segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Por outros cinco anos!!!...


Manchester United quer "puto maravilha" do Sporting que já dizem ser o "novo Luís Figo"

Luís Gomes tem 16 anos e já terá recusado uma abordagem do Atlético Madrid

Está a avançar alguma imprensa inglesa que o Manchester United terá um jogador da academia do Sporting na mira. Tratar-se-á de Luís Gomes, de 16 anos, que assinou recentemente com os leões o seu   primeiro contrato profissional, como aliás aqui foi referido, e que tem sido comparado a Luís Figo.

O "puto maravilha", como lhe chama o "Mirror", tem vindo a deslumbrar os olheiros do United, que pelos vistos não serão os únicos a estar atentos ao novo talento leonino que, ao que se vai sabendo, já terá até recusado liminarmente uma recente abordagem do Atlético Madrid.

Luís Gomes, que chegou ao Sporting com 6 anos, mostrou-se feliz por ocasião da  assinatura do contrato que o prende ao Sporting até 2025, tendo então declarado: "É bom saber que o clube acredita em mim. Agora tenho de continuar a trabalhar e lutar para alcançar mais objectivos, de modo a corresponder à confiança que depositaram em mim."

Que tudo de bom aconteça no futuro a Luís Gomes e que os adeptos sportinguistas ainda venham a ter o privilégio de o ver voltar a renovar pelo Sporting...

Por outros cinco anos!!!...

Leoninamente, 
Até à próxima

domingo, 18 de outubro de 2020

Se calhar cairia a abóbada do Mosteiro da Batalha!...


E já alguém imaginou a cara de infeliz que o presidente do CA da FPF faria se fosse incumbido pelo presidente da dita, de explicar aos adeptos de futebol em Portugal se as normas protocolares há muito estabelecidas para o VAR foram ou não exemplarmente cumpridas ontem, na "operação revogação" do penálti de Alvalade e se, imaginem só, Fernando Gomes autorizasse a divulgação pública do diálogo estabelecido nessa "operação revogação", entre Luís Godinho e Tiago Martins?!... 

Se calhar cairia a abóbada do Mosteiro da Batalha!...

Leoninamente,
Até à próxima

E olhar de espanto dele, quando viu o vermelho?!...


E se por ironia do destino, ou outra 'malapata' qualquer, às "comanditas" que citámos no postal anterior, ainda não tiverem convencido os "frames" que então publicámos, aqui vão mais três "fotos" - a nitidez é outra, concordam? -, que tivémos o privilégio de "abarbatar" do jornal Record!...

É que, para além do empurrão de Zaidu que tentámos provar e para grande desgosto dos céguinhos "in loco" Godinho e Martins, os dos "sofás", Marco Ferreira, Jorge Faustino, José Leirós, Jorge Coroado e Fortunato Azevedo, entre muitos outros que afinaram pela mesma areia que nos atiraram aos olhos, o defesa do Porto ainda distribuiu mais fruta! E que fruta!!!...

E olhar de espanto dele, quando viu o vermelho?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Façam-me cócegas que quero rir-me e estou sem vontade!...


Chamava-lhes 'o outro', se bem estão lembrados, os "frames" e que, se bem analisados, eram capazes de explicar muita coisa! Estes que acima publico, referem-se ao "penálti" revertido ontem em Alvalade, pela comandita Luís Godinho e Tiago Martins, em efectividade de funções, e por outras comanditas de árbitros já reformados, perdão, 'jubilados', porque é júbilo, infelizmente, que exibem pelas "bonitas" carreiras que ofereceram ao futebol! - que de imediato vieram para os jornais e televisões, em defesa de 'suas damas'!...

Pois a essas "comanditas" todas eu desafio a que tentem descobrir, se em algum momento do caricato lance, terá sido, por um único momento - um segundo só que tenha sido, ou até um micron se assim o quiserem entender! -, a intenção do defesa do FC Porto de jogar a bola. Apenas a boa vontade, o empenho ou o interesse obscuro da comandita no estádio e das outras que referi "abusacadas" nos sofás, poderão tê-las impedido, às comanditas, de vislumbrar que:

1- No primeiro "frame", Zaidu, sem se preocupar com a trajectória da bola, que ainda vinha longe, revela apenas um objectivo: impedir que Pedro Gonçalves se posicione de modo a cabecear a bola e, para o ajudar certamente, entendeu colocar-lhe o seu braço esquerdo nas costas, junto à nuca.

2 - No segundo "frame" Pedro Gonçalves, com a bola a menos de um metro, já prepara o cabeceamento, enquanto Zaidu, sem saber sequer onde está a bola, dá o empurrão fatal e desequilibra o avançado leonino.

3 - No terceiro "frame", mesmo em desequilíbrio, Pedro Gonçalves toca na bola com a intenção de a colocar à sua frente e fazer golo, continuando Zaidu, mesmo não fazendo ideia de onde está o esférico, apenas preocupado em não deixar jogar o adversário, o que veio a conseguir, estatelando o avançado leonino.

Resumindo e sendo particularmente notório no terceiro "frame", que com Pedro Gonçalves no ar qualquer toque do adversário o atira ao chão, como foram capazes todas estas "comanditas" de falar na "menor intensidade" com que Zaidu abordou o lance e estarem todas de acordo em que o penálti foi bem revertido?!...

Então quando um jogador vai ao homem em vez de ir à bola, mesmo que por negligência e sem qualquer intenção, todos os árbitros sem excepção não marcam falta de imediato? E se esta falta foi, claramente, dentro da grande área, porque razão a primeira decisão de Luís Godinho foi revertida?!...

Façam-me cócegas que quero rir-me e estou sem vontade!...

Leoninamente,
Até à próxima

A palavra à Justiça!...


SAD do Sporting executa dívida de Rafael Leão
Acção de 18 milhões de euros deu ontem entrada no Citius. Salário no Milan pode ser um dos alvos de penhora (LINK)

Segundo as últimas notícias, um novo capítulo parece desenhar-se para o diferendo entre o Sporting e Rafael Leão, pois foi admitida no Juízo do Trabalho de Lisboa e registada ontem no portal Citius uma acção de execução da SAD contra o actual avançado do Milan, de aproximadamente 18 milhões de euros (17.990.812,94 €). A cobrança do crédito pela via judicial surge após a decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), que em Março deste ano condenou o ex-jogador dos leões ao pagamento de 16,5 milhões de euros “a título de indemnização pela resolução ilícita do contrato de trabalho desportivo”, decorrente do ataque à Academia de Alcochete, em Maio de 2018. Assim se explica o valor inscrito na acção de execução, que é de 16,5 M€ mais juros, a contar da data de notificação das partes.

Ainda segundo o que é avançado por várias fontes, o pedido de execução e consequentes penhoras pode agora avançar de imediato, independentemente de a defesa de Leão ter interposto uma ação de anulação, uma vez que esta não tem efeito suspensivo.

Leão passa assim a ter os seus bens em risco. A acção apresentada na Justiça não pressupõe audição prévia das partes, porque é baseada numa decisão transitada em julgado, mas sim a procura de bens para penhorar.

Para além do seu património, Rafael Leão poderá vir a ver o seu salário penhorado e, nesse cenário, o Milan seria notificado. Para isso, o Sporting terá primeiro de fazer reconhecimento da decisão do TAD para que possam ser procurados bens do atleta em Itália.

A palavra à Justiça!...

Leoninamente,
Até à próxima


sábado, 17 de outubro de 2020

Luís Godinho, Tiago Martins ou Amorim?!...


Quem será a verdadeira face da vergonha...

Luís Godinho, Tiago Martins , ou Amorim?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Conformado, mas não envergonhado!...


Um justo prémio para a perseverança dos leões e um ainda mais justo castigo para os dragões, que na segunda parte apenas se terão preocupado em 'parar o jogo' - quase não atacaram! - e acabaram por pagar a factura, com Luciano Vietto, mesmo à beira do fim, a conseguir alcançar o mais do que merecido ponto dos verde e brancos.

Como há muito previam e desejavam os adeptos sportinguistas, João Palhinha encheu o campo e ainda conseguiu ir lá à frente no assalto final e ser decisivo na obtenção do golo do empate. Pote não jogou mal, mas ficou a dever à equipa pelo menos um golo, em duas falhadas oportunidades claras para marcar, copiado por uma vez e a pouca distância por Matheus. Jovane foi uma sombra do que vinha revelando e Neto, infelizmente, um sofrido desastre, se bem que Coates está proibido de se rir muito. Ora analisem a imagem a seguir, retirada do Lateral Esquerdo. Pura e simplesmente não respeitou o alinhamento defensivo e o jogador que deveria ter sido posto em fora de jogo, acabou por bater Ádan. Simples...


Enfim, empatado...

Conformado, mas não envergonhado!...

Leoninamente,
Até à próxima

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Eu acredito na vitória!...



Rúben Amorim projecta o clássico: «Sporting tem de atirar-se de cabeça e não ter medo»
Treinador dos leões fez a antevisão ao encontro com o FC Porto

«O FC Porto apresenta bons factores. O que o Sporting tem de fazer é igualar a intensidade e agressividade do FC Porto, ser forte na abordagem ao jogo. FC Porto e Sporting têm pontos fortes, as equipas já se conhecem. As caraterísticas do FC Porto podem mudar consoante os jogadores e o seu posicionamento. O Sporting tem de atirar-se ao jogo de cabeça, ser forte e intenso para ganhar jogo. Não ter medo de nada.

São equipas e momentos diferentes. O FC Porto em três anos ganhou dois campeonatos. Nós estamos a formar uma base, a construir com miúdos, talentos da liga e jogadores experientes que contratámos. É sempre um clássico. Quem ganhar vai estar melhor. Vejo o FC Porto forte. Há duas semanas ganhou 5-0 no Bessa e era uma equipa consolidada. O Sporting está em crescendo. Todas as equipas dependem muito dos resultados.

Uma equipa não são três jogadores. É uma equipa muito forte. Há jogadores do FC Porto que têm mais jogos na Europa do que os nossos têm na liga ou até como profissionais. Não vou dizer que o Porto está mais fraco, é grande equipa. O Sporting também quer ser e vai estar preparado para vencer.»

Apreciei a forma com o treinador do Sporting mostrou estar disposto a enfrentar o jogo importante que amanhã à noite a sua equipa terá pela frente: sem temores e com a firme disposição de ir à luta para vencer, bastando ao Sporting ser forte, intenso e consciente do seu valor.

Eu acredito na vitória!...

Leoninamente,
Até à próxima

Força Leões!...


Para os adeptos sportinguistas as dúvidas hão-de estender-se até à hora do jogo! Mas o mais importante será que não se estendam ao espírito de Rúben Amorim e que a estratégia a adoptar já esteja perfeitamente delineada na sua cabeça.

Por todas as razões será um jogo extremamente importante para qualquer das duas equipas. Mas para o Sporting em particular e porque joga em casa, o triunfo poderá representar o alicerçar de muitas e legítimas esperanças numa época que possa vir a fazer esquecer a anterior e Rúben Amorim sabê-lo-á melhor que ninguém...

Que seja um grande jogo e que o seu resultado final não seja inquinado por factores estranhos ao que se passar no terreno.

Força Leões!...

Leoninamente,
Até à próxima

Porque o Sporting é o nosso Grande Amor!...


E Leoninamente é isto, quando se completam, exactamente, 9 anos e meio sobre a sua 'fundação'! Nem mais, nem menos. Mas uma 'obra' que pertence a todos os leitores que diariamente por aqui passam...

Obrigado a todos, em especial e naturalmente, aos sportinguistas!...

A gente vai continuar. Sempre com este rumo. Quer chova, quer faça sol...

Porque o Sporting é o nosso Grande Amor!...

Leoninamente,
Até à próxima

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Isto é o Sporting!!!...


Médio de 16 anos assina contrato profissional com o Sporting: «Sempre sonhei que podia chegar aqui»
Luís Gomes está no Clube desde 2010

Ainda com cara de menino, franzino e um espantoso sorriso de felicidade, aí está Luís Gomes, um médio ofensivo que hoje assinou pelo Clube do coração o seu primeiro contrato de profissional.

Isto é o Sporting!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Há adeptos sportinguistas assim, sabemo-lo bem!!!...


O antigo presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, no meio de curiosas e algumas surpreendentes declarações que hoje mesmo prestou em tribunal no decorrer da 13.ª sessão do julgamento de Rui Pinto no âmbito do Football Leaks, entendeu relatar com pormenor, algo relacionado com a estranha relação entre o nosso ex-treinador Marco Silva e um determinado fundo de investimentos sobejamente conhecido:

"No momento em que os jogadores percebiam que quem mandava neles não era o clube mais sim um fundo de investimentos, a lealdade deles deixava de ser para com o clube. Vou dar um exemplo: estávamos na Corunha para o troféu Teresa Herrera, apareceu o Nélio Lucas no hotel e disse-me que o Rojo não ia jogar. À minha frente ligou supostamente para o Van Gaal [na altura no Manchester United] e perguntou-lhe em inglês se pagavam os 2 milhões pelo Rojo e o suposto Van Gaal terá dito que sim. Fui ao quarto do treinador e disse: 'Marco Silva, o Rojo amanhã tem de jogar'. No dia seguinte, o treinador, a pedido da Doyen, não meteu o Rojo a jogar, apesar do presidente lhe dizer para pôr."

Já passaram cinco épocas sobre este 'triste' acontecimento. Tive nesse tempo e poucos dias depois do 'incidente' hoje relatado em tribunal pelo então presidente do Sporting, o privilégio de um leão dos sete costados e com 'varanda' para os bastidores de Alvalade, trazer ao meu conhecimento - claro que sem o pormenor de agora mas centrado no mesmo episódio! - razões mais do que suficientes para que eu,  a partir daí, alguma vez mais na vida pudesse permitir que o então técnico principal do Sporting 'fosse comigo aos figos', banido para sempre do meu espírito e consideração leonina!...

E quando finalmente, infelizmente tarde de mais, Marco Silva foi corrido de Alvalade, respirei fundo e não me coibi de por aqui o ter deixado bem claro, contra tudo e todos os sportinguistas - e foram muitos! - que quase me matavam em defesa desse 'traidor', que chegaram a apelidar do melhor treinador que o Sporting alguma vez poderia ter!...

O tempo e hoje Bruno de Carvalho - que também teve de enfrentar uma tremenda onda de críticas e impropérios! -, deram-me razão. Marco Silva não era, nem jamais será, "flor que se possa cheirar"! Mas, porém, todavia, contudo...

Há adeptos sportinguistas assim, sabemo-lo bem!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

"Quem não tem que fazer, faz colheres"!...


O jornal A Bola - naturalmente! - entendeu vir hoje (re)confirmar aquilo que por aqui, já há uma semana tínhamos deixado transparecer...

"Quem não tem que fazer, faz colheres"!...

Leoninamente,
Até à próxima

Q'inda o dia é uma criança"!...






Mudam-Se Os Tempos, Mudam-Se As Vontades

«Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

 E se tudo o mundo é composto de mudança,
Troquemo-lhes as voltas que ainda o dia é uma criança.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

Mas se tudo o mundo é composto de mudança,
Troquemo-lhes as voltas que ainda o dia é uma criança.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

Mas se tudo o mundo é composto de mudança,
Troquemo-lhes as voltas que ainda o dia é uma criança.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía.

Mas se tudo o mundo é composto de mudança,
Troquemo-lhes as voltas que ainda o dia é uma criança.»

Q'inda o dia é uma criança"!...

Leoninamente,
Até à próxima

Menos uma grande dor de cabeça para Rúben Amorim!...


Feddal faz mira ao clássico: nova boa notícia para o Sporting
Central já não sente dores na lombar e está apto para o FC Porto. Amorim pode reeditar defesa que ainda não sofreu golos na Liga 

Segundo reporta a imprensa de hoje, Feddal terá passado de dúvida a opção, após ter debelado com êxito uma lesão lombar, facto que no treino matinal de ontem, na Academia de Alcochete, já permitiu que pudesse integrar os trabalhos com os restantes companheiros. Ainda que tenha estado sob vigilância médica, como Jovane, ao que foi possível apurar o reforço contratado ao Betis já não sentiu quaisquer dores ao longo dos exercícios que realizou, pelo que a medida adotada pelo departamento médico do Sporting já não deverá ser necessária nas derradeiras sessões antes da receção ao FC Porto.

Menos uma grande dor de cabeça para Rúben Amorim!...

Leoninamente,
Até à próxima

Eu dou mais um empurrãozinho!...


Segundo avançou o jornal A Bola há pouco mais de uma hora, poderá estar a chegar aos últimos dias a passagem de Luciano Vietto pelo Sporting. De acordo com a estação televisiva argentina Tyc Sports, o Al-Hilal, da Arábia Saudita, estará em negociações com a SAD leonina, tendo em vista a contratação do avançado argentino de 26 anos.

Nas últimas horas, o emblema saudita, onde actua o peruano Andre Carrillo, ‘chegou-se à frente’ com sete milhões de euros, valor considerado insuficiente por Frederico Varandas, que pretende 11 milhões para libertar Vietto. Nesta altura, o mercado de transferência já encerrou em Portugal mas na Arábia Saudita os clubes ainda podem contratar jogadores...

Se for preciso empurrar... 

Eu dou mais um empurrãozinho!...

Leoninamente,
Até à próxima

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Quando voltarem a estar!...


Selecção em estado de graça

«Ainda a semana passada aqui se escrevia que o talento das novas gerações de internacionais nos deixava descansados quanto ao futuro pós-Ronaldo. E eis que a Covid 19 impôs uma situação inesperada de ausência ao semideus português.

É uma maravilha ver o futebol que jogadores como Diogo Jota, Bernardo Silva, Bruno Fernandes e até William Carvalho conseguem desenvolver no meio-campo contrário. Só o perfume de João Félix tarda em chegar. Este miúdo é um talento ímpar, como se vê em pequenos detalhes na forma como faz circular a bola. Mas está sem fulgor. A ausência de explosão, o débil poder físico, a incapacidade de aceleração não podem ser assacados ao técnico argentino que o recebeu no Atlético de Madrid. Félix está a falhar golos e a perder lances por falta de capacidade física. Terá de decidir com urgência se quer ser candidato a melhor jogador do Mundo, ou se é só mais um, que nasceu brindado com um dom raro e o desperdiça por falta de capacidade de sofrimento no trabalho árduo.

Nos antípodas de Félix está Diogo Jota. Tem subido na carreira a pulso, com humildade e sacrifício. Ontem provou a Fernando Santos que deve contar sempre com ele para o onze. Diogo Jota não pode ser prejudicado por não ter postura de estrela. Jota é um carregador de piano, sempre em ebulição, que, chegado perto da baliza contrária, pousa o instrumento e arranca das teclas inesperados recitais.

Para que os artistas possam estontear os adversários na frente, e os laterais logrem subir com segurança, Fernando Santos elegeu dois jogadores fabulosos, dois armários, Danilo e William Carvalho, para o embate frontal com os médios contrários. Quais porteiros de discoteca, William e Danilo filtram as entradas na zona de perigo. William tem mostrado enormes progressos na condução de bola. Joga mais adiantado do que Danilo, o que permite momentos de pressão alta muito empolgantes. Se William conseguisse pulmão para recuar um pouco mais rápido para a linha de Danilo, quando os adversários passam as linhas de pressão, tornar-se-ia um jogador sem preço.

Na defesa, Pepe está um mestre que já nem exagera na pancada ostensiva. A cada jogo, vai-se eternizando mais e mais como um dos maiores centrais de sempre. 

A baliza continua bem entregue a Rui Patrício, que ontem brilhou com defesas difíceis, feitas com a austeridade de gestos da maturidade.

O prazer que hoje dá ver a nossa Selecção deve-se à estabilidade da equipa federativa liderada por Fernando Gomes, e principalmente à personalidade de Fernando Santos. Um treinador tão exigente quanto humano, que os jogadores admiram e estimam. Ninguém quer decepcionar ‘O Velho’. Com este ambiente, podemos aspirar a vencer qualquer prova.»

Custa-me a acreditar que tenha sido aquele Octávio Ribeiro que há tanto tempo todos nós, sportinguistas, conhecemos, a escrever esta crónica!...

Será por não estar nesta selecção, de momento e por enquanto, um único jogador do Sporting?! Já não faltará muito tempo, mas sempre quero ver... 

Quando voltarem a estar!...

Leoninamente,
Até à próxima

Agora é oficial!!!...



Oficial: Palhinha renova contrato com o Sporting
Médio prolonga vínculo até 2025

Na apresentação, João Palhinha teve oportunidade de declarar aos orgãos de comunicação do Sporting:

«Estou muito feliz por assinar mais uma renovação com um dos clubes que me formou e teve um papel muito importante no meu crescimento. Quero deixar uma imagem diferente da que deixei no passado. É isso que quero mostrar aos sportinguistas e a toda a gente: o que realmente valho. Sei que as pessoas neste clube acreditam em mim.

Se já tivesse saído do Sporting, como tanto se especula neste momento, iria partir talvez de uma forma que não era condizente com todo o trajecto que fiz neste clube, principalmente na formação e na equipa B. Sair da equipa A com aquele sentimento de não ter demonstrado o meu valor e o meu potencial deixaria sempre um sabor amargo. Encaro esta nova oportunidade com a máxima motivação e quero ajudar o Clube a conquistar os seus objetivos.

Estamos todos confiantes para o que aí vem, sabemos que o grupo tem qualidade, é jovem e tem muito potencial. Temos um excelente plantel, acredito que podemos surpreender ao longo desta época, temos todas as condições para isso. Podemos prometer muito trabalho, esforço e dedicação. Quanto ao resto, as coisas vão acontecendo naturalmente como aconteceram até aqui. O importante agora é trabalharmos como temos vindo a trabalhar, evoluir nos aspectos que temos de evoluir e, como disse, temos todas as condições para ser uma surpresa esta época.

É um treinador (Rúben Amorim) que sabe as qualidades que tenho. Pessoalmente, gosto muito do míster. Por isso é que eu digo que tenho todas as condições para demonstrar o meu valor e a equipa também. Todos juntos vamos chegar a bom porto.»

Tudo dito pelo próprio, terminando por uma vez e deste modo convicto, com a mais extensa 'novela' de todo o Verão...

Agora é oficial!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Quem mais precisa, não toma!!!...


Contraste

«Os processos eleitorais no Sporting são sempre ponto alto na vida associativa do clube, com largo impacto mediático e amplo escrutínio dos candidatos e seus programas. Há frente a frente, debates, mesas redondas, confronto de ideias por parte de todos os intervenientes.

Esta postura faz parte dos valores democráticos estruturantes do clube, e, sem negar que, por vezes, há excessos, permite uma coisa elementar: que os sócios se informem exaustivamente.

Não pode ser maior o contraste com o processo eleitoral em curso no Benfica, em que nada disso ocorre.

É patente a desigualdade entre o incumbente, que se aproveita de todas as vantagens que a sua posição lhe proporciona, e os insurgentes, relegados para o plano de uns arrivistas, acusados de quererem tomar conta do clube.

Com uma agravante: o facto de a data das eleições ser em final de Outubro permitiu ao actual presidente contratar treinador e jogadores com o dinheiro do Benfica, colhendo os inerentes benefícios, sem que ninguém o possa criticar por isso.

Custa-me entender umas eleições em que a televisão do clube as não cobre, e que as glórias são arregimentadas, em que não há debates, porque o incumbente não tem dotes comunicacionais, em que é dito – pasme-se – que o seu sucessor será preparado durante o próximo mandato, como se os sócios não tivessem uma palavra a dizer.

A equipa de Jorge Jesus não tem arrasado como ele prometeu, mas, em sua substituição, Luís Filipe Vieira vai arrasar nestas eleições, obtendo uma vantagem expressiva. Só que essa vitória ficará indelevelmente manchada por um défice democrático.

Entre outras ‘pérolas’, que foram proferidas neste período, destaco a que alguém disse, que os debates eram indesejáveis, porque traziam ruído nocivo. Prefiro os inconvenientes do barulho, mesmo que nem sempre contido nos decibéis aceitáveis, ao silêncio ensurdecedor de uma medíocre encenação daquilo que deveriam ser eleições, num clube com os pergaminhos do Benfica.

Não me importa o risco de pertencer a um clube de regateiros, mas o que nunca aceitarei é fazer parte de um clube de conformados.

Curioso como as coisas evoluem: o Sporting tantas vezes criticado pelas suas pretensas origens aristocráticas é hoje muito mais do povo do que o Benfica.»
(Carlos Barbosa da Cruz, O Canto do Morais, in Record, hoje às 02:36)


E... o bom senso é como tomar banho...

Quem mais precisa, não toma!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sempre na primeira fila!!!...



Em Alvalade, de braço dado com o ódio e a presunção...

SEMPRE NA PRIMEIRA FILA!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

terça-feira, 13 de outubro de 2020

Na selecção como em Alvalade!...


Sub21: Gibraltar 0-3 Portugal
Jota inaugurou o marcador e Pote bisou

Na selecção como em Alvalade!...

Leoninamente,
Até à próxima

"É um predestinado"!...

 


O grande reforço do Sporting

«Mantém os traços juvenis do rosto de menino bem comportado, como se eternizasse o adolescente que arrebata paixões, entre treinadores e adeptos, desde os tempos das camadas jovens de FC Porto, Sporting e Selecções Nacionais. Aos 27 anos, João Mário regressa a casa marcado pelos maus-tratos italianos, pela menor visibilidade de um clube modesto em Inglaterra e de outro de média expressão na Rússia. Partiu campeão europeu para uma das maiores potências europeias (Inter Milão), regressa quatro anos depois no auge das suas potencialidades futebolísticas, disponível para ajudar o clube do coração e carente do carinho que lhe devolva o calor humano e, com ele, a felicidade arredia desde que abandonou Alvalade.

Numa equipa jovem e inexperiente, JM está destinado a desempenhar o papel de exemplo, estrela e máxima referência da equipa. Precisa agora de adquirir cumplicidade com as ideias de Rúben Amorim, de modo a reunir as condições para exercer o seu futebol requintado, inteligente, associativo, que não se contenta em acrescentar talento à produção global, antes a multiplica pelo colectivo, tornando-o melhor e com armas mais sofisticadas.

JM é um manual didáctico que exerce nos caminhos do miolo, onde tudo se concebe, e do ataque, onde tudo se define. Na tresloucada fúria de choques, correrias e constantes infracções, as mais graves das quais pondo em risco a própria integridade física dos intervenientes, ele recusa a pressa e o descontrolo emocional; mantém o perfil discreto, impõe a pausa e a perfeição de gestos e movimentos, prova de que com cabeça, talento individual, fantasia, classe, ética e pudor se pode chegar aos mesmos lugares – com a diferença de fazê-lo em melhores condições para estabelecer a diferença. Só por confusão inaceitável para quem percebe o jogo alguém pode confundir um jogador tão especial e delicado, portador de um estilo, orientado por intervenção cuidada e rigor estético, com os elementos normalmente apontados para o diminuir: lentidão, displicência, falta de compromisso e intensidade.

Numa altura em que o futebol parece obcecado em resumir-se a números para poder medir elementos do jogo sem relevância, JM é uma decepção que, para mal dos seus pecados, só joga futebol como os deuses. Um jogador brilhante a executar decisões lógicas e do senso comum mas que adquire dimensão superior quando abdica da burocracia e se entrega à criação de soluções personalizadas, sem se surpreender com o engano que produz em quase toda a gente. Com a bola nos pés, chega a ser deslumbrante quando se entrega a uma condução suave e segura, indiferente aos perigos que se escondem a cada esquina; quando segue o instinto e alimenta a criação de espaços, limpando adversários da frente ou solicita a participação de companheiros nessa aventura que se propõe levar por diante. É um predestinado que, para lá da bola, transporta intenções não confessadas. Todas elas capazes de interferir, se não no resultado, no ascendente territorial que conduz à imposição do exército que leva atrás de si.

JM é um prodígio de imaginação, cuja arte principal e rara é impor-se simplificando ao máximo as situações mais complexas. Um craque sereno, imperturbável, confiante e, vistas as coisas sob determinado prisma, arrogante quando procura levar por diante acções em que só ele acredita. É este criador futebolístico sublime, capaz de estabelecer diferenças a cada instante, com os mais diversos argumentos, nas mais variadas zonas do campo, que o Sporting contratou. Um reforço indiscutível, que tem condições para ser uma das estrelas mais brilhantes da Liga. Num ano de muitas mudanças nas principais equipas nacionais, é candidato a interferir no destino do próprio campeonato.

Pepe continua
monstruoso
Personificou o modo como a Seleção abordou o jogo com a França
Pepe voltou a ser imperial em Paris. Aos 37 anos mantém intactas as ferramentas que servem para construir um central de eleição – não tenhamos medo das palavras, um dos melhores do Mundo. Então quando o jogo adquire dimensão épica, requerendo presença, compromisso, físico e intervenção constante sobe ainda mais na hierarquia. É um monstro.

As ‘brancas’
de Rúben Dias
Aos 23 anos tem quase tudo o que precisa para ser uma referência europeia
Rúben Dias está a evoluir como o previsto: impôs-se no Benfica, valorizou-se ao ponto de render milhões, foi para um colosso europeu e já é titular absoluto da Selecção. Concederam-lhe o privilégio de errar agora para acertar mais tarde e a verdade é que falha cada vez menos. Uma pena que ainda tenha ‘coisas’ como aquela que abriu a cabeça a Giroud com menos de 2 minutos de jogo.

Trincão vai ser
um craque
Atingiu a excelência diante dos nossos olhos e da nossa… indiferença
Trincão tornou-se um grande jogador mas muitos preferiram torcer o nariz. Barcelona? Era de mais e seria emprestado. Selecção? Era preciso ter calma. Ficou em Camp Nou e joga na Selecção. E até já entra a 1 minuto do fim frente ao campeão do Mundo e inventa o lance mais desequilibrador que podia ter ditado a vitória de Portugal. É um craque.»

Acho que nunca irei deixar de apreciar e "gostar muito" dos textos de Rui Dias!...

A brincar a brincar, permitam-me que o compare a João Mário...

"É um predestinado"!...

Leoninamente,
Até à próxima 

"Por cada leão que cair, outro se levantará"!...


E ao sexto teste a que foram sujeitos nos últimos sete dias todos os seleccionados de Fernando Santos, o capitão Cristiano Ronaldo acusou positivo à Covid-19.

Ronaldo passa assim a ser o terceiro jogador de Portugal a estar infectado com o novo coronavírus, depois de José Fonte e Anthony Lopes, com os três futebolistas a terem sido afastados do estágio da selecção nacional.

O caso de CR7 obrigou ao reagendamento da última sessão de treino antes do duelo com os suecos para as 17:00 (estava inicialmente marcada para as 11:00) e também da conferência de imprensa de antevisão do seleccionador Fernando Santos, que será às 19:00 (antes agendada para as 10:15), tendo a FPF emitido o seguinte comunicado:

Comunicado da FPF

«Cristiano Ronaldo foi dispensado dos trabalhos da Selecção Nacional após teste positivo para COVID-19, pelo que não defrontará a Suécia.

O internacional português está bem, sem sintomas, e em isolamento.

Na sequência deste caso positivo os restantes jogadores realizaram novos testes esta terça-feira de manhã, todos com resultado negativo, e estão à disposição de Fernando Santos para o treino desta tarde, na Cidade do Futebol.

O jogo, frente à selecção da Suécia, a contar para a fase de apuramento da Liga das Nações, está agendado para quarta-feira, às 19:45, em Alvalade.»

Rápida e total recuperação de Cristiano Ronaldo é o nosso mais forte e leonino desejo, na certeza de que... 

"Por cada leão que cair, outro se levantará"!...

Leoninamente,
Até à próxima

Para colher é preciso semear!...



Mateus Fernandes, jovem e promissor médio de 16 anos, assinou ontem, segunda-feira, contrato profissional com o Sporting.

Integrando ainda o plantel de Sub17, arranca o jovem jogador para a quinta temporada consecutiva de leão ao peito já que, oriundo do Olhanense, chegou à Academia em 2017. Ao site oficial do Sporting declarou entusiasmado:

«É um sentimento muito bom. Estou grato à estrutura do Sporting por ter depositado tanta confiança em mim. É mais um passo, mas quero alcançar mais coisas e maiores. Ver que o clube acredita em mim traz-me muita felicidade.
Estamos aqui por um sonho e é preciso lutar todos os dias para atingi-lo. Já tinha em mente assinar contrato profissional desde que cheguei nos Sub14, via os mais velhos assinarem e dizia que era aquilo que eu queria. Este dia vai ficar marcado para sempre na minha vida.»

Para colher é preciso semear!...

Leoninamente,
Até à próxima

segunda-feira, 12 de outubro de 2020

Nunca o ter como inimigo!...


O mais poderoso do futebol português

«Como se esperava, a pandemia e a recessão enregelaram o mercado futebolístico de transferências. O Centro Internacional de Estudos do Desporto (CIES, na sigla francesa) fez as contas às cinco maiores ligas e dá conta de uma quebra de 30% no valor dos negócios, para 4,62 mil milhões de euros. Se for tida em conta apenas a janela de Verão, a quebra é ainda mais significativa: 43%.

Quando se olha para o ranking das 25 maiores transferências da época, cortesia do site Transfermarkt, há um dado que sobressai: nenhuma outra nacionalidade ombreia com a portuguesa quando se soma o valor dos negócios. As mudanças de clube de Rúben Dias, Diogo Jota, Fábio Silva, Trincão e Nélson Semedo movimentaram 214 milhões de euros. O que têm em comum?

Jorge Mendes foi o empresário de todos eles. Um facto que chamou a atenção do The New York Times. A fama internacional do português subiu mais uns furos com a publicação, na semana passada, de um artigo sobre mais uma época de ouro para o agente, em contramão com a crise. A frase de Pippo Russo, autor de um livro sobre a ascensão do fundador da Gestifute, é lapidar: "Pode-se dizer que a rede de poder económico de Jorge Mendes resistiu ao coronavírus. É como se ele tivesse a vacina".

A vacina de Mendes chama-se trabalho. É o ‘networking’ ao mais alto nível no futebol, construído ao longo de anos, que faz dele o empresário que é hoje e lhe permite sair por cima mesmo quando o mercado está por baixo.

Já outros colunistas do Record aqui escreveram sobre o contributo que o português tem para o futebol português. Segundo contas do Jornal de Notícias, Jorge Mendes já intermediou 1,6 mil milhões de euros em transferências dos cubes nacionais, com destaque para os três grandes. O empresário tem sido de enorme importância para o sucesso do futebol português e o inverso também.

Este Verão voltou a ser assim. Foi Jorge Mendes que ajudou um FC Porto de corda na garganta com as transferências de Fábio Silva e Vítor Ferreira para o Wolverhampton de Nuno Espírito Santo, mesmo que o cheque da segunda só chegue mais tarde. Foi também o empresário que ajudou a diminuir o saldo negativo do Benfica com a transferência de Rúben Dias para o Manchester City.

É essa a sua mestria. Conseguir ligar quem tem talento e precisa de vender com quem pode comprar. Não é por acaso que Inglaterra foi o destino dos jogadores. A quebra no mercado de transferências foi significativamente menor na Premier League (-10%), em comparação com a média das cinco maiores ligas (-54%).

E não são apenas os jogadores. Em Maio, Arséne Wenger falou ao L´Équipe sobre a ascensão dos treinadores portugueses e, sem querer por em causa a sua qualidade, disse que são "bem vendidos". "Vejam a influência que Jorge Mendes tem em tantos clubes europeus", rematou.

Com este protagonismo vem poder. "Vieira e Jorge Mendes reunidos para acertar quem deixa a Luz", titulava o Record a 23 de Setembro. É mesmo assim. Não só com Vieira, mas também com outros presidentes. Apesar das polémicas e questões judiciais que volta e meia assomam, o empresário é hoje, de longe, o homem com mais poder no futebol português. Poder suficiente para, se quiser, mexer nas agulhas de um campeonato.»


Creio bem que Alexandre Dumas nos tempos de hoje não diria o mesmo! Julgo mesmo que complementaria a sua tão célebre frase, juntado 'inimigos' aos excluídos "amigos" e então sim, traduziria a meu ver e de uma forma mais assertiva, o mundo globalizado de negócios que actualmente nos envolve a todos...

Ai de quem em todos os negócios de uma forma geral - e o futebol não deverá ser excepção -, cometa o inclassificável erro de permitir que neles intervenham, tanto privilégios quanto ostracismos eventualmente concedidos a quaisquer das partes negociadoras, independentemente das circunstâncias, do modo como aqueles se desenrolem e do tipo de sujeitos neles intervenientes. 

Jorge Mendes dispensa apresentações. Goste-se ou não, será exactamente aquilo que Pippo Russo afirmou! E se a ninguém ocorrerá recomendar a idiotice de o pretender ter como amigo, será tempo de aconselhar o desenvolvimento de todos os esforços no sentido de aproveitar a sua singular capacidade de intermediação no futebol mundial, ao mesmo tempo que sejam cultivadas práticas civilizadas na defesa de legítimos interesses, de modo a conseguir mantê-lo como parceiro de negócios e...

Nunca o ter como inimigo!...

Leoninamente,
Até à próxima

Tudo farinha do mesmo saco!!!...


Mais valia estares calado, Pacheco!...

Tudo farinha do mesmo saco!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Talvez o toque de classe que faltava ao Sporting!...



Segundo hoje nos dá conta o jornal Record, Rúben Amorim terá feito ontem durante o treino de conjunto realizado na Academia perante a equipa B (2-0, dois golos de Vietto), no primeiro ensaio geral para o clássico marcado para o próximo sábado em Alvalade, uma primeira abordagem a sério à integração de João Mário, testando o novo reforço, já perfeitamente integrado, em duas posições: primeiro o experiente médio jogou na esquerda do ataque, procurando potenciar diagonais e o seu fabuloso pé direito, numa linha ofensiva de grande mobilidade, com Tabata na direita e Vietto ao centro; depois, no segundo tempo que, à semelhança do primeiro apenas teve 30 minutos, Amorim fez recuar o camisola 17 para o duplo pivô do meio campo, com João Palhinha, derivando Vietto para o corredor esquerdo.

Esta pausa FIFA terá permitido ao técnico leonino uma 'curta pré-época' que lhe terá aberto a possibilidade de integrar tanto João Mário, quanto Bruno Tabata, outro recém-chegado. Amorim terá confirmado, em ambiente de jogo, que o experiente médio de 27 anos será um excelente trunfo para mais do que um lugar, dependendo a sua utilização,  tanto de quem tiver à sua disposição, quanto da estratégia que entender como mais válida para cada encontro.

No caso específico do próximo clássico, este exercício com a equipa B, terá deixado a certeza a Rúben Amorim de que João Mário, apesar de não ter ainda nem ritmo nem minutos em 2020/21, dada a sua grande categoria, estará sempre pronto a ir a jogo no sábado.

Talvez o toque de classe que faltava ao Sporting!...

Leoninamente,
Até à próxima

Acredito muito no talento de Inácio!...

 


Apesar de só os próximos dias poderem confirmar a eventual indisponibilidade física de Zou Feddal provocada pela lesão no lado esquerdo da zona abdominal, com hematoma, o certo é que esse cenário estará em aberto no espírito de Rúben Amorim e, nesse sentido, o jovem Gonçalo Inácio, 19 anos, deverá assumir-se como possível substituto.

O central marroquino continua sem treinar, limitando-se a fazer tratamento na zona afectada - recorde-se que Feddal se lesionou no jogo com o LASK Linz, no play-off da Liga Europa (1-4), ainda avançou para o jogo com o Portimonense (2-0), mas acabou por ser substituído ao minuto 62, numa altura em que as dores se tornavam insuportáveis. E se nesse encontro foi Gonçalo Inácio quem saiu do banco de suplentes, desta feita o jovem da cantera leonina será, naturalmente também, o nome com mais força para entrar na equipa titular, ele que, nesta fase dos trabalhos, já conquistou a confiança do treinador, Rúben Amorim.

Esquerdino, Gonçalo Inácio, que se encontra ao serviço da selecção de Sub20 e só deve regressar aos treinos na Academia na próxima quinta-feira, está perfeitamente identificado com as ideias do técnico, pelo que não deverá sentir qualquer dificuldade se for chamado.

Acredito muito no talento de Inácio!...

Leoninamente,
Até à próxima

domingo, 11 de outubro de 2020

"Roma e Pavia não se fizeram num dia"!...


"Roma e Pavia não se fizeram num dia"!... 

Leoninamente,
Até à próxima

Poucas serão as dúvidas!!!...


Histórias curiosas das 'gentes cá do nosso bairro', a que os adeptos sportinguistas vão tendo acesso por aí e que, naturalmente, entre 'foras de jogo de milímetros ou de metros', necessariamente nos impôem a devida reflexão...

Só quem estiver em frente do 'assador' saberá o ponto em que estarão os 'frangos' e quando será a hora certa de os retirar das brasas, sem que nos surjam depois no prato, ainda com laivos de sangue ou então completamente estornicados e impróprios para consumo. Mas lá que serão muitos milhões a arder... 

Poucas serão as dúvidas!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Diabo do homem! Cada cavadela, cada minhoca!!!...


Palpitações

"Temos muita coisa a melhorar", Rúben Neves, jogador da Selecção e do Wolverhampton
Não nos digas! Joguem em Paris como na primeira parte em Alvalade e vêm de lá com uma cabazada...

"Há pessoas que têm falado comigo para eu avançar [para a presidência do Sporting]", Augusto Inácio, treinador
Se a ideia delas é arranjar quem feche a porta, dificilmente conseguirão encontrar melhor candidato...

"Não irmos à Liga dos Campeões é uma martelada bastante grande", Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica
Deixa lá, grande ou pequena há que saber viver com o que se arranja...

"Varandas convenceu-me e fez um grande esforço", João Mário, novo jogador do Sporting
Agradece também ao Inter, que fez um grande esforço para convencer o Varandas a ficar contigo...

"Sempre quis fazer parte de um clube como o Milan", Diogo Dalot, novo jogador do Milan
Claro, num clubezeco como o Manchester United ninguém sente vontade de jogar...

A DEGOLA DOS INOCENTES

"O FC Porto é o melhor clube de Portugal", Malang Sarr, novo jogador do FC Porto
"O Benfica é a melhor equipa do campeonato", Todibo, novo jogador do Benfica
Tão tenrinhos… ainda nem sonham com o que os espera e já os obrigaram a decorar as primeiras frases em cartilhês...

ESPLENDOR NA RELVA

"Dou o clube a quem estiver interessado", Massimo Cellino, dono do Brescia
Eh pá, para aqui não venhas, pela tua saúde! Clubes falidos já cá temos que cheguem...

Diabo do homem! Cada cavadela, cada minhoca!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

PUBLICIDADE