domingo, 27 de setembro de 2020

O Sporting sempre soube escolher, democraticamente, o seu o Futuro!...


Sócios do Sporting chumbam Relatório e Contas e Orçamento por larga maioria
Documentos reprovados por quase 70 por cento dos associados que votaram

De forma democrática e linearmente concludente os 3.115 associados que participaram na Assembleia Geral do Sporting Clube de Portugal deste sábado, 26 de Setembro de 2020, marcada para votar o Relatório e Contas da temporada 2019/20 e Orçamento da época 2020/21, reprovaram os números  e pressupostos apresentados pelo Conselho Directivo por larga e concludente maioria.

Contra o Orçamento para 2020/21 votaram 69,19% dos associados participantes na AG, tendo votado 30,81% a favor. Um resultado idêntico em relação ao Relatório e Contas de 2019/20, que registou a reprovação de 67,22% dos associados, com 32,78% a favor.

Imediatamente a seguir a terem sido divulgados estes resultados o Conselho Directivo do Sporting emitiu o seguinte comunicado:


Como associado do Sporting Clube de Portugal e face à situação de contingência a que todos estamos obrigados, residindo bem a Norte de Alvalade, entendi por bem não me deslocar a Lisboa para expressar os meus votos nesta AG. Mas aceito democraticamente os concludentes e incontornáveis resultados que o Clube acaba de anunciar e, nessa condição, compreendendo o legítimo teor do comunicado acima, entendo que a expressão do sentir dos 3115 sportinguistas que se deslocaram a esta AG, irá muito para além da rejeição dos documentos que hoje lhes foram submetidos. Ela afigura-se-me muito mais como uma "rejeição à moção de confiança apresentada pelo executivo do Sporting"! E, apesar de costumarem ser necessárias três rejeições, já vi muitos governos caírem à segunda!...

Porque não sou jurista e muito menos "achista", deixo a análise a esta séria questão para quem no Sporting o souber e quiser fazer, na certeza de que parecendo-me a rejeição do Relatório & Contas 2019/2020 irreversível, assim como não se me afigura como exequível a elaboração de um novo Orçamento 2020/2021 capaz de recolher a aceitação dos associados em nova Assembleia Geral, vejo como muito problemática a continuação pacífica destes OS até ao final do seu mandato.

Há no entanto em mim uma enorme certeza...

O Sporting sempre soube escolher, democraticamente, o seu o Futuro!...

Leoninamente,
Até à próxima

4 comentários:

  1. Funcionou a Democracia...
    Por aí...tudo bem...!

    Agora actos de violência ( mesmo que localizados) e ódios latentes...
    Não podem trazer nada de bom ao nosso Clube...

    Sporting Sempre......!

    SL

    ResponderEliminar
  2. A situação do Sporting CP não se compadece com a permanente tentativa de perturbar, conflituar e bloquear a governação condizente, em paz e normalidade.
    Tudo a que tenho lamentavel e impunemente assistido, conduz ao definhar do clube, à sua condenação no presente e irremediável desaparecimento futuro, em termos financeiros e desportivos.
    É uma visão assustadora, dramática, revoltante e aviltante que me assalta o corpo e espírito, sobre um dos meus grandes Amores da Vida - o Sporting CP, mas estou profundamente desiludido e céptico, quanto ao futuro.
    Uma minoria de bandidos, desordeiros e energúmenos à solta, cobardes e violentos enquanto seita e, acolitados nas instalações do próprio clube, minam, combinam e conspurcam o ambiente social e cívico, agridem e perseguem sócios, prejudicam e provocam gravíssimos danos, prejuízos materiais e económicos, arruinando a confiança e credibilidade, agem em grupo, amedrontando e coagindo pessoas e sócios, agridem verbal e fisicamente, cospem crianças, desafiam a Lei, a Ordem, as Autoridades e a Sociedade,...
    Como é possível a sua existência, a sua impune continuidade, o pleno escárnio e desafio das entidades de segurança e acometidas competencias de quem de direito, num Estado Livre e Democrático?
    Estão a matar uma forma de estar e viver, com humanismo, com fé, com valores, com referências, com História consolidade de Honra, de Dignidade e de Prestígio, forjadas na humildade, com muito esforço, suor, lágrimas e sangue.
    Que lamento, indignação e tristeza, por assistir à destruição e ruína do meu querido Sporting CP, precisamente por uma horda de vândalos, desordeiros, criminosos e ignóbeis cretinos.
    Lutarei sem desfalecimento nesta réstia e final, do percurso de Vida, para que tal não ocorra em certeza e consciência, que possam catalizar os meus últimos suspiros.
    Sempre e Sempre - Força Sporting.
    SL

    ResponderEliminar
  3. 3115!
    2150 numero dos que votaram contra.
    O Sporting tem 70000 sócios pagantes.
    É tirar as ilações:

    ResponderEliminar
  4. Revejo-me no texto de "Rumo Certo-Ventos Favoráveis".
    Abraço. S.L.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE