sábado, 5 de julho de 2014

Francisco Barão, bem merecerá ser feliz no seu Sporting !...



"Voltar ao Sporting era algo que há muito estava no meu pensamento, pois o meu coração é verde. Demorou, mas talvez estivesse guardado mesmo para agora, que considero a altura exacta, pois é uma fase de mudança. Felizmente que agora, as pessoas que dirigem o Sporting, têm os pés bem assentes no chão e estou muito feliz, pois faço parte de um projecto grandioso. Penso que o Clube está a ser preparado para que nos próximos 20 anos, dispute e ganhe títulos... [...]

Eu só encaro este projecto da equipa B, integrado em conjunto com a equipa A. Para mim há um plantel único e não faz sentido dividir em A e B. Quem está na equipa B tem de estar preparado para, hoje, estar a treinar lá, mas amanhã, estar a jogar na A.".


Tudo indica que Francisco Barão, velha glória do Sporting, desde os 16 aos 27 anos, tendo-se sagrado por três vezes campeão nacional, nos juniores, ainda com idade de juvenil, na época de 1973/74 e por duas vezes na equipa principal, em 1979/80 e 1981/82, acumulando ainda duas Taças de Portugal e uma Supertaça, venha a ser o treinador principal da equipa B do Sporting Clube de Portugal.

Ter o coração verde, sentir e viver o Sporting como acontece com Francisco Barão, pode não ser suficiente garantia para o desempenho de um lugar com a importância e a responsabilidade daquele em que tudo aponta venha a ser investido. Mas lá que ajuda muito, nenhum sportinguista terá dúvidas.

Mas o seu extenso currículo de treinador, onde pontificam quase duas dezenas de clubes, desde que iniciou a sua carreira na época de 1988/89, até regressar ao Sporting no começo da época passada, e a entrevista acima "linkada", concedida ao Jornal do Sporting, permitem-nos ter uma visão global bem aproximada, tanto sobre a capacidade técnica e experiência que inevitavel e naturalmente possuirá, quanto sobre o seu pensamento e dimensão humana.

Como o próprio Francisco Barão afirmou, "... Demorou (a sua chegada ao Sporting), mas talvez estivesse guardado mesmo para agora, que considero a altura exacta...".

Quem sabe se o "combóio leonino" não terá parado à hora certa, à porta de Francisco Barão?! Oxalá isso tenha acontecido e que toda a sorte do mundo o acompanhe. Com uma vida inteira de trabalho e dedicação ao futebol, Francisco Barão bem merecerá ser feliz no seu Sporting !...

Leoninamente,
Até á próxima

1 comentário:

PUBLICIDADE