quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Ó PEZERO, vai dar uma volta até ao Bugio!!!...


Vitória?! Qual vitória?! Derrota, clara e categórica. E, com o Sporting no fundo, o que mais nos irá acontecer?!...

Ó PEZERO, vai dar uma volta até ao Bugio!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. é Extremamente redutor encontrar apenas um responsável pelo insucesso nestes jogos. Com Peseiro ou com outro qualquer aquele plantel apresentado pelo Estoril tem mais qualidade que acabou por vir ao de cima, o Estoril foi melhor, teve mais oportunidades de marcar e tem melhor plantel do que aquele que o Sporting. O Sporting perdeu em Portimão porque os jogadores de Portimão foram melhores. Claro que Peseiro ajuda. É sabido que Peseiro nunca foi o meu treinador, mas também é verdade que eu não defendo a saída de Peseiro, sobretudo porque O problema fundamental está à excepção de 5 ou 6 jogadores, na má qualidade do plantel. Claro que se fosse para contratar Leonardo Jardim, eu estava de acordo com a saída de Peseiro. Agora para entrar um outro qualquer seria sempre mais do mesmo. Sair Peseiro não resolve nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu amigo, embora compreendendo e respeitado a tua opinião sobre a qualidade do actual plantel do Sporting e embora admitindo que os 5 ou 6 jogadores que constituirão as excepções que abres não tenham estado hoje no relvado de Alavalade - Bruno Fernandes nem tempo teve para aquecer e uma andorinha nunca pode fazer a Primavera! -, penso que muito dificilmente alguém admitirá que jogadores que há quatro meses treinam diariamente juntos, não sejam capazes de ligar uma jogada, de sair do meio-campo com a bola controlada, não estejam rotinados em desmarcações e em oferecer linhas de passe ao condutor da bola, não consigam mostrar aquele mínimo de qualidade exigível a uma equipa que milita na I Liga. Certo que estarei de acordo contigo que talvez o plantel actual do Sporting não tenha capacidade para lutar pelo título, mas... Para derrotar o Estoril em Alvalade, não seria preciso mais se porventura esse mesmo plantel fosse treinado por um treinador competente. É por isso que, ao contrário de ti, não acho redutor fazer de Peseiro o único responsável pelo insucesso do Sporting a noite passada em Alvalade. É o único responsável, é um incompetente e cada dia que esteja a partir de agora em Alvalade, concorrerá para avolumar a terrível decepção e o atroz sofrimento dos adeptos sportinguistas. Reduzindo ao absurdo, sem sonhar alto e corroborando a tua impressão sobre Leonardo Jardim, penso que até o "velho" Vitor Oliveira não seria capaz de nos envergonhar tanto...
      Um grande abraço

      Eliminar
  2. Parece confirmado: Peseiro está de saída. Há 5 ou 6 anos também com um fraco plantel, passaram em Alvalade 4 ou 5 treinadores numa época (7º lugar). Isto parece mais do mesmo. E é vergonhoso para o clube. A questão começa logo com o nível a que foi colocada a fasquia: "Temos equipa e vamos lutar pelo titulo". Conversa para papalvos não para mim. "Linear caro Watson": Nós não vamos ganhar nada, nem com Peseiro nem com qualquer outro. E desde o principio que se deveria ter dito que iríamos entrar numa época de reorganização e de estabilização onde ganhar alguma coisa seria apenas muito positivo. Quando falei em Leonardo Jardim falava de alguém para iniciar ou reiniciar um novo projecto, um projecto a médio/longo prazo, sem se exigir nada agora, porque nem com Jardim iríamos ganhar nada, com este plantel. Haveria que começar, aquilo que deveria ter sido feito, e não foi, por Cintra e restante comissão de gestão, a limpeza: toda aquela mediocridade deveria ter sido despachada, nem que fosse necessário jogar com jovens dos sub-23 para compor. Beto deveria ter sido recomprado para a baliza. Um ponta de lança africano com poder de fogo deveria ter sido contratado. Badelj deveria ter sido "agarrado" na hora. Coentrão Miguel Veloso e Carriço deveriam ter sido tentados. F. Geraldes, Mateus, e João Palhinha deveriam ter ficado no Plantel. Este plantel deveria ter sido reduzido a 20 ou 21 jogadores. Para não ganharmos nada mas para jogarmos o melhor futebol possível e preparar desportiva e financeiramente o futuro. Como afirmei inúmeras vezes Peseiro não era o meu treinador, como Cintra não seria o meu director responsável na transição. O treinador indicado para esta renovação/revolução seria, para mim, Miguel Cardoso, porque Jardim não estava livre. Reafirmo esta 2ª equipa do Sporting, em plantel é inferior à 1ª equipa do Estoril. E sobre isso Peseiro nada pode fazer. Mas concordo em absoluto com a utilização desta 2ª equipa do plantel para a Taça Lucílio Baptista. Peseiro poderia no entanto ter tido mais critério e competência nas escolhas e opiniões sobre a formação do plantel e alguns jogadores foram dispensados pelo treinador. Enfim o Sporting faz o mesmo papel que Florentino no Real Madrid: 3 meses depois o seu treinador afinal já não é o seu treinador. A incompetência é geral, está em todo o lado e quem paga são os adeptos e associados...

    ResponderEliminar
  3. Grande abraço meu amigo Álamo. E que Deus nos proteja...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Abraço retribuído e o meu obrigado pelo teu comentário, com o qual concordo no mais importante. Que todo este tempo perdido possa servir de trampolim para um novo rumo. Que haja critério nas escolhas cruciais que agora terão de ser feitas, de modo a que rapidamente saiamos da "cepa torta"!...

      Que os deuses protejam o Sporting...

      Eliminar

PUBLICIDADE