sábado, 21 de novembro de 2020

E o que tiver de ser... será!!!...


Matheus Reis poderá estar nos planos do Sporting
Defesa parece agradar bastante a Amorim por jogar à esquerda, seja como lateral ou terceiro central e estará, muito provavelmente, livre em Janeiro

«Matheus Reis interessa ao Sporting. O brasileiro, de 25 anos, está em final de contrato com o Rio Ave, fica livre para assinar por outro clube a partir de Janeiro e está muito bem referenciado em Alvalade. Segundo Record apurou, o defesa faz parte de uma lista de potenciais reforços na perspectiva do final da época, embora não esteja totalmente colocada de parte uma tentativa de acordo na janela de Inverno. Neste cenário, os leões teriam de compensar o Rio Ave, mas tudo dependerá de como o próprio mercado evoluir, pois o plano A é preparar terreno para 2021/22.

Matheus joga preferencialmente como lateral-esquerdo mas pode, também, actuar numa linha de três centrais, a fechar sobre o mesmo flanco, razão pela qual agrada a Rúben Amorim. De acordo com as informações recolhidas pelo nosso jornal, o técnico do Sporting gosta das características de Matheus Reis e entende que poderá ser solução para dois lugares, isto numa perspectiva de médio prazo. Nuno Mendes, como é público e reconhecido, tem muito mercado e figura na agenda de alguns tubarões europeus como o Manchester United. Feddal foi contratado ao Betis, mas Gonçalo Inácio é nesta altura a única alternativa de raiz como central mais à esquerda, uma vez que Borja é um lateral adaptado a essa função.

Sondado pelo FC Porto no Verão, Matheus Reis foi formado no São Paulo e chegou a Portugal em 2017/18 para jogar no Moreirense. Em 2018 transferiu-se para o Rio Ave, onde continua, agora em final de contrato e em litígio com o clube. Pretendido pelo Olympiacos, Matheus Reis terá recusado jogar com o V. Guimarães em finais de Setembro, tendo sido suspenso e alvo de processo disciplinar. Continua à parte e a trabalhar com a equipa B.»

Longe parecem ir os tempos em que o Sporting Clube de Portugal se apresentava perante qualquer janela de mercado, sempre de mãos atadas e dependente, tanto de inadiáveis necessidades, assoberbadas pelas suas próprias limitações técnicas e financeiras, quanto da exigente e inenarrável gula dos detentores dos passes dos jogadores sobre quem tivesse a desdita de se mostrar interessado!...

Com um plantel consistente e equilibrado e sem a premência de resolver para ontem eventuais necessidades de amanhã, o Sporting parece estar hoje, final e definitivamente confiante na competência, argúcia e eficácia dos seus quadros de scouting e recrutamento, para conseguir inverter a quase totalidade dos factores que antes se lhe apresentavam, reiteradamente, desfavoráveis.

Este caso de Matheus Reis será, decisivamente, paradigmático. O jogador será, em primeiro lugar, do agrado de Rúben Amorim - condição "sine qua non" hoje e felizmente em vigor no Clube! -, e todas as circunstâncias que rodearão a sua presença no plantel vilacondense, apontarão, ou para uma "negociação decente" já no próximo mercado de Inverno, ou para a sua contratação a "custo zero" para a próxima janela de mercado de Verão, afastado que se apresenta qualquer espectro especulativo, por parte da figura de "terrível negociador" a que nos vinha habituando o presidente do Rio Ave, a quem o "realismo da situação" coarctará  as suas habituais e obscenas exigências.

Para absoluta tranquilidade e satisfação dos adeptos sportinguistas, que diferença entre esta notícia de hoje publicada no jornal Record, alicerçada e consubstanciada em factos, e as especulações com a habitual "carga negativa"  para o Sporting, dadas à estampa sobre esta mesma matéria, por outros mensageiros que há muito conhecemos de ginjeira!...

E o que tiver de ser... será!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Publicar um comentário

PUBLICIDADE