sábado, 17 de dezembro de 2016

"Até tu Brutus, filho meu"!...


«... O Sporting é o único que se queixa. Parecemos de facto paranóicos. Tenho de reflectir, olhar para mim e ver se é isto que eu quero para o Sporting. Às vezes sinto-me um bocadinho como aqueles doidos que estão à janela e até têm razão no que têm a dizer, mas como estão sempre a falar já ninguém os ouve».
(LINK)

"Até tu Brutus, filho meu"!...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. Grande e incisiva intervenção

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar
  2. "Quando o azar é m'adverso, até o cagar é doce", costumava dizer um amigo meu, enquanto jogávamos uma partidinha de lerpa.

    Foi o que me veio à memória, depois de ler as declarações do Presidente, deixando-me a ideia de um homem só, cansado de lutar quase sem apoios e sentindo alguma frustração por resultados que teimam em não aparecer.

    ResponderEliminar
  3. Bons tempos os de antigamente, em que o Sporting era comido de cebolada e calava-se. Que saudades!

    ResponderEliminar
  4. Até quem sofre de psicastenia tem um ou outro momento de lucidez, porra!!!!

    ResponderEliminar
  5. Não sejam os que criticam, e com justiça, as formas disfuncionais de comunicação e os sinais de cansaço emocional, a vir agora sobrepor a conveniência de um mar de águas calmas, ainda que turvas, sobre o mar encapelado em que estamos metidos, mas com consciência segura de qual é o destino. Não nos falte paciência e perseverança. Até com os nossos. Acho que a maioria ouve quem está à janela. A nossa voz fica apenas fica rouca ao tentar sobrepor-se à orquestra tronitroante de vuvuzelas desafinadas que nos assola o dia-a-dia. Claro que às vezes é melhor poupá-la. Também para poupar a razão que temos.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE