segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Castigo exemplar é preciso!...



As provas sobejam e não oferecem dúvidas! Se não houver coragem, lembrem-se de Margaret Thatcher...

Castigo exemplar é preciso!...

Leoninamente,
Até à próxima

10 comentários:

  1. Sim,eu também sou contra estes actos racistas...não faz sentido em pleno século XXI alguém pensar assim! Actos lamentáveis portanto! Entretanto já veio a terreiro o Primeiro Ministro e o Presidente da Republica condenar(e bem) estes actos! Mas também sou contra missas,padres,toupeiras e afins e não me lembro de de ouvir qualquer um destes senhores dizer alguma coisa...os casos não são parecidos,mas ambos são graves(Por muito que neste país se tente esconder a gravidade dos mesmos). Mas é o País que temos infelizmente!

    ResponderEliminar
  2. que é que o sporting tem a ver com isso ? e porque é que o castigo tem que ser exemplar ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem...tem o Sporting e temos todos nós,isto é uma vergonha,já chega!!

      Eliminar
    2. De, João Correia. 17 /02 /2020 23h50.
      Fernando estou de acordo com o seu comentário. Depois do acontecimento de Alcochete, perpetuado por delinquentes, marginais. criminosos e selvagens, em que o Sporting foi falado em todo o mundo pelos piores motivos, e foi posto enxovalho e posto na lama, e ainda se fala nesse assunto, sei o que estou a dizer, em que a imprensa lá fora diz o pior do Sporting, começando antes dos acontecimentos da Academia, aparece este caso do Marega, para o país ser falado lá fora pelos piores motivos. Vergonha. Deplorável. Têm que ser tomadas medidas drásticas contra estes casos, assim como contra arruaceiros, ordinários, delinquentes, marginais e criminosos. O Sporting e a sociedade não precisam destes parasitas para nada. SL.

      Eliminar
  3. Os de Guimarães foram pioneiros da agressão aos jogadores. A Jumentude L. dá como exemplo os jogadores de Guimarães que comeram e calaram.
    O Sec de Estado tem que acordar duma vez por todas: Isto é caso de polícia. Essa cambada tem de ser corrida, o futebol tem de mudar.

    ResponderEliminar
  4. Sim...
    Mas castigo a todos (sejam de lá de que clube possam ser...)...

    E já agora...
    Espero que depois de finalmente "terem ouvidos"...
    Oiçam também os sons de uma determinada claque...
    a imitar o silvo de um "verylight assassino..."

    Fora dos estádios...quem não é suficientemente civilizado para conviver com outras ideias, outros credos ...outras cores...!

    Será desta...?

    SL

    ResponderEliminar
  5. Margaret Thatcher nunca será uma referência no modelo civilizacional europeu.teve o mérito e a argúcia para perceber a queda do regime soviético.Sabendo dessa fraqueza mostrou firmeza contra as greves legítimas afectas aos sindicatos do Labour Party.Talvez nos próximos anos poderemos entender o contributo dos países europeus para a Inglaterra que hoje conhecemos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Leão da Marisol, longe de mim, muito longe mesmo, pretender fazer de Margaret Thatcher "uma referência no modelo civilizacional europeu"!...
      Apenas pretendi fazer lembrar que, em menos tempo do que demorará a dizê-lo, acabou com o "hooliganismo" no futebol inglês. Nada mais do que isso!...

      Eliminar
    2. Outro para si meu amigo. Grande!...

      Eliminar

PUBLICIDADE