sábado, 25 de junho de 2016

Proponho o absinto para a celebração!...

Honra aos vencidos. Glória aos vencedores!...


Portugal está nos quartos de final do Euro 2016! Com a ajuda dos deuses "gregos", a vitória acabou por nos sorrir ao quarto jogo, ficando de fora a melhor das duas selecções que hoje se defrontaram. A Croácia não merecia ter sido eliminada por uma selecção que nunca lhe foi superior. Mas talvez sejam os imponderáveis que hoje ditaram a vitória da selecção das quinas que fazem do futebol o desporto mais amado universalmente.

Com medo de "ser atirado ao lago" como justamente Cristiano Ronaldo fez ao microfone do jornalista da CMTV, Fernando Santos, ninguém saberá muito bem com que convicção e coragem o fez, colocou finalmente em campo os melhores. E os melhores demonstraram-lhe quão errática tem sido a sua postura.

Como aqui sempre tinha vindo a defender, sem as quatro alterações profundas introduzidas por Fernando Santos no seu "onze preferido", a "nossa selecção" teria sido hoje facilmente eliminada. Com Cedric Soares, Raphael Guerreiro, William Carvalho e Adrien Silva, foi capaz de lutar quase de igual para igual com a Croácia e dirigir a "estrelinha da sorte" na nossa direcção.

Mas desiludam-se todos aqueles que ainda alimentam a esperança de ver esta nossa gente a praticar o futebol que poderia estar ao alcance do seu talento. Com Fernando Santos talvez nunca nos seja concedido o privilégio de assistir a uma selecção capaz de soltar esse talento e e deliciar-nos com o seu futebol. O "espartilho grego" há-de acompanhar-nos até onde a "lei de Murphy" nos permitir chegar!...

Julgo que o próximo desafio será mais fácil que o de hoje. Em primeiro lugar porque a Polónia se me afigura uma selecção qualitativamente inferior à Croácia. Depois porque Fernando Santos muito dificilmente terá coragem para "negar o óbvio" e tentará, naturalmente, apurar nos próximos cinco dias, os mecanismos cujo aperfeiçoamento descurou durante mais de um mês, em que tentou fazer, quase "a martelo", uma "selecção de compadres".

Proponho o absinto para a celebração!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. As últimas notas são as definitivas... Provou-se que os processos, com este onze, simplesmente, NÃO EXISTEM... Não foram trabalhados... Cinco dias serão suficientes...? O que mais me preocupou foram as palavras do engenhocas... O 'motinhas' não estava disponível... o que leva a... certificar que se os cinco dias derem para o recuperar... É Adrien, que hoje como que secou Modric (secando-se simultaneamente a si próprio) que sairá. voltando a musiqueta do costume...

    VEREMOS...

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE