sábado, 31 de março de 2018

Deixam-nos uma réstia de esperança!...



Este também foram convocados, apenas não se sabe bem se serão juízes ou padres, ou devotos ou fiéis! Oremos, que esta quadra fala-nos de... ressurreição! E os paramentos, não sendo da cor mais habitual...

Deixam-nos uma réstia de esperança!...

Leoninamente,
Até à próxima

P.S. - Atenção que eu já vi no Facebook toda esta gente paramentada de escarlate e a clicar no LIKE!...

Venham de lá os três pontos!...


"O que tem de ser tem muita força"! Quando não há cão, caça-se com... leão! Por certo e apesar da ausência de "sir William", o Sporting não se iria apresentar a jogo na Pedreira, com 10 jogadores!...

É provável e desejável que Jorge Jesus não invente e, como "prémio" da canelada que Palhinha pregou no Bruno Fernandes, lhe entregue a titularidade em Braga. Aqui do meu canto, permito-me adivinhar:

Rui Patrício; Piccini, Coates, Mathieu e Coentrão; Palhinha, Bataglia, Gelson e Acuña; Bruno Fernandes e Bas Dost.

Venham de lá os três pontos!...

Leoninamente,
Até á próxima

Estará encontrado o campeão de 2017/18!...



O Sporting reforçou ontem, na Luz, o comando do campeonato nacional de andebol da I Divisão, ao vencer o rival Benfica por 29-24, em jogo da segunda jornada do grupo A da fase final. Os 'leões' continuam assim 100% vitoriosos na temporada face às 'águias' em jogos do campeonato, tendo somado a 23ª vitória seguida na prova.

Em confronto estiveram dois modelos de jogo distintos: as águias a procurarem impor o seu estilo mais rápido e sempre virado para o contra-ataque e os leões a utilizarem ataques mais estáticos e com maior circulação de bola, conseguindo sempre estancar a rapidez benfiquista nas transições defesa/ataque, através de atenta e eficaz recuperação defensiva e evidenciando sempre uma maior racionalidade e eficácia na organização e concretização das acções ofensivas.

Depois de uma primeira parte equilibrada, com o Sporting a liderar ao intervalo por escassos dois golos, na segunda parte, acentuou-se o domínio sportinguista, cuja 1ª linha se revelou mais acutilante e eficaz, com destaques individuais dos cubanos Carol e Valdés, além do veterano espanhol Carlos Ruesga, enquanto que na defesa, o sistema 6/0 adoptado pelo Sporting provocou extremas e quase inultrapassáveis dificuldades à 1ª linha adversária.

Tudo isto para acentuar o brilho do extraordinário trabalho que Hugo Canela, em pés de lã, vem desenvolvendo no Sporting, que será na actualidade uma equipa quase imbatível no panorama do andebol nacional.

Se algumas dúvidas restassem sobre a irrefutável supremacia leonina, bastará recordar a classe e a confiança com que os leões responderam ao seu adversário quando este, em puro desespero de causa e a perder por uma diferença de cinco golos (18-23) a 10 minutos do fim, alongou a sua defesa para um sistema 4+2, com Pedro Seabra e João Silva como defensores mais adiantados e aumentou a intensidade e o ritmo de jogo, chegando a reduzir para apenas dois golos (22-24) a sete minutos do fim, gerando uma insuspeita, embora justificada mas sempre comedida euforia nos sectores das bancadas reservados aos adeptos da casa, facto que não deixa de ser curioso e mais não significará do que o reconhecimento da superioridade do Sporting. Só uma grande equipa, consciente do seu valor e com processos de jogo perfeitamente assimilados, conseguiria resistir e ultrapassar esse "último e desesperado assalto" e acabar por vencer confortavelmente por cinco golos.

Dá prazer assistir hoje a um jogo de andebol em que esteja presente o Sporting! Trata-se de um autêntico "relógio suiço", onde nada acontece por acaso, desde a permanente catadupa de substituições até aos quase científicos e cirúrgicos descontos de tempo, passando pela extraordinária comunhão de esforços entre um colectivo solidário e tacticamente a raiar a perfeição. Hugo Canela está feito um "senhor treinador" e começa a distanciar-se, quiçá irremediavelmente, no topo do melhor que teremos em Portugal!...

Com uma boa margem de segurança, poder-se-à dizer que...

Estará encontrado o campeão de 2017/18!...

Leoninamente,
Até à próxima

sexta-feira, 30 de março de 2018

Manda-os antes para as suas "queridas mãezinhas"!...



Sempre que ouço por aí políticos, jornalistas, dirigentes desportivos e outra gente do mesmo quilate em bicos de pés, proclamarem a urgente necessidade de pacificação do futebol português, mijo-me de tanto rir. Pelas pernas abaixo e até pelos olhos me mijo todo. E lembro-me das duas personalidades que escolhi para encabeçar mais um postal de nojo, por tudo aquilo que me envolve. Nos envolve a todos. Pelo menos aqueles que ainda vão resistindo a comer gelados com a testa...

Paz será o conceito mais nobre e elevado que nos permitirá estabelecer a maior diferença entre estas duas personalidades: enquanto um amava a Paz, mas sempre a subordinou à Justiça, o outro brinca com ambas e, se a alguma coisa se subordinará, decerto que não será a uma nem a outra...

Recomendo vivamente, para uma melhor compreensão desta ideia que vos deixo, o sublime postal que hoje o "Sporting com Filtro" deu à estampa. (LINK) Considero, mais do que imperiosa, a sua leitura imperdível: "Paz sim, mas primeiro Justiça"!...

Por outro lado, não precisarei de perguntar a ninguém, muito menos aos meus leitores sportinguistas, qual o cordeiro, que os tais "jornalistas, dirigentes desportivos e outra gente do mesmo quilate em bicos de pés" apelidam de Trump, desejariam ver já amanhã ser imolado no "altar do sacrifício". Obviamente!...

E aí surge-me mais uma tremenda lição que Sir Wiston nos legou para todo o sempre e que o "cordeiro a caminho da ara" deverá ter sempre presente em cada momento, enquanto arranjar força e coragem para permanecer neste "pântano nauseabundo pejado de répteis":

"Nunca desistas, nunca, nunca, nunca. Em nada. Grande ou pequeno, importante ou não. Nunca desistas. Nunca te rendas à força, nunca te rendas ao poder aparentemente esmagador do inimigo"!...

Já eu, na minha humilde sapiência, me permitiria deixar-lhe apenas este singelo e modesto conselho:

Deixa de os mandar a todos para a p*** que os pariu! Pára com isso...

Manda-os antes para as suas "queridas mãezinhas"!...

Leoninamente,
Até à próxima

Cada vez mais perto da renovação do título!...



SPORTING VENCE NA LUZ E FICA AINDA MAIS ISOLADO

Com esta retumbante vitória, os leões somam agora 44 pontos, mais três do que o FC Porto e mais quatro do que o Benfica


Cada vez mais perto da renovação do título!... 

Leoninamente,
Até à próxima

Que amanhã a vitória sorria ao Sporting CP!!!...



Calmo, sereno, natural, desmistificador e... confiante em que os jogos se resolvam no local próprio e por quem verdadeiramente possui os atributos para o conseguir, assim se mostrou Jorge Jesus no lançamento do jogo de amanhã...

Só no ballet se demonstram o talento e a classe em bicos de pés! No futebol, a vitória apenas sorri... a quem marcar mais e sofrer menos golos!...

Que amanhã a vitória sorria ao Sporting CP!!!...

Leoninamente,
Até á próxima

É capaz de ser crime! Ou não?!...


Hoje giro eu - Selecção: a ponta do iceberg do futebol luso



Portugal é campeão da Europa de futebol e tem os melhores jogadores do mundo em futebol, futsal e futebol de praia. Factos destes deixam felizes os portugueses e, em particular, a Federação Portuguesa de Futebol, mas reflectirão o verdadeiro nível global do nosso futebol, e o seu peso social e económico, à escala europeia e mundial? 

Em contrapeso, Portugal ocupa a sétima posição no Ranking UEFA de clubes - onde só está representada a elite do futebol luso -  e tem vindo a descer, perdendo recentemente posições, primeiro para a França, depois para a Rússia, facto que nos custou já um lugar na Champions. Adicionalmente, um estudo da Associação das Ligas Europeias Profissionais coloca a nossa 1ª Liga apenas em 12º lugar no que respeita a média de assistências nos estádios, com um número médio de 11838 espectadores, onde só Benfica, Sporting, Porto e Vitória de Guimarães têm assistências superiores a esse valor. Por outro lado, no referido estudo apresentado em Janeiro deste ano, a nossa 2ª Liga encontra-se na 46ª posição (em 47 alvo do estudo), com médias de assistências inferiores a 1000 espectadores por jogo. Paralelamente, ontem soubemos que os árbitros principais e os árbitros auxiliares portugueses não estarão representados no Mundial de Selecções, não constando de um elenco que inclui 99 árbitros provenientes de 46 países.

Estamos perante uma enorme divergência de dados, onde se nota uma gradual perda de competitividade interna que parece estar mascarada pelas competências e experiência que os nossos principais futebolistas têm vindo a adquirir externamente e que têm contribuido para o sucesso internacional das nossas selecções.

Perante estas duas realidades paralelas, como podem as autoridades competentes ajudar a construir o novo edifício do futebol português? A ideia que me dá é que o nosso futebol necessita urgentemente de maior equidade entre as equipas (a negociação em bloco dos DireitosTV teria ajudado a isso), maior transparência (é só estar atento às televisões, jornais e blogues, faz falta um Código de ética que vincule todos os agentes desportivos), mais e melhor formação de árbitros, uma maior promoção do espectáculo desportivo e regras que garantam a defesa do jogador made-in Portugal e que assegurem a continuidade do trabalho feito na Formação. Em suma, uma muito melhor Organização, que dê resposta às alterações demográficas, sociais, culturais e económicas do meio envolvente, assegurada por verdadeiros decisores e estrategos que saibam pensar o futebol nas suas múltiplas vertentes.

Eu noto muito pouco a ser feito ao nível das reformas que se impõem e, principalmente, não vejo acento tónico na assumpção de erros e na necessidade de mudança. Quem passa a vida a resistir à mudança, um dia acaba por ter de resistir à extinção. Têm a palavra a FPF/ Liga de Clubes/ APAF e outros agentes do fenómeno desportivo, sem esquecer o papel do governo e do poder judiciário, este último enquanto segunda derivada da garantia do cumprimento das regras, que deveria, em primeira mão, ser assegurado por Federação e Liga.»

Apetece-me saudar o Pedro Azevedo. Porém, bulir com o umbigo do "establishment"...

É capaz de ser crime! Ou não?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Anjo, anjinho ou demónio?!...


CAPITÃES DE ABRIL


«O futebol está a ser sujeito a ataques que desafiam a paciência dos adeptos e põem em causa a integridade dos jogadores. Sucedem-se as denúncias anónimas com supostas tentativas de aliciamento, criando-se uma atmosfera perigosa e um clima de podridão que se torna irrespirável.

Os jogadores sentem-se feridos na dignidade e honestidade e é natural que tomem medidas na defesa do seu bom-nome que serão sempre também em defesa da competição. Pelo mesmo passaram – e continuam a passar – os árbitros, resultando daqui uma nuvem imensa de desconfiança que não poupa ninguém e descredibiliza o futebol.

A presença dos capitães nas audiências pedidas pelo sindicato dá força ao ‘movimento’ e são inspiradoras não para fazer uma revolução (convocar uma greve não faz sentido) mas sim para sensibilizar e mobilizar todos aqueles que estão cansados de guerras e jogo sujo. 

O gesto de fair play da equipa feminina de futsal do Benfica não pode deixar de merecer amplo reconhecimento e elogio. Numa altura em que duvidamos, em muitos momentos, do sentido do desporto, sobretudo o de alta competição, estes exemplos de ética e de fair play enobrecem atletas e clubes e fazem-nos acreditar em melhores dias.»

Anjo, anjinho ou demónio?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sempre "sube" que cada um tem a Fé que merece!...


Sempre "sube" que cada um tem a Fé que merece!...

Leoninamente,
Até à próxima

quinta-feira, 29 de março de 2018

Um "monstro" com um "muro" à frente dos olhos!...


Há monstros e monstros bons

Há sempre gente indesejável a atravessar-se nos textos quando se pretende escrever sobre futebol

«Desafiado a caracterizar-se, o benfiquista Fejsa considerou que os adjectivos "monstro", "inteligente" e "muro" lhe assentavam bem. É verdade! Convidado a falar de futebol, o primeiro-ministro António Costa reafirmou que o adora "dentro das quatro linhas" mas detesta tudo o que se passa fora delas. Apesar de tudo, mostrou-se aliviado porque na Grécia um dirigente entrou em campo de pistola e cá "ainda não chegamos a esse ponto". É a verdade preocupante! Mas preocupante a sério, como se percebe pelos insultos de Bruno de Carvalho a António Salvador depois de uma azeda troca de argumentos sobre dinheiros que vão para além da transferência de Battaglia.

Estará fora de questão que António Salvador e Bruno de Carvalho puxem de pistola um para o outro depois de amanhã, quando Braga-Sporting pelejarem pelo terceiro lugar, mas arrastar o nível das discussões até ultrapassar os limites da sanidade e atingir a baixaria pode ter consequências graves. A irracionalidade das turbas em fúria é difícil de controlar. Um penálti bem ou mal assinalado, um golo anulado ou até um fora de jogo tirado de esguelha passa de decisão errada a potencial foco de conflito.

Os monstros que interessam ao futebol não são esses. São os do início do texto, os futebolistas de excepção, os portadores de capacidades incomuns, como o multicampeão Fejsa, ou o miúdo Dalot que tem tudo para ser um fenómeno, ou os manos Horta ou o imponente Rui Patrício. Só queria escrever sobre esses, mas há sempre gente indesejável a atravessar-se nos textos que só pretendiam ser de futebol!»
(Carlos Machado, Opinião, in O Jogo)


Quando o senhor jornalista Carlos Machado me provar que acusar o presidente de outro clube de estar "a cometer um equívoco, a ser chico-esperto, ou trafulha" não passa de "uma azeda troca de argumentos", reconhecer-lhe-ei moral suficiente para se poder dar ao desplante de apenas considerar insultuosa a resposta do primeiro presidente a ser visado.

Julgo que o senhor jornalista Carlos Machado terá a noção correcta de que "legítima defesa" não assistirá apenas a quem de arma em punho responde a uma agressão perpetrada por alguém também armado. A "legítima defesa" é um conceito reconhecido universalmente, sejam quais forem as armas que os contendores tenham na mão, na boca, na caneta, ou até nas teclas!...

Sabe senhor jornalista Carlos Machado, opiniões todos as temos! Mas para que sejam respeitadas, jamais deveremos permitir que ao emiti-las, se atravessem na nossa escrita, ou na nossa fala, tanto "gente indesejável", quanto "objectivos inconfessáveis". A menos que também o senhor jornalista acabe por ser...

Um "monstro" com um "muro" à frente dos olhos!...

Leoninamente,
Até à próxima

Mereciam bem mais do que o dedo espetado!...


ÁRBITROS PORTUGUESES BANIDOS DOS ELEITOS PARA O MUNDIAL

Numa lista de 36 árbitros e 63 assistentes de 46 países, nem um do campeão europeu em título, mereceu o privilégio de estar presente na Rússia

"It's an injustice", dizem os calimeros do apito escarlate, como se na FIFA o regabofe se comparasse ao que suportamos por cá há tantos e tantos anos!...

Mereciam bem mais do que o dedo espetado!...

Leoninamente,
Até à próxima

Alguém vai fazendo desaparecer a gabardina!...


PORTUGAL UMA VERGONHA

«Uma vergonha de jogo que teve uma segunda parte a arrastar-se e que acabasse o mais rápido possível. Um jogo para esquecer que põe em causa a moral de Portugal e de Ronaldo que vinha embalado de uma série de jogos sempre a marcar.

Fernando Santos já fez muito pela selecção portuguesa, mas não pode começar a inventar. Quem é campeão europeu tem responsabilidades acrescidas. Fernando Santos sempre foi melhor gestor de jogadores e de egos, do que treinador propriamente dito. Os seus critérios na feitura da selecção contra a Holanda foi desconexo. Não se pode jogar sem um trinco de raiz.

Portugal já não é uma equipa qualquer, tem que ter o realismo de se apresentar com profissionalismo e prestigiar o seu nome. 

Foi um jogo que se tornou um suplício para quem foi campeão europeu e, é só, o 3.º do ranking Mundial! 
Achei este jogo uma vergonha, uma humilhação, uma desgraça, um enxovalho e um embaraço. 

A expulsão de João Cancelo ficando Portugal com 10, tirou qualquer veleidade de recuperar do 0-3. A falta de João Cancelo no meio-campo mostra desorientação e ausência de traquejo para estas andanças. Jogar no Inter de Milão não é porta de entrada para esta selecção.

O ânimo da selecção foi destruído. A vitória nos minutos finais contra o Egipto levantou a moral, porque o jogo em si, mostrou Portugal com muitas debilidades.

Pepe faz muita falta para ordenar a nossa defesa. Este jogo de preparação é um aviso sério que as coisas têm que mudar para Portugal não chegar à Rússia e ser esmagado.

A primeira parte foi uma humilhação em jogo jogado que não me recordo de ver Portugal tão pequenino, e nós portugueses passarmos por isto.

João Mário e Adrien têm jogado pouco e não estão com ritmo de jogo. Manuel Fernandes esteve ausente do jogo. Será importante para a integração da nossa selecção em Moscovo, mas tem que mostrar a sua utilidade, de outro modo, não se justifica.

Ronaldo merece uma equipa melhor e à sua imagem. Portugal tem que fazer uma gestão de continuidade e deixar-se de experiências sem sentido. Contra o Egipto foi o que se viu e só o santo Ronaldo nos livrou de perder.

Fernando Santos tem que deixar de inventar e apostar na equipa de sempre. As mudanças drásticas não são boas conselheiras. Em relação ao jogo, uma referência às bancadas com enormes clareiras, à invasão de campo de vários adeptos para tirar uns selfies e dar uns abraços a Ronaldo. 

Jogou-se na Suíça para os nossos queridos emigrantes, mas parece que não resultou de todo.

Um dia, para esquecer e esperemos que as coisas mudem para melhor. Fernando Santos é engenheiro não é inventor, um engenheiro tem que ser pragmático e eficiente 

Abdiquemos de experiências e honremos e prestigiemos a nossa selecção com os melhores jogadores.
Espero que não passemos de campeões europeus a simples figurantes no Mundial.
A Portugal exige-se atitude, concentração e postura. O que se viu foi invenção, amadorismo, desalento, falta de garra e intensidade.»
(Joaquim Jorge, fundador do Clube dos Pensadores, in Record)
*escreve ao abrigo do antigo AO

Como sempre acontece neste nosso "cantinho" de sol, moscas e muito "porreirismo", tanto e tão exacerbado que os de fora lhe chamam, além de nacional, quase irracional, o tempo encarregou-se de apagar as nódoas que nos fartámos de exibir no europeu de há dois anos e dará a ideia de que para muitos daqueles que deveriam ter a responsabilidade de despertar consciências e chamar a atenção para o facto de ir nu o rei futebol cá do "bairro", apenas terá ficado a recordação dos louros, das comendas e do folclore que então se instalou no pais, designada e particularmente à volta de Belém, sem que o inquilino do palácio, sempre tão assertivo noutras matérias, cuidasse de alertar a colectiva e esquizofrénica alegria, para o facto de os bambúrrios da sorte não acontecerem todos os dias!...

Ainda bem que no meio da irracionalidade desse deserto de "nacional porreirismo", por vezes surgem alguns  oásis de ideias de gente que, no meio do ensurdecedor folclore, ainda vai conseguindo elaborar, contra a corrente do jogo, alguns raciocínios de que outros povos fazem prática diária.

Estará neste último caso Joaquim Jorge, cuja vergasta a sua crónica de hoje nos evidenciou de modo doloroso, mas pleno de realismo e oportunidade. Duvido que haja outra forma racional de analisar a participação da selecção de Fernando Santos nesta "tournée" por terras helvéticas, que não sejam, ainda que Joaquim Jorge, inteligentemente, não o tenha referido, tanto uma descarada "caça ao tesouro" - a selecção portuguesa desfrutará na actualidade do singular privilégio de ser aquela que, a seguir ao Brasil, mais elevados "cachets" cobra pela sua presença em qualquer evento do desporto-rei  a nível mundial! -, quanto uma ainda mais descarada promoção de atletas agenciados pelos mesmos e sempiternos empresários de futebol que, como urubus, gravitam nos palcos mais importantes do "jogo da bola" e o influenciam a seu belprazer. 

E que ninguém me venha falar de santa e cristã honestidade! Nunca colocarei em causa o carácter seja de quem for, desde Fernando Gomes, a Fernando Santos ou a quaisquer outros da "nomenklatura" federativa, mas o facto indesmentível e irrefutável, é que...

Alguém vai fazendo desaparecer a gabardina!... 

Leoninamente,
Até à próxima

Não é senhor primeiro-ministro?!...


O GOVERNO ACHA SEMPRE QUE NÃO HÁ PROBLEMA

«O Governo acha que não há nenhum problema com o futebol em Portugal. É de hoje. Ao Presidente da República ainda se ouvem uns apelos ao bom senso, mas ao executivo nada. Este Governo, terá os seus méritos, mas especializou-se na táctica da avestruz. É uma marca. Nunca há azar e, quando este acontece, logo se vê. 

O Secretário de Estado do Desporto (e da Juventude) a quem não se conhece qualquer currículo na área - é um gestor que foi vereador sem pelouro na Câmara Municipal de Viseu - disse ontem, perante nova escalada de confrontação verbal, que vai da comparação com gangsters a acusações de chico espertice, labrego ou aldrabão, que "há aqui um tremendo equívoco. O Governo intervêm diariamente, nós temos uma relação com a Federação Portuguesa de Futebol, com a Liga de Clubes permanentemente, temos grupos de trabalho ..." 
Ou seja se há grupos de trabalho podemos estar descansados. Mas, como se não bastasse esta declaração no mais robusto politiquês, João Paulo Rebelo ainda nos descansou mais explicando - "refiro-me ao trabalho quotidiano, ao trabalho de acompanhamento, de monitorização, um trabalho de exploração, efectivamente, de, enfim, de alterações até legislativas". 
Repare, leitor, o Governo monitoriza esta loucura instalada e explora eventuais aborrecimentos participa, presume-se nas alterações aos regulamentos. Com a eficácia que se conhece. 

Enquanto o futebol em Portugal está a ferro e fogo, com os principais dirigentes irresponsavelmente a produzirem todos os dias declarações que potenciam os piores sentimentos dos adeptos, com os canais de televisão atacados de programas que são verdadeiras armas de arremesso, largando mentiras e calúnias em muitos casos, os responsáveis do Governo talvez considerem que é tudo um grande exagero (quiçá dos media) e que tudo está na paz dos anjos. 
É vê-los nas galas ou nas apresentações dos eventos, sempre em bicos de pés para acorrerem ao palco, enquanto a casa pega fogo. Em Portugal, ao contrário por exemplo da Grécia, ainda não entraram dirigentes armados em campo. Ou foram presos por serem traficantes de droga. Mas não ver que há um clima instalado sem paralelo em nenhum outro sector da sociedade é não perceber que temos um problema grave. 

Sabe, senhor secretário de estado, já morreram pessoas, há casos entregues à justiça (e sobre esses deve a justiça pronunciar-se) mas talvez seja tempo de o Governo trabalhar com a Federação e com a Liga e ser mais proactivo. De que é que o Estado está à espera para tomar uma posição?»
(Nuno Santos, Ângulo Inverso, in Record)

O Estado está à espera do penta! Depois tudo se resolve... 

Não é senhor primeiro-ministro?!...

Leoninamente,
Até à próxima

quarta-feira, 28 de março de 2018

Força leões! O que não nos mata, torna-nos mais fortes!...


Quase uma dúzia de dias depois de abalarem, percorridos sete mares e outros tantos continentes , baralhados os fusos horários e a mente e com os músculos feitos num pífaro, estes heróis leões voltarão hoje a dormir uma noite descansada em casa!...

Amanhã e depois, voltarão para as mãos de Jorge Jesus, em dois treinos de apronto final, para logo de seguida voltarem à estrada em novo prelúdio de algumas centenas de quilómetros a anteceder mais uma dura batalha com um adversário fresco como uma alface, com todo o seu núcleo duro sem competir há quase duas semanas!...

E depois ouvem-se por aí hinos e hossanas a treinadores milagreiros, quiçá ungidos por "santos e benditos óleos" que, a serem de rícino, talvez adregassem de permitir que alguma justiça fosse feita!...

Apesar de tudo, parece que pedreiros e trolhas estarão cagados de medo! Não fora assim, imperaria o decoro, a sensatez e o respeito e não assistiríamos a tamanhas "melodias do desespero", como se todos não estivéssemos fartos de saber tratar-se do mais puro "baile mandado"!...

Força leões! O que não nos mata, torna-nos mais fortes!...

Leoninamente,
Até à próxima

Juízes em causa própria... NUNCA MAIS!...



«Não sou adepto do clube por causa dos seus dirigentes! Num Estado de Direito ninguém está acima da lei. E a tranquilidade de viver num país onde esse princípio se verifica é um factor de confiança no funcionamento da sociedade.

Adoro o futebol dentro das quatro linhas, mas detesto tudo o que se passa fora das quatro linhas.»

Estranho seria ouvir outra coisa de um primeiro-ministro!...

Agora que o "Estado de Direito" não atire areia para os olhos dos cidadãos desse mesmo estado...

Ninguém aceitará assistir a uma repetição do "Apito Dourado"!...

Juízes em causa própria... NUNCA MAIS!...

Leoninamente,
Até à próxima

Uma Academia para dirigentes desportivos!...

O formador de campeões que recusa a luz dos projectores

Alexandre Pais, revista Sábado, em 28-03-2018

“Use a sua luz, mas diminua o seu brilho” – Lao-Tsé, filósofo chinês (570a.C.-490a.C.)

«Cristiano Ronaldo, Futre, Figo, Nani e Quaresma são apenas os nomes maiores dos excelentes futebolistas que devem a Aurélio Pereira terem encontrado o caminho para o êxito na profissão e na vida. Porque o responsável pelo departamento de Prospecção e Recrutamento do Sporting tem tido a capacidade de ser, em simultâneo, descobridor de talentos, fazedor de campeões e formador de homens.

Há dias, por proposta da Federação Portuguesa de Futebol, a UEFA atribuiu ao técnico a Ordem de Mérito, pelo seu contributo – de quase 50 anos – para o desenvolvimento do futebol português. Só nos campeões europeus de 2016 encontramos dez que foram descobertos por Aurélio Pereira, facto que diz tudo sobre o talento de uma personalidade discreta, que se afasta dos projectores dos média com modéstia, generosidade e grandeza.

Pela redacção do Record desfilaram, entre 2003 e 2013, largas dezenas das maiores figuras do futebol e do desporto. Tive um prazer imenso em conhecer ou reencontrar muitas delas, cumprimentei outras com cordialidade e algumas com indiferença. Mas contam-se pelos dedos aquelas que, como Aurélio Pereira, recebi com particular emoção e até com um sentimento de humildade, em que não sou forte. Curvei-me, e curvo-me, perante mestre Aurélio Pereira. Chapeau




Ah se mestre Aurélio Pereira tivesse um dia pensado, por breves segundos que fosse, em lançar também no Sporting...

Uma Academia para dirigentes desportivos!...

Leoninamente,
Até à próxima

Dá ideia que a criatura terá perdido o tino!...



O CICLO VITORIANO

«Rui Vitória ainda pode dar o tão desejado pentacampeonato ao Benfica mas também corre o risco de terminar a época de mãos a abanar. Aconteça o que acontecer, está seguro no Benfica. O ciclo vitoriano vai continuar. Vitória e Vieira já estão a preparar a próxima época. Por aquilo que se sabe, o mesmo acontece com Sérgio Conceição e Pinto da Costa e com Jesus e Bruno de Carvalho pelo que, independentemente dos resultados finais da época, os técnicos vêm o seu trabalho reconhecido.

Vitória confessou que a dimensão humana ganha particular relevância na sua forma de gerir um grupo. Ao longo dos tempos, uma das características que tem sido destacada nas competências de Vitória é a proximidade que tem e a empatia que cria com os jogadores. "Confiança e coerência" são pilares que, segundo ele, fazem a diferença. Decididamente, é o tempo da liderança dos afectos.

Neste espaço escreveu ontem Bernardo Ribeiro sobre o comportamento dos dirigentes dos clubes e, com espírito de vidente, projectou: as coisas não vão melhorar. De facto, só pioram. A ‘guerra das contas’ entre Sporting e Sp. Braga foi subindo de tom nos últimos dias e baixando de nível nas derradeiras horas. O duelo de sábado joga-se pois sobre um barril de pólvora e deixará muita gente na dúvida se deverá ir ao estádio.»
(António Magalhâes, Saída de Campo, in Record)

Decididamente começo a sentir-me confuso perante a análise dos reflexos que a "orfandade farelar" estará a determinar no senhor director do jornal Record! Começa a ser difícil de classificar como de Édipo ou Electra o complexo que se estará a apossar da criatura, ou se estaremos em presença de uma clara usurpação estratégica dos poderes que, até agora, atribuíamos como monopólio exclusivo do seu homólogo do outro desportivo da capital, sempre que estivesse em causa carregar com mais carvão qualquer fornalha das múltiplas "locomotivas escarlates" geridas pela respectiva "cartilha janelar"...

Com esta última inclassificável premonição que, desgraçada e inconvenientemente, mais se aproxima da incitação à violência do que uma dúzia de "guerras das contas" que lhe serviu de pretexto...

Dá ideia que a criatura terá perdido o tino!...

Leoninamente,
Até à próxima

terça-feira, 27 de março de 2018

Equívoco ou trafulhice?!...


Outro Salvador a ganhar a Eurovisão?! Carmen ou Miranda?!...

Equívoco ou trafulhice?!...

Leoninamente,
Até à próxima

segunda-feira, 26 de março de 2018

Qualquer trapinho lhe fica bem!!!...



Ó Gomes, por que raio vos haveis de preocupar, pá? Com o corpinho que o engenheiro tem...

Qualquer trapinho lhe fica bem!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Qualquer dia acusam a Sábado de ser afecta ao Sporting!...



Benfica: Paulo Gonçalves perde recurso no Tribunal da Relação

Assessor jurídico dos encarnados recorreu da sua constituição como arguido no processo durante as buscas de 19 de Outubro, mas os juízes desembargadores mantiveram-no nessa condição. PJ copiou-lhe emails e conteúdo do telemóvel (LINK)
Segundo notícia avançada pela edição online da revista Sábado às 18:54, o Tribunal da Relação de Lisboa rejeitou um recurso apresentado por Paulo Gonçalves, assessor jurídico da SAD do Benfica, contestando a sua constituição como arguido no chamado caso dos emails.

Paulo Gonçalves, ainda de acordo com a mesma fonte, alegou que as autoridades não cumpriram todos os formalismos legais aquando da sua constituição como arguido. Porém, os juízes desembargadores Vieira Lamim e Ricardo Cardoso confirmaram a decisão do Ministério Público.

Por mais esta "boca no trombone",  'tá-se mesmo a ver mais um processo para a revista Sábado!...

Qualquer dia acusam a Sábado de ser afecta ao Sporting!...

Leoninamente,
Até à próxima

No mínimo, merece fazer a pré-época em Alvalade!...


LUKAS SPALVIS PRONTO PARA VENCER E CONVENCER EM ALVALADE

Depois de longo calvário que se sucedeu ao desafortunado contratempo provocado pela grave lesão na pré-época 2016/17, Lukas Spalvis, 23 anos, parece estar de regresso aos seus melhores tempos, vindo a revelar um excelente e consistente rendimento no Kaiserslautern, clube do segundo escalão do futebol alemão, a quem foi emprestado pelo Sporting durante a presente temporada.

O possante avançado lituano, emprestado pelos leões, depois de atingir as condições físicas ideais e deixar para trás os medos e receios que sempre envolvem a recuperação a que teve de sujeitar-se, tem aproveitado todos os minutos que lhe têm sido dados (914) para recuperar o melhor ritmo competitivo e voltar à forma que o notabilizou e esteve na origem da contratação do Sporting - é agora o segundo melhor marcador do Kaiserslautern, com seis golos em 19 encontros.

Spalvis tem contrato com os leões até Junho deste ano, com opção até 2021, que poderá ser accionada caso mantenha o bom nível. O ponta de lança lituano terá até final da época para convencer Jorge Jesus a dar-lhe nova oportunidade, mostrando poder vir a ser a alternativa a Bas Dost, que tem faltado no ataque leonino.

No mínimo, merece fazer a pré-época em Alvalade!...

Leoninamente,
Até à próxima

domingo, 25 de março de 2018

E como eu também acredito neste "minino"!...


JESUS JÁ TEM PLANOS PARA RAPHINHA (LINK)

Técnico entusiasmado com reforço, que terá papel importante no Sporting
Reforço garantido pelo Sporting para a próxima temporada, o ainda jogador do V. Guimarães, Raphinha, estará a provocar considerável impacto na planificação de 2018/19 em Alvalade. Segundo tem sido avançado, a contratação do extremo brasileiro, de 22 anos, terá sido especificamente pedida por Jorge Jesus que, naturalmente, já terá em mente, como aliás é a sua incontornável imagem de marca, todo um plano – designadamente a nível táctico e físico – para desenvolver junto do jogador durante a pré-temporada. No fundo, o treinador leonino acreditará que tem em Raphinha um ‘diamante’ para lapidar e que poderá fazer do jovem extremo brasileiro um jogador de projecção europeia.

E como eu também acredito neste "minino"!...

Leoninamente,
Até à próxima

Nunca "sube" com tanta certeza!!!...


Eu nunca "sube" o que é viver de favores do banco... E sempre limpei as minhas vitórias!


- Eu apenas sei de pneus;
- Eu apenas roubei um camião;
- Eu apenas tive um motorista que foi preso por tráfico de droga usando instalações e carros do clube;
- Eu apenas passava o meu tempo no escritório do administrador do BES, Amílcar Morais Pires, a aumentar a dívida do clube;
- Eu apenas devo mais de mil milhões de euros;
- Eu apenas sou arguido num caso muito grave em termos criminais;
- Eu apenas tenho o meu braço direito acusado, e já tendo estado detido por crimes graves;
- Eu apenas estou envolvido nos processos vouchers, emails, e-toupeira, que estão a ser investigados por poderem assumir a forma de corrupção e tráfico de influéncias, envolvendo pessoas da FPF, Liga, arbitragem, delegados, observadores, políticos, funcionários judiciais, juizes, jornalistas... Tudo aquilo a que chamam de "estado lampionico" ;
- Eu apenas recebi 50M do BES quando já tinha rebentado o escândalo do mesmo;
- Eu apenas tenho dívidas do clube pelo Novo Banco e banco mau "escondidos" em seguros de vida e produtos similares;
- Eu apenas tenho visto o meu clube a ser investigado num caso que apelidam de "jogos para perder";
- Eu apenas ando a mendigar que não me executem as dívidas, faz anos, usando a minha posição profissional;
- Eu apenas sou o pai de uma cartilha e de um controlo da comunicação social a que chamam de "lápis vermelho";
- Eu apenas apoio claques ilegais que, para mim, são um conjunto de pessoas que se juntam de forma organizada, e que por vezes até matam adeptos de outros clubes que não deviam ter estado naquele sitio específico do Estádio do Jamor nem na rua ao pé de um outro Estádio;
- Eu tenho sempre toalhetes e por isso garanto que limpei sempre as vitórias!

Em suma, nunca "sube" de nada! Não "sube", não vejo, não ouço e não falo!

Vou "mazé" depois do treta lutar com todas as minhas "forças" pelo peta!

By: um estadista

A história tem destas injustiças. Aqui deixo o exemplo de um mero empresário que foi brilhante e visionário, que nunca fez nada de mal, mas que foi injustamente perseguido! No fim a "montanha pariu um rato" e, afinal, tanta coisa se dizia.... e apenas teve uma pequena falha fiscal!



Um torpedo demolidor no "porta-aviões"?! Ou... Apocalypse Now?!...

Nunca "sube" com tanta certeza!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

O mundo terá um canalha a menos!...


PALAVRA DE ORDEM

«Em poucos dias, Luís Filipe Vieira teve duas intervenções públicas. Na gala, foi o elogio do Benfica, relevando os méritos do projecto e de uma forma de estar: "não ganhamos contra ninguém". Omitiu as polémicas e evitou atacar os rivais. Nos Açores, deu um passo à frente, sem se ‘esticar’.

O "dar tudo pelo penta" é a palavra de ordem de Vieira. Daí o desafio à onda vermelha. O foco está na mobilização de acordo com a velha máxima do contra tudo e contra todos que em momentos difíceis é sempre uma ideia aglutinadora e que a conjuntura aconselha. Neste contexto, Vieira recorreu à equipa de futebol – particularmente a Jonas – como exemplo do grau de compromisso e solidariedade que existe no Benfica.

As polémicas ficaram-se por duas ideias-chave: o clube nunca deixa ninguém para trás (Paulo Gonçalves) e as vitórias foram alcançadas no campo e de forma limpa. Se esta última declaração é a que todos esperam ouvir, já relativamente a Gonçalves fica a posição determinada e inabalável: Vieira não o vai deixar cair. Nos ataques a FC Porto e Sporting, nada de novo. Será que da próxima Vieira voltará a subir de tom?...»


"Se fores capaz de agir sempre com dignidade, talvez não consigas mudar o mundo, porém..."

O mundo terá um canalha a menos!...

Leoninamente,
Até à próxima

Bruno quer e os sportinguistas também!...


Obviamente...

Bruno quer e os sportinguistas também!...

Leoninamente,
Até à próxima

O sonho comanda a vida!...


SPORTING VENCE OLIVEIRENSE NA LIGA EUROPEIA DE HÓQUEI EM PATINS APÓS REVIRAVOLTA


O Sporting deslocou-se ao final da tarde de ontem a Oliveira de Azeméis onde venceu a equipa local por 3-2, depois de um resultado negativo de 2-1 ao intervalo, na primeira mão dos quartos de final da Liga Europeia de hóquei em patins. Uma saborosa vitória que permite aos ‘leões’ levarem vantagem para a segunda mão, a disputar a 7 de Abril no Pavilhão João Rocha.

Nos restantes jogos desta 1ª mão dos quartos de final, verificaram-se os seguintes resultados, disputando-se a 2ª mão também a 7 de Abril, com os visitantes de hoje a receberem os respectivos adversários: 

Liceo da Corunha-Reus, 4-1
Benfica-Porto, 3-2
Follonica-Barcelona, 3-3

O sonho comanda a vida!...

Leoninamente,
Até à próxima

sábado, 24 de março de 2018

Muito bonito é o emblema do Sporting!...


Ontem...

Hoje...
LOJA DO SPORTING NA BAIXA DE LISBOA VANDALIZADA HORAS DEPOIS DA INAUGURAÇÃO


A nova Loja Verde do Sporting, a primeira fora da Cidade Desportiva de Alvalade, situada na baixa de Lisboa, concretamente na Rua Augusta, junto ao Elevador de Santa Justa, foi vandalizada, presumivelmente durante a última madrugada, tendo sido arrancado o emblema dos leões, colocado sobre uma das portas de acesso, quando ainda nem sequer se haviam cumprido 24 horas desde que o espaço fora inaugurado pelo presidente do Clube, com a presença de Jorge Jesus, acompanhado de vários jogadores do plantel leonino e de vários outros atletas de diversas modalidades do Clube. O evento contou ainda com a presença do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.



Será difícil assistirmos no futuro a que os adeptos sportinguistas venham a oferecer a outra face depois do tabefe que, de modo selvagem, um bando de energúmenos lhes aplicou...



Muito bonito é o emblema do Sporting!...


Leoninamente,
Até à próxima

P.S. - Decidida e premonitoriamente, o blog Mister do Café, incluiu este curioso "post scriptum" no postal que publicou na sexta-feira às 14.07:

«É bom que as autoridades estejam bem atentas às imediações na nova loja verde a ser inaugurada hoje. Segundo consta, está a ser preparado folclore.» 

Parece que as autoridades, ou não costumam ler o Mister do Café, ou então pelam-se por folclore, muito particularmente quando é executado por uns certos "ranchos folclóricos não organizados"!...

PUBLICIDADE