quinta-feira, 31 de maio de 2018

"Já nem interessa quem tem razão"!...


MAIS LAMA A ESCORRER

«O lamaçal em que está transformado o futebol português continua a dar cartas na actualidade. Desta vez é o Marítimo-Benfica da Liga 2015/16 alvo de suspeitas, com um jogador madeirense a acusar o clube encarnado de ter enviado à ilha um emissário para comprá-lo por 40 mil euros. A história mete ainda o 'empresário' César Boaventura, uma oferta do Sporting de 400 mil euros para ganharem ao rival e mais uma mão-cheia de acusações.

Sem saber onde está a verdade e algo cansado de tanta sujidade, apenas uma coisa me alegra: o facto de a PJ ter finalmente metido as mãos na massa e ter deixado de haver poderosos que escapam ao escrutínio. Há muito dinheiro sujo no futebol português, há muitas transferências que cheiram mal, muito tráfico de influências que fica por provar e as armas de que a polícia dispõe para investigar são essenciais para que consiga passar do lamaçal actual para uma água, mais ou menos potável, que nos dê um mínimo de vontade de voltar a navegar por este rio acima.

A novela mexicana em que se transformou a guerra pelo poder no Sporting também continua e infelizmente com actores cada vez menos convincentes. Bruno de Carvalho e Marta Soares estão a proporcionar-nos um espectáculo degradante. É que já nem interessa quem tem razão.»


Não estarei tão confiante e alegre quanto Bernardo Ribeiro acerca da PJ "ter finalmente metido as mãos na massa"! O meu cepticismo é grande, desde que, mais do que ver um porco a andar de bicicleta, apreciei reportagens fotográficas de 17 inspectores e ex-inspectores da PJ, em alegre convívio lá para as bandas do Seixal, na Comissão de Honra de Apoio à última candidatura de Luís Filipe Vieira. Quando a mulher de César já nem sequer se importa com o que possam pensar dela, o que hão-de pensar os cidadãos comuns?!...

Já quanto à "novela mexicana" a rodar em Alvalade, estarei perfeitamente de acordo com BR...

"Já nem interessa quem tem razão"!...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. Não refundem esta m**** toda que não é preciso...!!!

    Quanto a BR... só mais lenha para o lume da hipocrisia... Mas onde é que está a novidade... Andamos HÁ ANOS a gritar aos sete ventos... Agora BR é só mais um a vir tentar limpar-se da porcaria com que se cobriu ao longo destes anos... Agora é que descobriram o lamaçal...??? (Eles eram os primeiros a serem levados pela Judite para serem investigados do porquê de terem andado este tempo todo a cobrir o que TODOS SEMPRE SOUBEMOS)

    A refundação também lhes toca a eles... aliás..., DEVIA COMEÇAR POR ELES... HIPÓCRITAS... MAUS PROFISSIONAIS... E OS ORIMEIROS A ABRIR MALAS E VOUCHERS....

    ResponderEliminar
  2. Onde estava este passarão,aquando do despoletar dos casos dos vouchers, e emails, esteve calado que nem um rato, obedecendo ao seu dono, enquanto nós sportinguistas, continuarmos a dar palco a estes agentes do estado lampianico, no lugar de defender-mmos os nossos, quando estão a ser atacados, e depois, resolvermos os nossos diferendos intra-mmuros, nunca seremos um clube respeitado pela comunicação social.

    ResponderEliminar
  3. Nessa época dar dinheiro para ganhar não era crime. Passou a ser na época seguinte! Mas eles querem meter tudo no mesmo saco.

    ResponderEliminar
  4. O futebol português chegou a este estado imundo principalmente pela cumplicidade em tons escarlates dos jornaleiros! Por isso, não sejam suínos hipócritas!

    ResponderEliminar
  5. Este protótipo de caracolinhos é só mais um pseudo-sportinguista que procura dar-se bem com Deus e como Diabo.

    Esta gente é simplesmente incapaz de acusar directamente os corruptores, limitando-se ao habitual "são todos iguais"...

    Não são todos iguais e todos percebemos que o Cashball foi algo inventado pelo César das malas com o claro objectivo de desviar as atenções desta acusação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A verdade é que na altura não vi nenhum jornalista a estranhar ou questionar os jogadores do Maritimo porque é que não tentaram ganhar ou empatar o jogo a jogar contra 10.
      A verdade é que nenhum jornalista analizou as grandes alterações das médias estatisticas de alguns jogadores nesse jogo.
      A verdade é que não vi nenhum jornalista a questionar a compra de um desses jogadores para emprestar ao Setubal.
      A verdade é que só vejo estes comentariozinhos desencantados dosjornalistas desportivos quando já não podem tapar o sol com a peneira.
      A verdade é que estes mesmos jornalistas desportivos, quando estas dores tocam ao SLB, têm uma tendência esquisita para generalizar para o futebol português
      A verdade é que quando toca ao SCP, como foi o barbaro ataque da Academia e que com alguma facilidade se poderia generalizar como um mal do futebol português muito devido ao sentimento de impunidade que as Claques têm devido á inoperância do IPDJ nomeadamente com o SLB, programas de TV encabeçados por cartilheiros que exacerbam ódios e que funcionam como deseducadores desportivos, nestes caso atacam até ao limite das suas forças por vezes ultrapassando os limites do decoro, o Sporting, o Bruno de Carvalho, os Sòcios e Adeptos, e temos muitos Sportinguistas a deixarem-se embalar nestas cantilenas.
      Shame on you, jornaleiros desportivos

      Eliminar

PUBLICIDADE