sábado, 30 de março de 2019

E que tudo seja pelo Sporting!...




Sporting pagou 25 milhões em dívidas
Regularizadas todas as situações com clubes e jogadores e via verde para a Europa

Vinte e cinco milhões de euros. Foi este o valor que a Sporting SAD teve de pagar para assegurar o cumprimento das regras de fair play financeiro da UEFA, que permitem ao emblema de Alvalade participar nas competições europeias na próxima temporada. Os leões tinham até dia 31 de Março para cumprir este desígnio, resultado da megalomania da gestão catastrófica anterior e parecem tê-lo  conseguido alguns dias antes do termo do prazo. 

A fazer fé no trabalho dos jornalistas João Lopes e Vítor Almeida Gonçalves, hoje publicado no jornal Record, o esforço da SAD leonina ainda nem a meio do caminho irá e nem tempo haverá para Frederico Varandas e Francisco Salgado Zenha poderem ter o privilégio de arregaçar as mangas, nesta Primavera soalhenta que agora parece começar a sorrir-lhes, depois do terrível e ciclópico Inverno a que tiveram de meter ombros e enfrentar com coragem e inteligência, pese embora toda a argumentação falaciosa que o anterior responsável das finanças em Alvalade, entendeu avocar recentemente em sua defesa, quando mais valeria estar calado num profundo acto de contrição, que o mais elementar sportinguismo aconselharia.

Veremos no final onde afinal estava a razão...

E que tudo seja pelo Sporting!...

Leoninamente,
Até à próxima  

1 comentário:

  1. Até pode ser verdade, mas a credibilidade dos jornais portugueses, nomeadamente "Rascord", "burla" e "Polvo", deixam muito a desejar, quanto à credibilidade e verdade das suas notícias. De qualquer modo e a bem da verdade, quem deixou dívidas, também deixou o maior contrato de direitos televisivos realizado pelo clube que possibilitou tal regularização.
    Por outro lado, quem noticiou tal facto, também podia referir a quem as
    dívidas foram regularizadas e respectivos valores, pois o fair play financeiro da UEFA não se estende a todas as dívidas.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE