deprimentes: pequenos, pobres, incultos e outros "mimos" nessa linha de desgraça. Séculos disto.

Mas há em todas as regras excepções e a nossa mais empolgante está no futebol – até com os oitenta rebenta – e é ver e ouvir, mal começa a preparação de finais de Mundiais e Europeus, todo o mundo do futebol a embalar em utopias de vitória, que a realidade arrasa cada ano. Nunca ganhamos nada, contudo repetimos sempre a matéria dada e, em muitas vezes, nem o argumento da vitória moral vale. O último Mundial foi uma desgraça total.

Aproxima-se outro Europeu, os sintomas do passado aí estão todos, até as cenas com jogadores que envergonham a Selecção Nacional. A expulsão de Bruno Alves não tem explicação, mas, também como sempre, assobiamos e seguimos adiante. À tuga.

Este velho vício não se fica pela equipa nacional pois também ataca alguns clubes, com o Benfica na liderança absoluta. Não ganha um troféu europeu há mais de cinquenta anos e está, a realidade o diz, desportivamente ao nível dos clubes médios da Europa, mas, à mais insignificante vitória, empolga para o "maior do mundo". Coisas para entreter, o irreal entretém.

Também é certo que a bola é redonda e os deuses fazem milagres, a Dinamarca e a Grécia já foram benzidos. Venha o milagre para Portugal.»
(Alberto do Rosário, Bilhar Grande, in Record)

Vícios velhos e o irreal entretém?! Subscrevo!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE