domingo, 20 de outubro de 2019

VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!...



«O Sporting Clube de Portugal e a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD informam que, na presente data, resolveram, com efeitos imediatos, os protocolos celebrados, no passado dia 31 de Julho, com a Associação Juventude Leonina e com o Directivo Ultras XXI - Associação.

Esta resolução é determinada em virtude da escalada de violência que ontem culminou com tentativas de agressões físicas a dirigentes e outros adeptos do Sporting Clube de Portugal.

Regista-se também o incumprimento sistemático, por aqueles Grupos Organizados de Adeptos (GOA), das diversas obrigações que para si resultam dos referidos protocolos, nomeadamente a obrigação prevista na cláusula 3.1., mediante a qual “O GOA obriga-se a que os responsáveis dos GOA, os Sócios SCP dos GOA ou simpatizantes cumpram a lei (nomeadamente a Lei n.º 39/2009 de 30 de Junho, na redacção resultante da Lei n.º 52/2013, ou outra que venha a suceder-lhe), os Estatutos do SCP e os Regulamentos, no respeito das Instalações Desportivas do SCP e das pessoas e bens e o disposto no presente protocolo”, de que são exemplo as multas suportadas pelo SCP e SCP - Futebol, SAD por comportamento dos adeptos.

Mas, mais importante ainda do que estes factos, a resolução é determinada por aqueles GOA terem vindo a faltar sistematicamente no apoio devido aos atletas do Sporting CP, nomeadamente da equipa principal de futebol, razão primeira da celebração dos referidos protocolos. Com efeito, a única razão de fundo para a celebração dos protocolos é permitir aos GOA as melhores condições para o apoio aos atletas das equipas do Sporting CP; e, faltando esse apoio, falta, naturalmente, a razão de ser da vigência do protocolo.

O SCP e a SCP - Futebol, SAD cumpriram, integralmente, os protocolos; e esperavam da Associação Juventude Leonina e do Directivo Ultras XXI - Associação igual cumprimento integral.

O Sporting Clube de Portugal é uma instituição centenária, que sempre fez o seu trajecto no respeito do Desporto e que não pode compactuar com comportamentos violentos, contrários à lei e que apenas contribuem para o afastamento dos restantes Sócios e adeptos dos recintos desportivos. O Sporting Clube de Portugal rege-se pelos seus princípios e não abdicará deles, por muito difícil que seja alterar hábitos e privilégios antigos e sem qualquer justificação dentro do Universo Sportinguista.

Procurámos, com o máximo de abertura possível e pensando exclusivamente no apoio às nossas equipas, reformatar a relação que vinha sendo mantida com os nossos GOA e reformulámos os protocolos de relacionamento, reduzindo benefícios e aproximando os membros dos GOA dos direitos e obrigações que os demais Sócios do Sporting Clube de Portugal têm.

O futuro do Sporting CP define-se inevitavelmente nas decisões que tomarmos hoje e há coisas que já não podem ser toleradas, menosprezadas e que temos de enfrentar com coragem e lucidez. Não decidir será causador dos maiores danos para o destino do Clube.

O presente do Clube é também uma consequência do seu passado. Os crimes cometidos em Alcochete e que se traduziram no maior ataque desportivo, financeiro e humano ao Sporting Clube de Portugal estão na memória de todos e a História não se apaga. Foram dezenas de milhões de euros de prejuízos, danos reputacionais inestimáveis para a imagem, nome e marca Sporting CP. Foi a página mais negra da História do Sporting Clube de Portugal com um impacto muito negativo para o bom nome do Clube, infelizmente com consequências que perduram e dificultam a relação do Clube com outros clubes, dirigentes, agentes, jogadores e treinadores. Mas o que aconteceu tem de servir para que se retirem ilações e devemos, no limite, aprender com essa tragédia. Aprender implica não repetir os erros do passado e não tolerar as tentativas de repetição como o ocorrido na mais recente invasão à garagem em Alvalade. E com que intuito? Mais agressões, mais rescisões, mais perdas.

Uma claque, seja ela qual for, tem uma função: apoiar as equipas do clube. Se é usada para outros fins, se ameaça sócios nos estádios, recintos e assembleias gerais, se usa a violência física ou verbal contra atletas, treinadores, técnicos, dirigentes e outros sócios, se essa violência é gratuita ou patrocinada, se essa violência é espontânea ou instigada, se acha que está acima dos outros sócios, se ataca e desvaloriza o clube e o seu bom nome, se causa prejuízos de milhões de euros ao clube, se faz com que o clube pague centenas de milhares de euros em multas, se é notícia pelos piores motivos, se nem sequer apoia o Sporting Clube de Portugal, se faz com que os atletas sintam que “jogamos sempre fora”, então não está a servir o Sporting Clube de Portugal, então não está a desempenhar a função para que foi criada.
Por fim, está em dívida a segunda prestação relativa à regularização da bilhética de 2018/2019, vencida em 9 de Outubro passado, facto que origina, nos termos da Lei, o vencimento automático de todas as demais prestações previstas no Anexos aos Protocolos.

Assim, decidiu o Sporting Clube de Portugal, a bem dos seus Sócios, atletas, dos seus profissionais, a bem dos superiores interesses desportivos e financeiros do Sporting Clube de Portugal, e do seu futuro, terminar, com efeitos imediatos, o protocolo existente com quem violou dolosamente e conscientemente obrigações desse mesmo protocolo, com quem violou os estatutos do Sporting Clube de Portugal, com quem violou a lei da República Portuguesa, com todas as consequências que daí advirão.

Esta é uma questão muito séria, não exclusiva do Sporting Clube de Portugal, e que a partir dum certo momento tem de ser tratada pelo Estado Português. A violência no desporto e os meios de combate à mesma não são uma questão que o Clube deva tratar sozinho. Mas esta não é também uma questão somente do Estado Português, porque a violência no desporto preocupa e muito as mais altas instâncias do Futebol Mundial, UEFA, FIFA. Em inúmeros Estados Europeus, nomeadamente em Inglaterra, houve coragem para lidar, combater e erradicar a violência dos estádios e recintos desportivos.

Esta questão é demasiado séria. Apelamos que, não obstante divergências legítimas, independentemente de críticas que sejam justas e que reconhecemos, apesar de protestos e críticas razoáveis e pertinentes da massa associativa que humildemente aceitamos, haja o maior sentido de responsabilidade. Apelamos ao mais elevado sentido de Estado para quem quer verdadeiramente o bem-estar do Sporting Clube de Portugal. Apelamos ao mais profundo e genuíno Sportinguismo de todo e cada Sócio do Sporting Clube de Portugal. Esta é uma questão estrutural para o presente e futuro do Sporting CP e não meramente conjuntural. Apelamos a todos os sócios do Sporting CP para que não se faça demagogia com este tema, para que não haja nenhum tipo de oportunismo político em torno desta questão. O Sporting Clube de Portugal não merece isso. Nenhuma divergência com qualquer Direcção ou dirigente justifica uma alta traição ao próprio Clube numa questão desta gravidade. Este é um problema que, a bem de todos, a bem do Sporting Clube de Portugal e até do Futebol Português, tem de ser resolvido.

Esta Direcção enfrentou condições muito difíceis e a nossa missão é apesar do contexto pós-Alcochete, apesar do que fizeram de mal, de muito mal ao Sporting Clube de Portugal – a de entregar o Clube num estado melhor, bem melhor, do que aquele em que o recebemos. Essa é a nossa missão.

Dissemos e reafirmamos que nunca, mas nunca, nos faltará a coragem para protegermos e defendermos o Sporting Clube de Portugal seja do que for, seja de quem for.

E apesar das ameaças, da coacção, das injúrias, dos insultos, apesar dos riscos, apesar de tudo, consideramos que temos todos, mas todos, de enfrentar este problema que se arrasta e que se agrava a cada dia que passa, esperando uma regeneração, um novo rumo, da parte de quem quer realmente apoiar o Sporting Clube de Portugal.

Esta é uma questão em que os Sócios e adeptos do Sporting Clube de Portugal devem estar verdadeiramente unidos. É altura de dizer basta. É altura de tomar uma posição. E a única posição possível é a de defender o Sporting Clube de Portugal.

Hoje, lamentando profundamente este desfecho, escolhemos o Sporting Clube de Portugal.

O Sporting CP é de todos. Viva o Sporting CP!


Pelo Sporting CP e pela Sporting CP - Futebol, SAD»




Finalmente a coragem para fazer o que há muito, necessária, obrigatória e imperiosamente teria de ser feito! Honra aos actuais dirigentes do Sporting Clube de Portugal! Merecem o mais profundo respeito de toda a gente de bem que constitui a Grande Nação Sportinguista!...


Mas que ninguém se iluda que a este fundamental e importantíssimo 'primeiro passo', outros ainda mais difíceis e a exigir um redobrar ainda maior de inflexível e perseverante coragem, se perspectivam no horizonte e deste  primeiro passo decorrerão: o 'trabalho interno' terá necessariamente de ser levado até às últimas e exemplares consequências, para que nada mais reste de uma organização que, com esse único objectivo, se aprestava para reduzir a cinzas o 'nosso grande amor'!...

Que o Sporting Clube de Portugal faça tudo o que, internamente, lhe competir e deixe para as instituições competentes exteriores ao Clube, aquilo que só a elas competirá!...


VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!...

Leoninamente,
Até à próxima

29 comentários:

  1. Só posso dizer uma coisa: até que enfim!...
    Acima de tudo e todos, o Sporting Clube de Portugal.

    ResponderEliminar
  2. Acho muito bem! Paguem quotas e gameboxes como nós pagamos!Só por isto, upa, upa, a direção subiu muitos pontos na minha consideração. Viva o Sporting!

    ResponderEliminar
  3. De J Correia. 20 Outubro de 2019
    22 h o5.
    As críticas são aparecer e os insultos e ordinarice assim como arruaceiros e actos de violência vão surgir em maior número. As claques com o seu comportamento selvagem a que se juntaram brunecos e brunalgas que nunca aceitaram os os 3 pontapés no cu que os sócios deram ao chefe da seita. tudo têm feito para a instabilidade e turbulência no clube se isso tivesse algum benefício para o clube. Se o Sporting tomou esta decisão só peca por tardia. A torneira da mama fechou. Torneira essa que foi aberta pelo anormal, para ter as claques nas mãos. É por isso que começaram os insultos e distúrbios. Até agora em todos os jogos disputados existem multas para pagar Tudo isto é feito de propósito. As claques são as grandes responsáveis pelo dia mais negro da história do Sporting. Pedem para respeitarem o Sporting, mas não têm respeito por ele. Não vi qualquer comentário sobre o que se passou na Academia, não havia interesse. Apoiem o clube e não façam figura de vândalos e delinquentes. Sporting sempre, Sl.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "As claques são as grandes responsáveis pelo dia mais negro da história do Sporting."
      È só bananinhas a degustarem o que lhes é servido.Àlamo só tens fregueses tótós.
      (Eu sou a excepção que confirma a regra) ..
      SL

      Eliminar
    2. Antes de chamares "tótós" seja a quem for, interioriza que o maior tótó, o maior alienado de todos os sportinguistas que conheço, és tu, infeliz! Compra um espelho para confirmares que, efectivamente, és uma das piores excepções "que confirma a regra", mas exactamente no sentido contrário ao que afirmas. Tu és a negação de sportinguismo: um mentecapto, um completo alienado, incapaz da mais elementar reflexão!...

      Eliminar
    3. Ó Balakov, vives nalguma realidade paralela? É que quem andou a comer tudo o que lhes davam durante cinco anos foram vocês, os seitistas,adoradores do lider da seita.

      Eliminar
  4. Eis mais um dossier complicado que o próximo presidente herdará.

    ResponderEliminar
  5. Até que enfim. Souza Cintra devia ter tomado esta atitude na CG.
    As claques não vão desistir, perder a mama não é fácil.
    O CD tem que se manter firme e os sócios tem que apoiar.
    Vamaos poder levar novamente a família ao estádio José Alvaalde.
    Força Varanadas.
    SL

    ResponderEliminar
  6. E entretanto o Clube está uma desgraça e no pior momento futebolistico da sua história, mas a culpa é do Bruno e das claques!! Ok, continuem que vão no bom caminho!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hei, mas que é isso?... Lavar o comportamento das claques?
      Meu caro consócio -se é que o é- não queira esconder a agressividade, o vandalismo recente de alguns membros dessas claques, pois é isso que está em causa.
      As claques são precisas e parece-me que o CD o reconheceu ao assinar aquele protocolo.
      Mas pelo amor da santa, dar benefícios e receber actos de vandalismo em troca, ver que são constantes as multas a penalizar o Clube e pactuar com isso?
      Se não querem esta Direcção, sabem bem o que fazer e sem estas acções -ou já esqueceram que BdC chegou ao poder graças aos sócios que destituíram Godinho Lopes?
      Sejam Sporting e vejam bem se, lá pelo meio da JL, em especial, não andarão muitos indivíduos infiltrados que nada têm a ver com o Clube e, muito menos, com os nossos interesses.

      Eliminar
    2. Caro Liondamaia, sou sócio sim!!
      Passado este preâmbulo,quero recordar-lhe que o vandalismo e a agressividade das claques não nasceu ontem no Pavilhão João Rocha, ela existe quase desde a sua gênese!!
      Os maus comportamentos de certos elementos das claques são um problema antigo e que carece de uma solução e de medidas inteligentes, como por exemplo; suspensão dos elementos dessa claques que pratiquem actos criminosos ou menos próprios!! Interdição de frequentarem as instalações do Clube e mesmo participação ás autoridades!!
      Isto que se está a passar com esta medida é uma generalização imbecil e não passa de uma manobra de diversão para tirar o foco da humilhante derrota contra o Alverca, da humilhante época futebolística (que parece estar a alastrar para as modalidades) e dos casos gritantes de incompetência da Direção!!
      O terem tirado os bilhetes e outras benesses ás claques, não me causa nenhuma contestação!! Abrir uma guerra nesta altura com dois enormes grupos de sócios, acho sinceramente uma estupidez! E, reitero uma vez mais, sÓ acontece devido ao que atrás referi e devido à enorme (e aí legitima) contestação destes 2 grupos a esta Direção, Porque, e repito,os actos desta maltosa das claques sempre existiram, e se nesta altura estivessem a mostrar apoio ao Varandas, ele estava bem a borrifar-se para os seus comportamentos desviantes e para as benesses!!!Em resumo: Uma medida oportunista, estúpida, que não vem resolver nada de significativo e que contribui para mais um foco de conflito e divisão no Clube!!
      Quanto ao Varandas e sus muchachos, eles vão cair e com estrondo, porque está à vista a sua enorme impreparação e incompetência para gerir o nosso Clube!!
      SL

      Eliminar
    3. Está à vista de quem? Tua? Vocês devem pensar que o pessoal anda todo a dormir! Desde que esta direção foi eleita, os membros da seita têm feito de tudo para minar o trabalho desta direção.
      Estão a fazer o mesmo que fizeram no tempo do Luís Godinho, minar o clube, para depois convocarem eleições antecipadas.

      Eliminar
    4. Sim minha, havia de ser de quem???
      Vou dar-te uma noticia; Os membros da seita não precisam de fazer muito, basta estarem sentados a comer amendoins e ver a estupidez dos teus amigos da Direção!!
      Até tinha graça, não fosse estarem a destruir o meu Sporting!!
      E vens falar do Godinho????? Nem vale a pena dizer mais nada!! Pelos vistos gostas é de ver o Clube em 7 lugar e fora das competições europeias, humilhado e falido!!! Deves ser é lampião, só podes mesmo!! Eles são os maiores apoiantes do teu Varandas!!

      Eliminar
    5. "Os membros da seita não precisam de fazer muito, basta estarem sentados a comer amendoins e ver a estupidez dos teus amigos da Direção"

      Sim sim, é isso mesmo que se tem verificado, os membros da seita não têm feito oposição nenhuma quase desde o primeiro.Estão a tentar fazer o mesmo que fizeram no passado, assalto ao poder para depois irem encher os bolsos á custa do clube.

      "Até tinha graça, não fosse estarem a destruir o meu Sporting!!"

      Tiveste lá um especialista em falir empresas durante cinco anos a destruir o clube, a cuidar dos seus interesses pessoais e não te vi preocupado com o estado em que estava o clube.

      Em relação ao Godinho, se não fosse os activos de valor que ele deixou no clube o lider da seita tinha entregue logo as chaves depois de ser eleito, pois os milhões que ele apregoava ter para colocar no clube, não passavam de estórias da carochinha para enganar vasquinhos.

      Eliminar
    6. Activos??????? No tempo do GL????? Tu deves ser é maluco!!Só podes!!Nem te vou dar mais trela, acabaste de escrever a estupidez do século!!!! Estás a falar de jogadores?? Diz quais?? Estás a falar de 3 meses de salários em atraso?? Estás a falar do estado do relvado?? Estás a falar de não teres TV de Clube?? Estás a falar do Pavilhão que não existia?? Estás a falar de não irmos sequer à Europa??
      Vai-te mas é curar!!

      Eliminar
    7. Já sei quem és anonymus; Ou és o Rui Pedro Braz ou és o Rui Santos!!!!

      Eliminar
  7. Destruir o clube, vender jogadores da formação ao desbarato, incompetência a rodos, o que é que isso importa?! Importante é cortar com as claques e punir os contestatários (quanto às claques, também acho que há muito se devia cortar com mordomias, mas cortar agora por terem dito a verdade: Varandas a presidência não é para ti!) E isto, brunecos e viúvas à parte, o outro é que era ditador!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vender jogadores ao desbarato, e comprar jogadores ao desbarato, era mais no tempo do badocha, ditador de meia tigela.

      Eliminar
  8. Por lapso o comentário seguinte foi inserido erradamente no post anterior. Aqui fica a correcção.
    Liondamaia diz: "Só posso dizer uma coisa: até que enfim!...".
    Remeto-o para 21 de maio de 2018 e verá que o até que enfim não tem razão de ser.
    https://www.publico.pt/2018/05/21/desporto/noticia/sporting-suspende-apoios-a-juventude-leonina-e-pede-audiencia-urgente-a-antonio-costa-1830819

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que se está a passar nada tem a ver com 21 de Maio.
      Os actos de vandalismos só penalizam o Clube.
      Querem destituir o CD, sem violência e com respeito pelos Estatutos?

      Pelos vistos, o movimento "Dar rumo ao Sporting" já foi esquecido...

      Eliminar
    2. Ó Zé, o badocha fez isso porque começou a ver o tapete fugir-lhe debaixo dos pés, e consequentemente o fim da mama.
      Além disso é de uma grande hipocrisia, pois o badocha instigou um clima de violência no Sporting e no desporto.

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Quem tentado de tudo para deitar esta direção abaixo, vem falar de união!?
      Deixem de serem hipócritas, o que vocês querem, há muito que é sabido.

      Eliminar
  10. Manobras de diversão. E que tal perceber as causas do Sporting ter sido banalizado pelo Alverca?! Foram as claques que fizeram aquele plantel patético? Que ainda irá dar muitas mais derrotas ao clube. Está-se a adiar o inevitável. Tristemente, Varandas é inapto para a função.

    ResponderEliminar
  11. Problema antigo.
    Foram as claques que inviabilizar am a vinda do Mourinho

    Allfacinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve estar esquecido das imortais palavras de Dias da Cunha (Presidente nessa altura); "Nada recomenda esse Senhor para treinador do Sporting"!! Ou das inesquecíveis palavras de Beto: "É uma brincadeira, certo??"!!! Se Luis Duque não avançou naquela altura com Mourinho, foi por não ter o respaldo da Direção e do núcleo duro do plantel!!
      Culpar as claques agora é moda, mas eu recordo que ao longo de mais de 30 anos, andaram pelos estádios de todo o País e da Europa, a apoiar as equipas do Sporting!!
      Se não fossem as claques o apoio da restante massa associativa seria absolutamente inexistente e os jogos pareceriam velórios, além de os nossos jogarem sem apoio na maior parte dos estádios de Portugal!!
      Há casos de policia nas claques? Há!! E para os resolver, usa-se a policia!! Contestação, é absolutamente legitima e os cânticos anti-Varandas também!! As agressões ou vandalismos, lá está, são casos de policia, que em complemento, e provando-se serem sócios do Sporting, serem sujeitos aos castigos previsto nos regulamentos do Clube!!
      Culpar duas claques inteiras é uma estupidez, um erro colossal!!
      E uma descarada manobra de diversão para desviar as atenções de toda a incompetência deste Presidente e desta Direção!!!

      Eliminar
  12. Parabéns pelo posto.
    Só relembrar que desde que apareceram as claques o Sporting foi campeão 4 vezes?
    Coincidências?
    É caso para dizer que as claques não fazem falta nenhuma ao clube.
    Além disso são um antro de criminalidade e de comportamentos antidesportivos.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE