sábado, 22 de março de 2014

Justa vitória e já nos chegam suaves acordes...




Ao longe, ainda muito longe e quase imperceptíveis, já nos chegam os acordes mágicos do Hino da Liga dos Campeões. Não será euforia, nem despropósito, antes um recrudescer da legítima esperança que varre o formidável universo leonino e que a justa vitória de hoje aliada a uma excelente exibição, ainda mais acentuou.

Uma partida disputada num estádio em profunda reconstrução, que aparentemente já nos oferece indicadores seguros de que a Madeira terá a breve prazo umas instalações para a prática do futebol. a condizer com o seu estatuto e em que o Sporting terá controlado clara e completamente grande parte do tempo de jogo, sem que os insulares tenham alguma vez deixado de justificar a razão dos seus triunfos ante o Benfica e o Porto.

Foi tão homogénea e equilibrada a prestação da equipa leonina, que não se me afigura fácil destacar quem quer que seja. Atribuirei a William Carvalho, pelo que jogou e pelo decisivo golo que marcou, a honrosa menção de melhor em campo.

Com a equilibrada decisão do CA da FPF de nomear Jorge de Sousa, dificilmente assistiríamos a um jogo com casos e em que o melhor futebol não triunfasse. E na verdade, o árbitro da A. F. do Porto, fez jus ás suas credenciais de um dos melhores árbitros do futebol português. Foi uma arbitragem, a meu ver, limpa, isenta e equilibrada.

E faltarão apenas mais seis finais. Na próxima, em Alvalade, defrontaremos o Vitória de Guimarães. Desta vez, tudo aponta para que este vosso amigo possa estar presente. O Núcleo Sportinguista de Ílhavo está a organizar uma deslocação colectiva, com vista a que todos os sportinguistas cá do burgo, possam visitar o Museu Sporting, e assistir, infelizmente pela noite dentro, a mais um triunfo das nossas cores. Lá nos encontraremos...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. O melhor em campo já começa com aquela "até final da temporada"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, caro "anónimo das 22.19", dá-me ideia que WC é sobejamente mais perspicaz que o caro, que parece estar na horta e não vê as couves!

      Ora diga-me cá, pode o WC sair do Sporting antes do final da temporada? Torna-se óbvio que não!!!

      Pode o Sporting impedir que algum clube bata a cláusula de rescisão? Torna-se óbvio que não!!!

      Então, diga-me cá, qual o raciocínio mais inteligente? O de WC ou o seu? Torna-se óbvio que o caro desta vez, terá sido o menos inteligente!!!...

      Eliminar

PUBLICIDADE