quinta-feira, 6 de março de 2014

Aí está A Bosta no seu melhor !...

Há quem pense que isto é jornalismo!...

Há quem pense que fazer jornalismo é submeter-se a certos interesses e de forma capciosa e pérfida influenciar decisores no sentido dos mesmos. Esta local da edição de A Bola online de hoje, é um exemplo do que acabo de dizer.

Antecipar cenários da natureza que o jornal utiliza, "é um gato escondido com o rabo de fora". É um recado ao árbitro que for designado para Setúbal, para que não deixe de amarelar os jogadores, porque é preciso que todos contribuam para que o andor continue a ser levado, até ao fim da procissão.

Note-se que a corroborar a impressão facciosa e iníqua deste "esterco do jornalismo", nem uma palavra sobre o futebolista do F.C. Porto, Fernando, que se encontra exactamente nas mesmas circunstâncias dos dois jogadores leoninos.

Se aos jornalistas responsáveis por esta verdadeira "especulação tablóide", interessassem os temas sérios do futebol, que a sua responsabilidade na comunicação social deveria exigir, abordá-los-iam, com trabalho, investigação profunda e competência. E contribuiriam, com o seu peso na formação da opinião pública portuguesa, para a sua imperiosa regeneração. Mas isso dar-lhes-ia um trabalho dos diabos e poderia significar doloroso "haraquiri" nos interesses que sem pudor ou vergonha continuam a defender.

Assim, certos de que a "décalage" entre o líder dos seus amores e do campeonato, em relação ao terceiro da tabela classificativa da I Liga, somada ao desassossego que reina nas hostes do dono desse lugar, já é suficiente para reservar o Marquês, viram-se agora para a colocação de escolhos no caminho de quem apenas está a cinco pontos. Maquiavélico, mas nada que surpreenda as pessoas atentas a este arremedo de jornalismo.

Com inusitada antecedência, já preparam o clássico de Alvalade, já definiram com precisão qual o alvo a abater e nem a mais pequena réstia de vergonha os impede de condicionar o árbitro que será designado, quem sabe se já do seu conhecimento.

Razão terão muitos sportinguistas, para trocarem hoje o nome de um dos mais prestigiados jornais da imprensa desportiva portuguesa durante décadas e terem passado a designá-lo por... A BOSTA !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

7 comentários:

  1. "Isto" apenas prova a estupidez de quem escreve ou dirige o jornaleco...

    Como se o árbitro necessitasse de uma cábula para nos lixar...

    Eles sabem todos ...a musica de cor...!!

    Eu continuo a acreditar que isto vai ter de acabar por mudar...

    Mas temos que ainda muita água tenha de correr por debaixo das pontes...!!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O comentário do amigo Max, foi relegado para o último lugar por falha minha, de que me penitencio.

      Pois concordo com o amigo, "eles sabem todos... a música de cor..!!". E o amigo esqueceu-se de dizer, "eles não têm vergonha nas trombas! ", mas se me permite, eu digo...

      SL

      Eliminar
  2. Abosta online ainda é o que, de desportivo, vou lendo, apesar de considerar que é muito mais facciosa que a versão papel.
    Mas, eu confesso, de longe em longe lá vou tendo que comprar "o papel", porque a mulher dele precisa para limpar melhor os vidros ou para conservar a temperatura em tachos.
    Fora estas situações, ler "as gordas" (às vezes deito o olho "às magras" (!)), chega e sobra.
    É claro que o árbitro (ou os auxiliares, atenção aos auxiliares!!!), se for(em) da cor, já chegam ao jogo devidamente " industriados; mas o pasquim lembra, sejam quem forem os escolhidos, que "estão atentos".
    Nós também estaremos atentos!
    O meu receio: calhar-nos em rifa um de Vila Real. São tantos os de Braga que já nos nomearam em sortes que, palpita-me, um transmontano vai atravessar meio país para arbitrar um jogo entre equipas de 2 cidades que distam...45 mnt de viagem?
    Esta coisa de ter que jogar com o Estoril entre jogos uefeiros, é uma chatice -e um sopro pode reduzir a margem tranquila para um valor preocupante...e aqui poderá associar-se a força, nos últimos estertores, de Don buffoni,
    Vamos a eles!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temo, caro Alberto Bastos, que depois de uns tempos de acalmia e equilíbrio de Vitor Pereira, comecemos a levar com o "estrume" da arbitragem portuguesa. É que o medo dos benfas é atroz, mesmo a cinco pontos, pelo que já começaram a preparar o "sistema", com A Bosta à frente, naturalmente.

      Se o árbitro a designar vier de Vila Real, é fácil, só há um, e chama-se Rui Silva e foi condenado a 20 meses de suspensão em 2009, pelo CD da FPF por "falsificação de relatório", na medida em que não escreveu que tinha recebido um artefacto em ouro do Gondomar, ainda que de valor simbólico. Portanto, de Vila Real, é melhor não! Ou sim, quem sabe. Este ano apenas arbitrou um jogo do Sporting B, na Vila das Aves, que empatámos 0-0.

      Amanhá já conheceremos o nome da "encomenda"...

      SL

      Eliminar
  3. Meu caro amigo... é por estas e por outras que jamais poderei equacionar, hipoteticamente pensar concordar com qualquer palavrinha menos facciosa por parte de Serpa e seus pares... Ele é uma no cravo e três na ferradura...

    Bosta não.... É mesmo é cócó ... para não dizer MERDA...!!!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando me lembro, amigo ZE, do bom jornalismo desportivo dos tempos da minha juventude, até me arrepio! Nos tempos em que saíam três vezes por semana, em dias desencontrados e que não viviam no pântano concorrencial que vivem hoje! Devo uma boa parte da cultura que hoje me orgulho de ter, a uma dúzia de monstros sagrados do jornalismo desportivo, que os intelectualóides de então diziam não ter ponta por onde se lhe pegasse. Hoje sim, essa escumalha não tem ponta por onde se lhe pegue!...

      SL

      Eliminar
    2. E se pensarmos em intelectualóides/cronistas desportivos, tipo Miguel Sousa Tavares e Pedro Marques Lopes, é de vomitar. Mas como aquilo que escrevem (nos desportivos) deve ser diarreia mental...

      Eliminar

PUBLICIDADE