segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

"E que cessem as palavras e falem as obras"!...


«... É preciso fazer mexidas no plantel, "limpar" muitos dos erros de casting do último Verão e ser muito bom na escolha do que ainda não temos. Um bom lateral esquerdo e uma solução para apoiar o avançado são urgentes, no sentido contrário vai ser preciso um trabalho intenso para colocar (com o mínimo de prejuízo para os cofres do clube) muito do que se tornou excedentário agora que estamos fora das competições europeias...»
( in Leão de Plástico, "Assim não vale...")

Com o devido respeito pelo verdadeiro espírito sportinguista que legitimamente presidirá à grande maioria das mensagens de desilusão e alegação, sejam elas críticas ou atenuantes, e dos subsequentes e naturais apelos e incentivos tendentes a um justo, correcto e imediato cerrar fileiras por parte dos sportinguistas,  que ao longo do dia de hoje fui encontrando na blogosfera leonina, permiti-me destacar o breve excerto colhido no blog Leão de Plástico, com que pretendi abrir mais uma reflexão sobre os infaustos acontecimentos que se têm vindo a abater sobre os céus de Alvalade, nomeadamente no dia de ontem, o dia do jogo dos jogos, em que, incontornavelmente, a alma sportinguista apenas admitiria um único desfecho.

Exactamente porque julgo ser mais do que hora de virar as costas ao "muro de lamentações" em que nos vimos viciando há demasiado tempo, demasiados anos. Julgo ser mais do que hora de exorcisarmos os espíritos maus que os ventos de um inclassificável e incompetente sistema de arbitragem, disciplina e justiça, de braço dado com um quarto poder alienado, bajulatório e servil, fazem soprar sobre a solidão quase desprotegida do mundo da nossa leoninidade. E nesse justo sentido, será hora de "cessarem as palavras e falarem as obras"!...

E não andarei muito longe do imperioso caminho que o Sporting terá de prosseguir, ao defender como primeira e incontornável medida, o fim imediato da "luxuriosa volúpia manageriana" de Jorge Jesus, a substituir já em Janeiro por um restrito "conselho de curadores", cujos membros sejam pela origem, conhecimento e paixão pelo futebol e pelo Clube, capazes de estabelecer a orientação e fazer o necessário e imprescindível acompanhamento do desenvolvimento, quiçá revolução, que o futebol do Sporting exige.

Porque a caminho de dois anos de fracassos e quando se imaginam espalhados e misturados com o pó do caminho os milhões que o Clube não tem, será tempo de "fazer mexidas no plantel, "limpar" muitos dos erros de casting do último Verão e ser muito bom na escolha do que ainda não temos"

"E que cessem as palavras e falem as obras"!...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. Houve de " tudo" mas também um bocado de azar...
    Não chegámos a saber o valor do Spalvis...
    Va

    Será que ainda " vai a tempo" de ajudar o Sporting esta época...?
    SL

    ResponderEliminar
  2. Mas o Jesus quer lá saber do Sporting. Ele quer saber é do seu umbigo. Se quisesse saber do Sporting, nunca poderia abordar o jogo de Varsóvia como abordou. Para mim, pior do que a derrota de ontem, foi a eliminação das comp. europeias (embora ache que as duas derrotas estão ligadas uma a outra). Têm que-se jogar sempre na máxima força para ganhar o jogo seguinte. Assim, perdeu-se os dois jogos. É este indivíduo pago a peso de ouro, supostamente por ser um grande gestor de recursos, no caso, de futebolistas... Há muito que perdi a paciência para fazer de calimero. Nós ao Porco também ganhámos com dois golos, que tanto poderiam ser validados, como invalidados. Rio-Ave, Guimarães, Tondela, Nacional etc de quem foi a responsabilidade de não vencermos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente tenho de concordar. Não nos vamos iludir com balelas, o Jesus só tem uma cor (é a cor do dinheiro). Reconhecendo a sua qualidade nos aspetos técnico-táticos do jogo, não posso deixar de lamentar a sua gestão de recursos humanos que tem sido muito abaixo do que ele fez no rival. Porquê? O Sporting não deveria estar já organizado nesse sentido como o Benfica e pioneiramente o FC Porto?

      Já estou farto do "para o ano é que é" e da desculpa da corrupção em Portugal (é verdade que existe mas vamos preocupar-nos com o nosso trabalho ou com as jogadas manhosas dos outros?). Os Sportinguistas não podem aceitar de braços cruzados tudo o que se faz no clube. Assim ficamos estagnados enquanto os outros vão fazendo o que querem.

      BdC ganhou este jogo colocando os peões nas casas certas e conquistou o apoio da maioria dos sportinguistas e o Sporting está agora nas suas mãos em quem eu não confio nem um bocadinho. Croquete? Não, Sportinguista que quer o melhor para o seu clube e se preocupa com o rumo que estamos a tomar. Só desejo a aparição de algum S.Sebastião no meio do nevoeiro e que traga ao fim de décadas a estabilidade que um grande clube como o Sporting necessita. Não vamos deixar morrer o leão assim.

      SL

      Eliminar
  3. É a atitude certa...? Será a atitude certa...? Oxalá tivesse a resposta...

    Quanto a castings... baseio-me "apenas" em fatos... Sou sócio vai para 30 anos e neste processo associativo já 'tive'... boas equipas..., equipas menos boas..., já tive equipas geniais... outras um completo desastre.. se olhar para treinadores posso repetir os epítetos... dirigentes... idem idem aspas aspas... O que sei..., É factual... 2 CAMPEONATOS...

    Algo está muito errado... Oxalá soubesse a resposta..., ou melhor..., algumas respostas sei, penso, que não o são...

    Coincidência... Destino... Razão... Infortúnio... Incompetência... Incúria... Má fé...

    O que sei é que são 30 anos e... 2 CAMPEONATOS... Algo está errado..., algo está MUITO errado e creio não sermos nós os..., únicos, culpados...

    Fala-se muito... Faz-se pouco... Faz-se muito... Fala-se pouco... Há sempre margem para qualquer coisa... Todos nós..., cada um de nós tem a sua verdade... Mas há uma verdade que é comum a todos nós... 30 anos e... 2 CAMPEONATOS...

    Oxalá a culpa fosse nossa... Era tão fácil, mas tão fácil resolver o problema...

    SAUDAÇŌES LEONINAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo ZE, nada nem ninguém conseguirá mudar a dura realidade que aponta, desiludido, e que eu, também desiludido, subscrevo: "30 ANOS E... 2 CAMPEONATOS! Haverá que mudar o chip e manda a verdade dizer que nos últimos três anos essa tentativa tem sido ensaiada de muitos e variados modos, todos eles conduzindo a novo fracasso e sem que nós vislumbremos a mais pequena réstia de ensinamentos...

      Ainda ontem no final do jogo se me apertou o coração ao assistir "à prédica de BdC aos jornalistas", com um pedaço de cartolina amarrotada na mão! E logo a seguir "funcionou" o facebook, através do qual BdC voltou à carga, questionando a LIGA, FPF, PSP, UEFA e FIFA e lá voltou o meu pobre coração a apertar-se-me com nova cena quixotesca! Mudar o chip?! Mas o que é isso de mudar o chip, para quem só parece valer a sua forma de olhar para a triste situação que o Sporting vai vivendo?! Para quem se julga detentor da VERDADE ABSOLUTA e nem pela cabeça lhe passa alterar comportamentos e experimentar um caminho novo?!...

      Caríssimo, não pense que a parábola que Santo António de Lisboa legou à Humanidade em Pádua há mais de oito séculos e que eu utilizei para título deste post, não passará de um qualquer pretensiosismo cultural da minha parte. Ela traduz o novo rumo que, do meu ponto de vista, BdC deveria procurar percorrer, falhados que estão 3 longos anos a tentar impôr um caminho que apenas nos tem trazido decepções em cima de decepções. E olhe que eu serei insuspeito: foi com a ajuda dos meus 4 votos que ele foi eleito!...

      Fica ao seu critério acusar-me de tudo o que lhe aprouver, mas a primeira medida, imperiosa, imediata e urgente que BdC deveria tomar seria abandonar o banco de suplentes e recolher, silenciosa e dissimuladamente, sem espaventos e com humilde dignidade, ao seu verdadeiro lugar.

      Depois, volte a acusar-me do que entender, mas a segunda, firme, convicta, inexorável, imperiosa e urgente medida será: "QUE CESSEM AS PALAVRAS E FALEM AS OBRAS"!...

      Será BdC capaz de atender ao conselho de Santo António?!...

      Se não for, hão-de passar mais um, dois, três, quatro ou cinco anos e este filme tenebroso continuará nos écrans de Alvalade! Não há nada que mais divirta e acicate o génio perverso e maquiavélico da legião de inimigos que BdC conseguiu gerar, que o seu repetitivo e já insuportável discurso.

      Perdoe-me se lhe belisquei alguma pontinha do grande sportinguismo que há muito conheço e reconheço em si. Talvez não fosse aconselhado utilizar esta via, mas o seu comentário terá sido demasiado provocador para que eu ficasse em silêncio...

      SAUDAÇÕES LEONINAS

      Eliminar
  4. A culpa também é nossa. Cab-nos, pelo menos, solucionar a nossa parte da culpa, ou melhor, da responsabilidade. Repare-se na coerência de Jesus... Acham que o Sporting foi mais roubado neste jogo ou naquele do célebre limpinho? E para Jesus, agora, já não foi limpinho. Mas, neste ano, temos muita responsabilidade em não estar em primeiro lugar, tal como tivemos quase toda a responsabilidade de não termos sido campeões no ano transacto. Estas são verdades cruciantes para um leão, mas quase inquestionáveis.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE