sábado, 18 de janeiro de 2020

A história desta época ficou escrita ontem!...


A diferença é o talento

«O Benfica venceu em Alvalade e com a derrota do FC Porto no Dragão, frente ao Sp. Braga, fica com sete pontos de vantagem. A Liga parece entregue. Sim, na época passada a equipa de Lage conseguiu uma recuperação fantástica que lhe deu o título, quando tinha precisamente a mesma distância para o rival. Mas a verdade é que parece haver nesta altura uma diferença maior de talento, unidade e confiança muito grande da Luz para os restantes adversários. E quando chega Janeiro e se vai ao Dortmund buscar um jogador por 20 milhões mostra-se que se está noutro patamar.

O Sporting vive numa encruzilhada complicada. Não foi inferior aos encarnados no dérbi, como não tinha sido frente ao FC Porto no clássico. Mas perdeu ambos. A explicação não é táctica, é qualitativa. Tanto Lage como Conceição têm mais talento à disposição. Então na hora de atirar à baliza nem se fala. Ontem, mesmo na 1.ª parte quando era dominado, o Sporting teve as melhores oportunidades. Golos nem vê-los. A Lage bastou Rafa. Pobre Silas.

As claques voltaram a dar um ar da sua graça. Não entendem sequer que com atitudes assim viram toda a gente contra elas. A não ser, talvez, quem os está a utilizar. O Sporting lá pagará as parvoíces dos meninos. Outra vez.»
(Bernardo Ribeiro, director de Record, Saída de Campo, hoje à 01:45)


Com três palavras apenas, julgo que Bernardo Ribeiro terá conseguido definir aquilo que, reflectindo  exactamente uma "encruzilhada complicada", tem vindo a ser o Sporting ao longo de mais de metade da presente temporada: "golos nem vê-los"! E dá vontade de lhe dar carradas de razão quando defende, primeiro que a "explicação não é táctica, é qualitativa" e depois, quando afirmando que "a Lage bastou Rafa", se condói com a "pobreza de Silas"!...

A "encruzilhada complicada" em que hoje se encontram Frederico Varandas, Hugo Viana e, vá lá, Jorge Silas, exigiria medidas drásticas e imediatas, não fossem as terríveis condicionantes que envolvem cada um deles, a começar pelo presidente e que se reflectem depois na acção de cada um dos que se lhe seguem a jusante. Só os néscios teimam em continuar a atribuir toda a tremenda e total carga de responsabilidades da actual situação que se vive hoje em Alvalade, sobre os ombros de quem, por muitos erros que tenha cometido na curta porção de mandato que já cumpriu, terá herdado o mais venenoso e quase letal presente que algum presidente eleito alguma vez terá recebido em toda a longa e honrada história do Sporting Clube de Portugal.

Agora, para salvar os dedos, haverá que vender os anéis, porque terá ficado provado à evidência no último "mercado de Verão", que comprar anéis de pechisbeque para enfeitar os dedos, será sempre "emenda pior que soneto". Mais valerá a nudez dos dedos!... 

Acresce que jamais poderá ser o "mercado de Inverno" a mola real da preparação de qualquer época. Uma boa dose de realismo recomenda-se a todos os adeptos sportinguistas. O que for ser feito nas duas semanas que ainda distam do fecho do mercado, poderá revelar-se de algum modo importante para o que resta da temporada. Mas decisiva será sempre a preparação da próxima...

A história desta época ficou escrita ontem!...

Leoninamente,
Até à próxima

10 comentários:

  1. Eu néscio me confesso!!! E Quiçá lerdinho por não compreender que com o 3° maior orçamento não consigamos sequer assegurar o 3° lugar e que gastando 40 milhões tenhamos um dos piores planteis da 1a Liga!!!

    ResponderEliminar
  2. Faço a Rinaudo a homenagem de não o incluir naqueles que, sendo ou dizendo-se sportinguistas, terei considerado como néscios. Ainda me considero capaz de estabelecer a diferença. Mas reitero a minha convicção de que, HOJE NO SPORTING, tanto se pode ser preso por ter cão, como por não ter. Acredito na boa fé de Varandas e tenho quase a certeza de que os erros que até agora poderá ter cometido não terão sido intencionais: "casa onde não há pão..."!...
    Nem côdeas terão deixado ao homem...

    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  3. Foi com o "Mercado de Inverno" que quebrámos a nossa maior travessia no deserto, até agora, quando há pouco dinheiro e ainda menos competência...Que falta que fez um ponta de lança nesta primeira metade do campeonato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É realmente impossível ter resultados sem um ponta de lança de verdade. Nunca ganhámos aos grandes depois dos 5 violinos sem um verdadeiro ponta de lança. Só ganhámos com Yazalde, Jordão, Manuel Fernances, Acosta, Liedson, etc... e Dost quando ainda tinha uma equipa por trás. è impossível ganhar sem um bom futebolista nessa posição...e veja-se que na Liga portuguesa são as equipas que melhor se classificam que têm nesta posição um jogador pelo menos de nível razoável, como o Braga o Guimarães ou o Famalicão.

      Eliminar
  4. Pior cego é aquele que não quer ver!

    FV não veio para unir mas sim para dividir para tentar reinar.

    A sua inpatidão para o cargo não se circunscreve aos problemas de comunicação que vão sendo compensados com o trabalho feito na CS via Record e por outros facilitadores, o problema nunca são os erros deste CD que nunca os comete ... pelos menos nunca os reconheceu ... afinal são os homens dos recordes.

    A Herança pesada já tem 2 anos meus amigos ... e é com essa herança que se vão resolvendo os problemas financeiros do clube em virtude das ausencias da CL e da não diminuição dos custos com pessoal ... mandaram-se em embora jogadores com a desculpa do que se pouparia para a seguir gastar-se em jogadores piores.

    Ainda esta semana o Viviano foi reconhecido como um dos jogadores da decada da serie A italiana mas para nós não serviu ... como o Demiral como o Matheus como o Domingo Duarte como o Ivanildo ... afinal de contas gastamos 2,5M,e no Ilori para que manter jovens da cantera ... são baratos demais para tanta ostentação.

    Voltando a herança ... continua a ser esta com que se vai resolvendo os deficits que este CD vai acumulando ... 1º Raphinha e agora muito provavelmente o BF!

    A formação nunca se apostou tanto dizem eles ... os resultados e aposta na equipa A assim o demonstram ... Pedro Mendes só agora foi inscrito mas ai a culpa era do Keizer ... lá está a culpa nunca é do Varandas.

    NA altura do BdC ouve contestação ao presidente e não havia porrada nas bancadas entre socios ... hoje não há jogo em que isso não aconteça e atenção não falo nos setores das claques.

    Triste rumo este do qual não vejo grande fuga ... RA de certo ira mandar para a gaveta a AG destitutiva pois os estatutos só servem a conveniencia dos seus objetivos.

    Quando acordar dessa ilusão lembre-se que o SCP não precisa de salvadores, precisa dos sócios unidos e tal nunca será possivel com quem os divide e insulta ... não foi com BdC e muito menos será com este canalha mentiroso do Varandas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Refere com alguma razão erros cometidos com esta gestão do plantel, nomeadamente do aproveitamento dos recursos que estavam disponíveis e com alguma qualidade, mas de resto mais nada. Apenas a que se tornará eterna apologia do D. Sebastião que depois de uma enorme e consensual esperança, lançou o caos neste clube e cujos reflexos se irão repercutir ainda por muitos anos. E Além disso o vosso Bruno ganhou que títulos no futebol do Sporting? Já chega de imbecilidade...

      Eliminar
    2. 1º atenção ao que escreve e para quem escreve ... essa adjectivação com que termina o seu comentário presumo que não me tenha a mim como destinatário.

      De resto deixe-me recordá-lo que o BdC não foi apenas o meu presidente até fevereiro de 2018 era de 90% dos sócios.

      Já agora para evitar futuras confusões e rótulos, BdC é passado para mim pelo menos.

      Eliminar
  5. De acordo com os R&C oficiais do clube (disponíveis no site oficial), Varandas, mesmo que gaste 0€ neste mercado de inverno (ou seja, contando este mercado com 0€ gastos), é o presidente da história do clube que gasta mais em transferências por janela de mercado.
    O último R&C revelou, também, que temos um custo com pessoal recorde (o que é estranho, visto que, por exemplo, há dois anos, tínhamos salários como os de JJ, patrício, william, dost, ou gelson).

    Ou seja, os números oficiais fornecidos pelo clube indicam que não só não há falta de ovos, como os há em abundância.
    Resta perceber é como é que, havendo ovos, não há omeletes?

    ResponderEliminar
  6. o luis ,esses factos não conveem á linha oficial dos croquetes .Como tal , serão esquecidos e nunca mencionados .

    ResponderEliminar
  7. Jogo no Placard semanalmente e aposto que todos os jogos começam 0 a 0.
    Erro sempre o benfica!!!
    Depois, internamente, com um presidente, um diretor desportivo e um treinador amadores não nos podemos admirar.
    Coates ficou exposto na véspera do dérbi e como era uma certeza, bastaria pouco para levar o amarelo.
    Contra um Setúbal debilitado não podia jogar. Ponto. Amador!
    Depois a direção: O Sporting não está bem financeiramente. Qual é a novidade?
    Para se candidatar a presidente tem que ser alguém que possa aportar soluções. Se é para ir vendendo jogadores só para ir pagando as contas qual é a dificuldade? É preciso alguém que traga soluções.
    E depois da "grande" parceria com o M. City o que ganhamos?
    Têm passado janelas de mercado e... nada!
    Sporting sempre!

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE