sábado, 18 de junho de 2016

Oxalá o engenheiro seja pragmático, patriota e não vá em "conversas para boi dormir"!...


A capa de hoje do jornal A Bola, honra as tradições dessa velha publicação!... Embora discorde do tom afirmativo colocado no cabeçalho a negro e tenha tomado a liberdade de proceder a uma subreptícia modificação ao adicionar-lhe os sinais gráficos que lhe transformaram esse tom afirmativo tipicamente "tuga", numa proposta mais consentânea com o passado ainda fresco na nossa memória do "desastre" com a Islândia.

Mas o trabalho dos ideólogos e gráficos do velho jornal da Travessa da Queimada, há-de ter feito sorrir, lá no lugar onde estiverem, os saudosos "monstros fundadores"!

E o tom de dúvida e interrogação que lhe acrescentei, apenas reflecte a minha incerteza sobre aquilo de que o "engenheiro seleccionador" será capaz de modificar, mamdando às malvas as amarras que parecem estar a tolher-lhe os movimentos e a acção.

Ter-se-ão tornado óbvios para todos os equívocos de Fernando Santos, com a dimensão exacta da Torre Eifel que surge na feliz capa de A Bola:

1 - Danilo Pereira, pesem embora todas as suas indiscutíveis potencialidades, estagnou ao longo de toda uma época em que não teve a felicidade de poder contar com um grande treinador que lhe limasse as arestas. Está ainda muito verde ou cru para suportar sobre os seus ombros a responsabilidade que uma selecção com a cotação da selecção portuguesa. William Carvalho já irá anos-luz à sua frente em todos os capítulos do jogo.

2 - João Moutinho, seria indiscutivelmente o dono do lugar, se porventura estivesse na posse de todo o manancial a que sempre nos habituou em toda a sua brilhante carreira. Mas não está. Está uma sombra de si próprio e arrasta-se pelo relvado carregando o peso tremendo de uma época para esquecer em termos físicos, anímicos e, consequentemente, técnicos, que o impedem de produzir aquilo que o colectivo necessita como de pão para a boca.

3 - Vieirinha, de forma flagrante, foi um antêntico desastre em termos defensivos, sem rotinas, sem posicionamentos e sem fulgor, rasgo ou coragem em termos ofensivos. Cedric Soares vai muitas milhas à frente e será um desperdício não aproveitar o seu bom momento.

4 - De Nani e Quaresma, direi que será um atentado ao futebol e às legítimas aspirações dos portugueses não os colocar na frente de ataque de Portugal, constituindo com Cristiano Ronaldo o "trio de tenores" como em momento feliz a A Bola decidiu chamar-lhes.

Falando agora das alternativas para o meio-campo, oxalá que Fernando Santos seja capaz de resistir às inclassificáveis pressões de que tem sido vítima por parte do "lobby vermelhusco" para colocar em campo a titular, por via de uns miseráveis 5 milhões que eventualmente poderão vir a cair na Luz, o jovem talentoso Renato Sanches. Porque tão ou mais verde, tão ou mais cru que Danilo Pereira para arrostar com tamanha responsabilidade. O meio-campo português precisa de um homem de barba rija e calo no cu para ser capaz de municiar o "trio de tenores do ataque" e ultrapassar a Áustria...

Oxalá o engenheiro seja pragmático, patriota e não vá em "conversas para boi dormir"!...

Leoninamente,
Até à próxima

11 comentários:

  1. Temo mesmo muito, que "falte coragem" ao seleccionaador, para fazer as alterações que se exigiam, a bem da selecção nacional...

    Eu acharia isso absolutamente normal, outros porém, entenderiam esse "olhar direito para a solução do problema", como um reconhecimento da "asneira" feita na 1ª jornada...!

    Não seria necessário sujeitar a equipa a esse "erro de casting", se FS tivesse apenas querido colocar "os melhores" neste momento, em vez de se sujeitar "às ordens dos mandantes", qua apenas "desejarão aproveitar a montra" (desculpem a brejeirice...) "cagando-se" para os interesses colectivos de um povo...!
    Ainda vai a tempo... se a tanto o "ajudarem o engenho e a arte"...!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também temo meu amigo Max, que FS esteja demasiado "agrilhoado" por compromissos espúrios! Não era esta a ideia que fazia dele, mas dificilmente alguma coisa neste mundo nos poderá surpreender!...

      Já falta pouco para o sabermos!...

      SL

      Eliminar
  2. Como é que o jornal A Bola não se dignou a colocar na capa a futura promessa da seleção e do Bayern de Munique, made in Seixal, Renato Sanches??? Com todo o respeito pelo Nani mas é inadmissivel que se esqueçam de fazer referencia ao Renato que é neste momento o melhor jogador da seleção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Pedrocas, parece que te esqueceste de tirar as palas, homem! Estamos a falar da selecção de todos nós! Deixa lá o Bulo ir à sua vida, que apesar da idade deflaccionada, ainda terá muito tempo para brilhar, quem sabe se no próximo mundial! E os 5 milhões pelas 10 internacionalizações, vejam se os conseguem arranjar sem prejudicar a equipa das quinas! Usem a imaginação do Mendes, caramba!...

      Eliminar
    2. Pedrinho, dizes bem, "futuro". Mas a selecção está no presente, vive o "JÁ!" e é a isso que tem que se agarrar ou... o Danilo regressa a tempo da noitada de S.João...

      Eliminar
  3. Caríssimo, no ponto 2, uma correcção.

    Moutinho alinharia, se não fosse atleta do Sporting. Como de resto, sempre (ou nunca) lhe sucedeu.

    ResponderEliminar
  4. Eu se fosse ao Adrien ja tinha feito as malas para Portugal e dado uma conferencia de imprensa a dizer que estou disponivel sempre para Portugal desde que F.Santos nao seja o treinador.E inadmissivel o que estao a fazer ao capitao do SCP.

    SL

    ResponderEliminar
  5. Mesmo gostando tanto de Danilo e William, ficou ansioso de ver o William jogar no Europeu. SL

    ResponderEliminar
  6. Concordo em absoluto com o post menos no que se refere ao "lobby vermelhusco" que refere. Não ouvi ninguém da estrutura a tomat partido seja por quem for... Já da vossa parte, a pressão que tem feito para que o meio campo seja o vosso... Será isso sim pelos milhões que parece não necessitarem?!...
    Mas sim, concordo que o miúdo está ainda muito verdinho e terá as suas oportunidades se para isso trabalhar e a sorte com lesões e outras o proteger. Aliás, penso que foi neste espaço que discordei da sua convocação.
    Na equipa que propõe, trocaria o Guerreiro pelo Eliseu. O primeiro tem ainda pouca "tarimba e ratice". Eliseu é mais possante e matreiro e hoje Portugal tem que ganhar. Sacrificaria o engenho e arte pela força e pela experiência!
    Mas jogue quem jogar quero a vitória de Portugal!
    Saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já agora, peço-lhe que responda com sinceridad... e "esqueça" a cor clubística...:

      Acha que era muito escandaloso que o FS escolhesse o trio de médios do Sporting para entrarem de inicio e depois a partir deles, se fiszessem as substituições...?
      Se acha que "o miudo ainda está tenrinho", possivelmente também já terá visto que o Moutinho da actualidad, do passado "só tem" o nome e pouco mais...
      Como o Danilo meteu água com farturinha...acha que nós os sportinguistas "estamos a forçar" demasiado, por defendermos um meio campo com os "nossos"...??

      SL

      Eliminar
  7. Afinal, a montanha pariu uma ratazana!!!! O Engenheiro medricas mantém o Vieirinha e o Moutinho! Tudo diminutivos que é afinal o que estamos a mostrar: PEQUENEZ!
    Vamos esperar pelo melhor.
    Saudações benfiquistas

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE