domingo, 27 de setembro de 2020

Um excelente ensaio para quinta-feira!...


Mais uma demonstração das qualidades que parecem ter chegado e estar aí para durar no Sporting: muita competência em todos os sectores e em particular na defesa, equilíbrio global e... uma quase cínica frieza que começa a sugerir meças à típica forma de jogar dos alemães! Os leões já haviam feito uma abordagem parecida no jogo com o Aberdeen e hoje pareceram pretender demonstrar na Capital do Móvel, onde mora uma equipa matreira e lutadora, que não terá sido por acaso o processo usado com os escoceses.

Apenas Tiago Tomás parece ainda não ter interpretado o novo 'adn' que começa a ser evidente e visível no Sporting: numa equipa com este perfil, um dos seus homens-golo não pode jamais precipitar-se tão infantilmente quanto ele o fez aos 3' de jogo, falhando um golo cantado, apenas com o guardião adversário pela frente e, muito menos, resolver de uma forma tão egoísta como aos 38', quando depois de ganhar espaço dentro da área, desperdiçou uma das melhores jogadas da equipa no jogo, com um remate sem nexo, quando tinha Nuno Santos na posição ideal e sem qualquer oposição para concretizar. Se movido por sentimentos que nunca ficarão bem a quem compõe um colectivo num jogo tão exigente como o futebol, teimar em continuar a cometer erros desta natureza, que não se admire se os 'astros', sorrateiramente e sem avisar, lhe começarem a retirar o tapete!...

Porro e Nuno Mendes voltaram a deixar bons sinais, os três centrais chegaram e sobraram para as encomendas, enquanto Wendel e Matheus Nunes foram importantes, o primeiro na posse e o segundo nos duelos e recuperação da bola. Quanto a Nuno Santos trouxe velocidade e verticalidade ao flanco esquerdo e Daniel Bragança deixou bons pormenores com bola.

Quanto a Fábio Veríssimo, coitado, terá passado grande parte do jogo a implorar aos jogadores que não o "comprometessem"! Oxalá Aleksey Kulbakov consiga fazer melhor dentro de quatro dias...

Um excelente ensaio para quinta-feira!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Não direi que os amarelos mostrados aos nossos não tenham sido justificados...
    Estranho porém que não tivesse tudo o mesmo critério ( em faltas iguais...), para com os jogadores do PF...
    Mas “ compreeende-se” não é...?
    Afinal “ continua fácil “ amarelar jogadores sportinguistas...
    SL
    Abr

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE