segunda-feira, 9 de setembro de 2019

É o trajecto natural dos apóstolos do regime!...




Ao que veio a ser apurado, após o final do jogo UD Leiria vs Sporting, na categoria de juvenis, ontem disputado em Leiria, o árbitro terá explicado que nos últimos momentos do encontro a bola havia entrado na baliza, mas pelo lado de fora do poste. Ao ver as imagens, que lhe foram mostradas pelos responsáveis leoninos, Renato Carvalho terá alegadamente assumido o erro, não tendo conseguido controlar a emoção do momento e exibido até um surpreendente e estranho pranto! E, face a tão insólito acontecimento, o Sporting acabaria por averbar a consequente derrota por 1-0... 


Renato Carvalho, o ábitro das 'lágrimas de crocodilo'


Informações posteriores adiantaram ser intenção do Sporting apresentar protesto do jogo, alegadamente por erro técnico cometido pelo árbitro do encontro, Renato Carvalho, o tal das 'lágrimas de crocodilo' que, se o protesto dos leões vier a ter acolhimento, mais tarde, nas instâncias competentes já terá deixado secar as lágrimas e adquirido de novo a 'convicção profunda' de que a bola terá entrado na baliza, mas pelo lado de fora! Até que num dia destes, mais próximo que remoto, Renato Carvalho arbitrará na primeira liga! Está um novo padre na forja...


É o trajecto natural dos apóstolos do regime!...

Leoninamente,
Até à próxima

3 comentários:

  1. Caro Amigo:
    É obrigação dos árbitros auxiliares (pomposo nome...) examinar antes do jogo e após o intervalo, se as redes das balizas estão em condições e não apresentam buracos.
    Como tal, a não ser que o guarda-redes do adversário a tivesse roído, porque diabo surgiria um buraco na rede no decurso da segunda parte?
    Só uma coisa ultrapassa a inverossimilidade desta desculpa, e isso é a desvergonha do árbitro. Aliás, o árbitro auxiliar daquele lado, como se vê, prontamente se dirigiu para o centro do campo, certo de que não havia buraco nenhum.
    O árbitro, qual menino apanhado, quando viu o vídeo, fez o que os meninos marotos fazem: chorou!

    Claro que agora o pressuroso CA vai vir dizer que, na ausência de imagem mais esclarecedora, o seu ajuramentado fez bem, e tem que lhe ser dada razão.

    Ah, se a falata de vergonha valesse dinheiro, éramos o país mais rico do Mundo!


    Grande Abraço,

    José Lopes

    PS: è claro que a culpa disto é do Varandas, vão dizer os rabos sentados na taberna! Haja pachorra!

    ResponderEliminar
  2. a indecência e a roubalheira não conhecem limites, quando se trata de arbitrar jogos em que intervenha o Sporting. Começam nos escalões mais baixos, para haver a certeza absoluta de quando chegam a seniores saibam bem e tenham bem interiorizado que a roubalheira é o regime arbitral instituído, quando toca ao Sporting. O outro berrava obscenidades ao nosso GR para o intimidar, sem sequer se preocupar com câmaras ou microfones. Este inventa que os jogadores introduziram a bola na baliza por um buraco nas redes. Supõe-se que viu, para ter tanta certeza ao ponto de anular um golo limpo e evidente. Há remédios para certas indecências, mas não podem ser prescritos assim sem receita oficial, de maneira que aguardemos contidamente pelo resultado do protesto.

    ResponderEliminar
  3. Alamo,
    O meu obrigado por este teu post que mais do que um escândalo mostra o quanto o nosso clube é desrespeitado de forma grosseira pelos agentes do futebol tuga completamente contaminado de vermelho.
    É nestes momentos que mais perplexo fico quando recordo que a claque mais representativa do clube invade o coração do futebol e agride os nossos jogadores e ninguém tem coragem de dar 2 tabefes num destes artistas para pararem de fazer pouco de uma instituição centenária que já deu e dará muita glória ao nosso país.
    Abraço

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE